UDV aos 61 anos, religião reconhecida e plantada na face da Terra

| 22 Julho, 2022

José Carlos Garcia*

Mestre Gabriel e primeiros discípulos no sítio do Mestre Ramos | Foto: Cícero Alexandre Lopes – Colorização: Marina Amaral e Tiago Hoisel.

Neste dia 22 de julho de 2022, em que comemoramos 61 anos de existência da União do Vegetal, podemos vivenciar o crescimento e o reconhecimento da nossa religião, que teve seu início por uma ideia, por um pensamento bem intencionado do nosso Guia Espiritual, Mestre Gabriel, com um objetivo maior de fazer uma paz no mundo: um verdadeiro e precioso tesouro que todo ser humano pode ter em sua vida.

De uma forma simples, Mestre Gabriel criou a União do Vegetal com sua esposa, Mestre Pequenina, e filhos, demonstrando para todos nós o valor que tem uma família para dar continuidade à vida, com afeto e amor.

De uma maneira cativante, pela sua firmeza, pelo cumprimento de sua palavra e por tantos outros atributos de um homem de bem, fez de seus exemplos a chave para inspirar seus primeiros discípulos, que deram continuidade à sua Obra.

Hoje, 61 anos depois, podemos presenciar o reconhecimento da União do Vegetal pelas autoridades constituídas em nosso País, com honrosa menção ao seu Recriador, por suas inúmeras virtudes que se tornam eternas no tempo pela força da realidade da prática de seus ensinamentos.

Tive recentemente a oportunidade de falar durante uma Sessão Solene da Câmara dos Deputados em homenagem à nossa religião, em que expressei que o Mestre Gabriel demonstrou ser um homem corajoso por enfrentar tantos desafios para plantar a União do Vegetal na face da Terra, tendo vencido todos eles, mostrando para nós que é possível, com coragem e determinação, sermos, também, vitoriosos em nossas vidas.

Na fidelidade a seus princípios, que estão na origem da União do Vegetal, outras virtudes se apresentam, tendo sido um homem confiável, com moral, verdadeiro, honesto, trabalhador e bondoso.  Capaz de atender com amorosidade a todas as pessoas, sem esperar nada em troca, com a prática consciente do que ensinava, sendo um exemplo para que possamos continuar desenvolvendo virtudes que podem, com certeza, nos auxiliar para seguirmos trabalhando pela União do Vegetal de uma forma amorosa, compreensiva e amiga.

Espero, verdadeiramente, que cada um de nós se sinta privilegiado por pertencer à União do Vegetal, por poder conhecer a vida e a história de Mestre Gabriel, um Benfeitor que, com humildade, vem sendo reconhecido em sua grandeza.

Desejo que possamos festejar este dia 22 de julho com alegria. Elevo o meu pensamento ao Grande Mestre Gabriel para que o símbolo sagrado da União do Vegetal – a Luz, a Paz e o Amor – esteja sempre presente em nossas vidas.

*José Carlos Garcia é Mestre Geral Representante do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.


Leia mais:
>> Paz e amizade ao redor do mundopor Giuliano Villa Nova.
>> Mestre Gabriel gravou o trabalho voluntário na UDV, por Manuela Bernis.

9 respostas
  1. Augusto Chalegre
    Augusto Chalegre says:

    Salve 22 de julho! É uma dádiva poder comemorar nesse dia a história e o legado do Mestre Gabriel, que há 61 anos tão generosamente nos presenteou com esse verdadeiro tesouro, Sagrada Obra.

    Responder
  2. João Damasceno
    João Damasceno says:

    Viva a União do Vegetal!
    Viva Mestre Gabriel!
    Que seus ensinamentos estejam sempre presentes no coração e pensamento de seus discípulos, que possamos dar as mãos e, a cada dia, tornar realidade o pensamento do grande mestre. “Fazer uma paz no mundo.”

    Responder
  3. antonio filho
    antonio filho says:

    Nesse dia especial, nossos corações festejam a Recriação com alegria…. do seringal para o mundo, M Gabriel apresentou o tesouro.
    Viva esse jardim florido que nos traz luz, paz e amor!
    Viva a Paz e a Conciliação…
    Viva 22 de julho…
    Viva a Nossa União!

    Responder
  4. Elizio Roberto Ferreira da Cruz
    Elizio Roberto Ferreira da Cruz says:

    Bom dia com alegria!

    É uma alegria fazer parte desta obra tão sublime, desses 61 anos de Recriação estou 25 anos vivendo essa realidade divina. Viva a União, viva Mestre Gabriel e sua família.

    Responder
  5. Washington Marques Dourado
    Washington Marques Dourado says:

    UDV, INTERNACIONALIDADE DA LUZ E DO SABER

    A União do Vegetal é espiritualidade,
    Obra divina do saber, multiplicada em ação,
    São 61 anos de prosperidade, feliz idade,
    Que Mestre Gabriel fez sua recriação.

    Muitas vidas foram transformadas,
    Pelo agir da boa luz da borracheira,
    Olhos bem fixos, no interior, apontados,
    Para a bela natureza, altaneira…

    Mestre Gabriel com a voluntária irmandade,
    Buscou se firmar em todo o Brasil,
    E em terras da internacionalidade,
    Muitos Núcleos como jamais se viu.

    São Núcleos nos Estados Unidos e outras nacionalidades,
    Peru, Portugal, Itália e Oceania,
    São braços conciliados, de uma nova mentalidade,
    Trazendo luz e saber, com plena harmonia…

    Somos gratificados pela força da União,
    Que se faz presente onde se necessita,
    São mãos dadas à fraterna disposição,
    Para que a beleza seja preservada e infinita.
    3
    Cada Mestre e Discípulo faz sua parte,
    Para fazer o engrandecimento universal da União,
    Organs e irmãos trabalhando em sua arte,
    Fazendo da paz engenho da transformação.

    E assim, nos envolvemos com a sua luz,
    Encontrada um dia, lá na floresta;
    Com Chacrona e Mariri, seguimos os ensinos de Jesus,
    Neste lindo dia, a UDV, alegre, está em festa!!!…

    Washington Dourado – Brasília-DF, 22/07/2022

    Responder
  6. Manuela Palhares
    Manuela Palhares says:

    Viva a União do Vegetal todos os dias!
    Minha sincera gratidão à essa instituição sagrada. Um oásis no deserto, a fábrica de fazer amigos.

    Responder
  7. AGUINALDO DAMASCENO
    AGUINALDO DAMASCENO says:

    22 de julho: Dia da Paz e da Conciliação

    O dia 22 de julho foi instituído pelo Estado do Ceará como o Dia da Paz e da Conciliação (Lei 16.596/2018). A data é em homenagem a José Gabriel da Costa – Mestre Gabriel, por ter criado o Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, com o objetivo de trazer a paz para mundo.

    Para M. Gabriel, “a maior riqueza que o homem pode ter é a paz”. Seu pensamento está em perfeita harmonia com o que disse Jesus: Eu vos deixo a minha paz (João 14:27). Desta forma, a paz é a condição necessária para o progresso e evolução da humanidade, vez que possibilita a assimilação das virtudes morais e intelectuais para serem colocadas em prática.

    Para que haja paz é fundamental o respeito e o cumprimento das regras estabelecidas para o convívio entre as pessoas e a aplicação da justiça social. Considerando que há divergências nas intenções e entendimentos ou vontades, inerentes à convivência humana em sociedade, temos na conciliação a oportunidade de as pessoas restabelecerem a paz. Isso ocorre através do reconhecimento das qualidades do outro.

    A data 22 de julho serve de reflexão a todos que com liberdade querem construir um mundo melhor e pacífico, servindo de preparação ao 1º de janeiro, dia da Confraternização Universal, haja vista ser a conciliação o momento anterior à confraternização entre os povos.

    A construção da paz é para pessoas preparadas e comprometidas com a causa. Para tanto, faz-se necessário dedicarmos tempo à cultura da paz e da conciliação, com estudos, palestras, seminários e outras formas inteligentes que o homem pode criar para o estabelecimento da paz.

    Aguinaldo Bezerra Damasceno
    Sócio da União do Vegetal
    Núcleo Fortaleza do Mestre
    Servidor da Justiça Federal no Ceará
    Supervisor da Central de Conciliação

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *