No Caminho da Paz – 4 | Depoimento de Antônio Alves Leitão Neto

| 17 Julho, 2021

Equipe do Blog

O quarto vídeo da Série No Caminho da Paz traz o depoimento do Antônio Alves Leitão Neto, um dos dirigentes do Alto Santo, religião criada por Mestre Irineu Serra (Raimundo Irineu Serra).  Antônio Alves bebeu ayahuasca pela primeira vez em 1981 e conheceu vários centros e comunidades até chegar ao Alto Santo em 1983, onde exerce, desde 1985, a função de orador. Assessorou organizações não-governamentais em projetos de desenvolvimentos sustentável para povos indígenas e seringueiros. Foi Secretário Municipal da Cultura em Rio Branco (AC) e também ocupou esse mesmo cargo no Estado do Acre.

     Entre os eventos programados para marcar dos 60 anos do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, em 22 de julho próximo, encontra-se a transmissão da Série No Caminho da Paz, pelo canal do Blog da UDV. Trata-se de um conjunto de depoimentos de autoridades civis, religiosas e de amigos da União do Vegetal, os quais prestam sua homenagem e reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela nossa instituição em favor da paz e da conciliação.


>> Os vídeos também estão legendados para o Inglês e Espanhol.

6 respostas
  1. Ana Maria Paz
    Ana Maria Paz says:

    Um bonito reconhecimento pela obra do Mestre Gabriel. Parabéns pelos 60 anos da União do Vegetal e que sejamos todos unidos com o mesmo propósito.

    Ana Maria Paz, Corpo do Conselho. Nucleo Breuzim-MT.

    Responder
  2. Alysson Bastos Sena
    Alysson Bastos Sena says:

    Um importante exemplo de fraternidade. Essa união que Mestre Gabriel ensinou para nós sendo demonstrada nesse ato de amor com o depoimento de nosso irmão Antônio. Gratidão por pertencer a União do Vegetal para poder vivenciar essa convivência pacífica e duradoura. Alysson Bastos Sena -Núcleo Caupuri .

    Responder
  3. Naira Sérvio
    Naira Sérvio says:

    Muito bom perceber a grandiosidade da fraternidade humana na raiz da União, com o exemplo de respeito do Mestre Gabriel com quem também desenvolveu um trabalho sério com a Hoasca. Que esse respeito mútuo se preserve. Bom conteúdo!

    Responder
  4. Thiago A.
    Thiago A. says:

    Sentimento de alegria de ver esse vídeo e ouvir essas palavras. Realmente uma manifestação de respeito, amor fraterno, pacificação e aproximação das 3 principais linhas Oaskeiras com uso responsável na comunhão do chá Oaska, e o reconhecimento bem positivo das autoridades pelos benefícios que vem proporcionando as pessoas e estão em busca de um desenvolvimento e evolução no caminho do bem, em que todo ser humano tem condição de alcançar, fazendo parte dessa história na construção de uma Paz no mundo.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *