Os 30 anos da Casa da União Coração de Maria: uma viagem no tempo

| 14 Outubro, 2021

Rachel Gadelha*

Atividade na Casa da União, 2021 | Reprodução.

Em 1991, éramos poucas pessoas bebendo Vegetal no Ceará, e só havia o Núcleo Tucunacá (Caucaia). As pessoas, em sua maioria, eram jovens e bastante dedicadas à implantação da União e à estruturação do Núcleo. Pensar a respeito de um trabalho social e assistencial, naquele momento, foi um marco na percepção de que podíamos ampliar nossa colaboração para a construção de um mundo melhor, mais fraterno e justo. Um olhar para fora!

Foram realizadas diversas reuniões na casa de Pádua Campos, Mestre Representante na época, quando sonhávamos juntos sobre como poderia ser esse trabalho, colocando nossos corações na escrita do primeiro estatuto. É importante destacar o trabalho do Mestre Milton Gomes, primeiro Presidente da instituição que nasceu em 17 de outubro de 1991, com o nome Unidade Assistencial Coração de Maria, e que, em 2018, passou a se chamar Associação Beneficente Casa da União Coração de Maria.

Guardamos com muito carinho os nossos primeiros contatos com a comunidade do entorno do Núcleo Tucunacá. Fomos de porta em porta fazer uma escuta, conhecer nossos vizinhos e suas necessidades. O primeiro desafio foi a reforma de um chafariz público. Desde essa época, criamos laços de amizade e respeito que perduram até hoje.

Sede própria

O trabalho cresceu e com ele veio a necessidade de ter uma base mais sólida, o que gerou a compra de um imóvel na comunidade, que existe até hoje e é conhecido como a “Casa da União”, sede de muitos projetos importantes, como uma creche, uma rádio comunitária e o Projeto Luz do Saber, que já alfabetizou tantas pessoas e ainda é atuante. Lá foram realizadas muitas atividades de apoio psicológico, social, esportivo, jurídico e de saúde, além de festas e comemorações.

Nesse período, a União cresceu na 11ª Região, e com ela o trabalho da Beneficência. Os Núcleos foram surgindo e, com eles, as monitorias, buscando seu jeito, sua característica e novas formas de aproximação e convivência com suas respectivas comunidades. Algumas dessas iniciativas fizeram e/ou continuam fazendo história, como a “Farmácia Viva”, no Núcleo Fortaleza (Fortaleza), e o projeto “Eu, você e a escola e a Capoeira”, do Núcleo Flor Divina (Fortaleza).

O trabalho beneficente desenvolvido pelo Núcleo Mestre Adamir, em Teresina (PI), de combate e prevenção contra o alcoolismo, ganhou tanto destaque e relevância que gerou a criação de uma nova instituição em 2008, intitulada Associação Beneficente Casa da União Viva Bem, parceira da Casa da União Coração de Maria.

Público interno

Paralelamente a toda essa expansão, o trabalho voltado para o público interno passa a ganhar cada vez mais força. Muitos sócios e seus familiares já foram beneficiados com auxílio de saúde e apoio financeiro. Dentre as inúmeras ações realizadas destacamos o “Mano Empreendedor”, que desperta as vocações, capacita para o empreendedorismo e dá visibilidade a produções e produtos dos sócios, gerando renda para muitas famílias. Esse projeto, atuante em toda a Região, mostrou sua força e relevância em tempos de pandemia, possibilitando fonte de renda para algumas famílias.

Hoje, a Associação Beneficente Casa da União Coração de Maria caminha para uma maturidade institucional, atuando com base em um planejamento estratégico e consistente. Além de investir em um aplicativo que estrutura o Mano Empreendedor, amplia o Luz do Saber e desenvolve projetos de Círculo de Paz, entre outros.

A instituição participa de Conselhos Sociais importantes e está estruturando um Núcleo de Captação de Recursos que amplia suas possibilidades de atuação com recebimento de recursos externos. É importante destacar que recebe também um apoio financeiro da Administração Central, o que permite trabalhar com planejamento e mais segurança no atendimento aos sócios e aos projetos sociais.

Ao narrar um pouco dessa história, lembramos de muitas faces, momentos, sorrisos e esforços. São de Presidentes e membros das Diretorias, que deram sua importante contribuição a este trabalho, dos Mestres Centrais e da Direção dos Núcleos, que apoiaram e prestigiaram essas iniciativas, e dos valorosos sócios, que são voluntários da Beneficência. São muitas pessoas que se dedicaram a essa doação fraterna. Alguns ficaram por um tempo e marcaram uma época. Outros permanecem há anos, plantando, zelando e cultivando.  Como diz o poeta: “Quem sabe isso quer dizer amor”.

Ao fazer essa retrospectiva, não podemos deixar de lembrar do Mestre Gabriel, que, em um ambiente de simplicidade, ensinou a repartir o pão e a amar ao próximo. Que trabalha em prol da fraternidade humana e de uma paz no mundo. É esta nossa escola, é isso que ele espera de nós. E é aqui que se afirma a missão do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

Somos beneficentes na essência. Que o amor, a solidariedade e a união permaneçam sempre entre nós!

Vida longa à Casa da União Coração de Maria!

>> Conheça um pouco mais da Casa da União Coração de Maria neste vídeo: https://youtu.be/LwsUgWHsZqw

*Rachel Gadelha é membro do Corpo do Conselho no Núcleo Linha de Tucunacá (Itaitinga-CE).

7 respostas
  1. Alba Regina Souza Liberato de Mattos
    Alba Regina Souza Liberato de Mattos says:

    Lindo relato de uma realidade tão palpitante no Coração de Maria, C. Rachel. Estou encantada com a produção incessante de iniciativas de diversas ordens nós Núcleos da 11ª Região. Força e luz do nosso Grande Mestre aos obreiros e obreiras do Bem, salve!

  2. Dulcinea Gil
    Dulcinea Gil says:

    Muito bom o texto da C. Rachel! Estava presente neste início. Ao ler o texto revivi os bo momentos deste trabalho beneficente com a comunidade do entorno do N. Tucunacá. Viva os 30 anos da Casa da União Coração de Maria!!!

  3. Mirian Abrikian
    Mirian Abrikian says:

    Parabéns por este bonito trabalho desenvolvido, faço votos que estes projetos continuem dando bons frutos! Tive a oportunidade de conhecer o N Tucunaca e o M Pádua quando M Representante, lugar de onde guardo boas lembranças.

  4. Lia Simonetti
    Lia Simonetti says:

    É importante esses momentos em que podemos recordar e celebrar as histórias de sucesso que existem dentro dessa União. Um texto simples e belo que demonstra o sentimento de amor que sempre esteve presente para essa obra prosperar. Satisfação de ver essa associação fazendo cada vez mais pelos irmãos da UDV e também pelas comunidades próximas aos núcleos. Graças ao Mestre e a Deus.

  5. Valéria
    Valéria says:

    Belo compartilhamento dessa história de Amor ao próximo ! Parabéns pelas ações que contemplam aos necessitados mais necessitados. “Somos beneficentes na essência.” Faço votos de saúde, força positiva, fé e esperança em dias melhores !
    Que o Mestre Gabriel nos guie no caminho da fraternidade e da paz…

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta