No Caminho da Paz – 1 | Depoimento de Paulina Duarte

| 25 Junho, 2021

Edson Lodi*

Entre os eventos programados para marcar os 60 anos do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, em 22 de julho próximo, encontra-se a transmissão da Série No Caminho da Paz, pelo canal do Blog da UDV. Trata-se de um conjunto de depoimentos de autoridades civis, religiosas e de amigos da União do Vegetal, os quais prestam sua homenagem e reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela nossa instituição em favor da paz e da conciliação.

As palavras de Mestre Gabriel afirmando ter criado a União do Vegetal “para fazer uma paz no mundo” foram fundamentais para que esse tema fosse sugerido aos nossos convidados. E a série resultante dessa iniciativa há de guardar, certamente, relevante importância documental, abrilhantando um processo que, mesmo ainda em curso, já apresenta significativas vitórias.

Outro dito de Mestre Gabriel – “devemos cativar as autoridades” – permeia todas as homenagens prestadas pelos participantes à instituição por ele recriada. E ao se ouvir as palavras gentilmente proferidas por tantos amigos, haverá de ser constatado que os princípios da União do Vegetal — firmados nos mais altos valores morais, éticos e espirituais de nossa civilização cristã — foram decisivos para o cativar de tantas autoridades, brasileiras e internacionais, ao longo dessas seis décadas.

Temos a honra de iniciar esse trabalho com o depoimento da Dr.ª Paulina Duarte, que trabalhou de 2006 a 2013 na Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – Senad, inclusive como Secretária Nacional. Teve papel relevante, decisivo, na formação e acompanhamento do Grupo Multidisciplinar de Trabalho – GMT/Ayahuasca, cujas atividades culminaram com a Resolução do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas – Conad n.º 1, de 25 janeiro de 2010 (que regulamenta o uso religioso do Chá Hoasca).

>> Os vídeos também estão com legendas disponíveis para o Inglês e Espanhol


*Edson Lodi é integrante do Quadro de Mestres da UDV e membro do Conselho da Administração Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

8 respostas
    • Graça Salles
      Graça Salles says:

      Trabalhei no MJ por algum tempo e sei da seriedade com que a Senad trata do tema! O reconhecimento do Mestre e do vegetal por autoridades, em especial as que detêm competência para tratar do tema, com certeza vem a fortalecer cada dia mais a União. LPA.

      Responder
  1. Onides Bonaccorsi Queiroz
    Onides Bonaccorsi Queiroz says:

    Que projeto bonito você está coordenando, amigo Edson!

    Mestre Gabriel, homem de luz, enxergou o que é realmente importante e se entregou a essa tarefa, que beneficia a tantas pessoas. Graças a Deus!

    A cultura de paz deve ser o ideal fundamental da humanidade. Começa dentro da gente, quando decidimos aprender a oferecer um tratamento amoroso e digno a nós próprios, tarefa laboriosa, diária, de uma vida inteira, ou melhor, de muitas vidas. E que gradativamente vai se refletindo nas relações familiares e sociais, transformando o nosso entorno com suavidade e gentileza.

    A paz, que também é uma face do amor, é, ao mesmo tempo, o princípio e o resultado de um processo feliz e harmonioso.

    Reverencio o belo trabalho que a União do Vegetal afirma neste planeta e desejo que sejam muitas vezes multiplicados esses 60 anos de existência, pois os frutos dessa missão trazem alegria ao mundo e evolução para a espécie.

    Abraço carinhoso aos irmãos da UDV.

    Responder
  2. Marco Antonio
    Marco Antonio says:

    Excelente depoimento, excelente deferência à nossa instituição. Parabéns, viva a União! Viva a nossa conquista de respeito junto as autoridades.

    Responder
  3. Almir Nahas
    Almir Nahas says:

    O reconhecimento sincero é sempre um momento luminoso. Quando a UDV recebe o reconhecimento por parte de uma pessoa que não é um associado, para mim é um momento ainda mais especial. O trabalho de décadas, de cativar as autoridades, tem dado bons frutos. Parabéns a todos os que se empenham nesse cativar.

    Responder
  4. Andréa
    Andréa says:

    A sensibilidade de um coração tranquilo, externando a todos nós.
    Gratidão
    Belíssimo trabalho que inclusive é voluntário e movido pelo amor.
    Abraços Fraternos à todos.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *