UDV promove palestra a respeito da Inclusão de crianças com Transtorno do Espectro Autista no meio religioso

| 18 Abril, 2023

Leandro Matthaus*

Foto: DMC Núcleo Cruzeiro do Sul.

O Centro Espírita Beneficente União do Vegetal (UDV), por meio do Núcleo Cruzeiro do Sul (Cruzeiro do Sul – AC), promoveu, no dia 2 de abril de 2023, a palestra intitulada “Inclusão de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) no meio religioso”, tendo como público alvo os pais sócios do Centro cujos filhos estão dentro do espectro e demais seguidores da UDV. A palestra foi ministrada pela psicóloga Elis Bissoli de Lucena, especialista em Desenvolvimento Infantil e integrante do Corpo do Conselho da União do Vegetal.

 “É preciso conscientizar as pessoas a respeito desses transtornos, de modo que, dessa convivência, todos passem a conhecer e respeitar as diferenças e a individualidade de cada um e, nesse sentido, reflitam sobre os desafios e práticas inclusivas para promover a inclusão no contexto religioso, implementando ações que sempre respeitem e potencializem as habilidades de cada criança que possui autismo”, destacou a palestrante.

Marcado como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, 2 de abril leva, ao redor do mundo, a mensagem sobre a importância do respeito e da necessidade do conhecimento acerca do transtorno. A data foi criada em 2007 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A palestra também contou com a colaboração das Conselheiras: Glória Carvalho, Layla Carneiro e Rosilene Rodrigues, professoras pedagogas que atuam no AEE (Atendimento Educacional Especializado) e do Conselheiro Rodrigo de Jesus, professor e pai de uma criança com autismo. O evento contou ainda com o apoio do Mestre Central da 17ª Região da União do Vegetal, James Cameli, e do Mestre Representante do Núcleo Cruzeiro do Sul, Sylvio Geraldo.

O Responsável pela Orientação Espiritual com Crianças e Jovens no Núcleo Cruzeiro do Sul, Mestre Claudio Gabriel, ressaltou a relevância da palestra, que sensibilizou a todos os presentes, trazendo valiosas orientações de como podemos bem acolher as crianças com TEA na UDV e na sociedade, no sentido do pensamento do Mestre Gabriel de unir as famílias e fazer uma Paz no mundo.

Inclusão no meio religioso

O Presidente da Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Autismo de Cruzeiro do Sul (APAA), Peter Rogers, também esteve presente na palestra. Ele parabenizou a União do Vegetal por trazer a temática da inclusão das crianças com TEA no meio religioso e destacou que a maioria dos pais, quando recebe o diagnóstico do filho com espectro autista, se afasta das religiões por falta de apoio das lideranças religiosas.

“Geralmente, nós trabalhamos a temática do autismo voltada para o tratamento da criança e a inclusão dela na escola, mas no contexto religioso é algo novo e imprescindível para ser trabalhado em todas as religiões. Uma vez que a criança precisa se sentir acolhida e a família também, pois, na maioria das vezes, quando os pais recebem o diagnóstico, eles se afastam das religiões por falta de tempo e apoio. Por isso, parabenizo a União do Vegetal por essa iniciativa”, afirmou o presidente da APAA.

LEANDRO*Leandro Matthaus é integrante do Corpo Instrutivo do Núcleo Cruzeiro do Sul (Cruzeiro do Sul-AC) e monitor local do Departamento de Memória e Comunicação (DMC).

26 respostas
  1. Cristiano Constante
    Cristiano Constante says:

    Que bonita iniciativa! É Uma alegria de saber que a UDV vem tendo pessoas sensibilizando com as nossas crianças, jovens e os pais que tem filhos com TEA. Sabemos a importância das interações e convivências em um bom relacionamentos com nossos irmãos, fortalecendo esse Elo de União.

  2. CARLOS EDUARDO
    CARLOS EDUARDO says:

    Enquanto membro da UDV e pai de autista, recebo com alegria o início deste trabalho de suma importância em nossa querida religião.
    Apesar de o assunto estar ganhando mais visibilidade, para muita gente que só ouve falar mas não estuda nem lê, não conhece nem vive a realidade de se ter um autista na família, se o portador não estiver babando ou se balançando, é só frescura.
    Por mais ações assim, em todo o âmbito!

    Parabéns pela iniciativa!

  3. Anny
    Anny says:

    Poxa como seria bom se pudesse ter essas palestras em todas as regiões, as vezes tão necessário ver esse tema ser mais presente na irmandade! Que seja inspiração tambem para a OE trabalhar também voltada para esse público

  4. Ediglelson
    Ediglelson says:

    Bem importante este trabalho de conscientização feito dentro do Centro, sou pai de uma criança autista e sei bem das dificuldades vencidas para poder participar das Sessões e dos trabalhos do Centro, pois tendo que ter uma atenção especial com o meu filho contando com o apoio da irmandade.
    Valoroso trabalho parabéns a equipe.

  5. Cássia Rodrigues
    Cássia Rodrigues says:

    Nobre iniciativa de orientação e garantia de direitos da criança, visando o seu pleno desenvolvimento.
    Muito me alegra saber que a UDV tem este olhar atento para a inclusão, parabéns pela iniciativa, com votos que surjam outras ações tão bela quanto essa.

  6. Cleusa de Andrade
    Cleusa de Andrade says:

    Que alegria sinto hoje pela bondade de Deus…Essa notícia tocou fortemente meu coração vendo esse trabalho valoroso dos meus conterrâneos do Acre!!! Que chegue logo aqui no sul e em toda comunidade caianinha mundial!! Parabéns aos organizadores!!
    Cleusa. C. I. Núcleo Estrela de Maria. São José dos Pinhais. Paraná/ BR.

  7. Franklin Resendes Borges Costa
    Franklin Resendes Borges Costa says:

    Ótima Iniciativa, um bom momento pra refletirmos mais sobre o tema e trabalhar a capacitação da Direção da UDV para saber acolher, orientar e conscientizar a irmandade sobre esse tema.

  8. Jayme stone
    Jayme stone says:

    Isso é muito importante pra nós: buscarmos mais termos a prática de amor ao próximo. Trabalhei alguns anos na saúde mental e tive um grande conhecimento sobre o amor ao próximo. Amar uma pessoa sã e fácil, mas amar uma pessoa com transtorno é uma prática que só sabemos trabalhando. Aprendemos por em prática a paciência e o amor ao próximo. Parabéns à União do Vegetal.

  9. Maria Lúcia de Jesus Silva Abud
    Maria Lúcia de Jesus Silva Abud says:

    .Fico feliz com esse movimento, precisamos conhecer mais a respeito do tema, muitas pessoas não conhecem e por isso julgam o comportamento de algumas crianças, precisamos praticar e ensinar inclusão em nosso centro… Mas como fazer sem conhecimento? Por isso é bem importante essas ações, que se fortaleça e germine bons frutos…

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta