UDV e o Chá Hoasca: 60 anos beneficiando pessoas

| 17 Setembro, 2020

José Roberto Campos de Souza*

O Chá Hoasca na UDV é utilizado para efeito de concentração mental | Foto: Isaac Amorin

Estamos no sexagésimo ano de existência da UDV, a ser inteirado em 22 de julho de 2021. Seis décadas sendo colocado à prova e colocando à prova o uso ritualístico do Chá Hoasca, ou Vegetal – conforme o chamamos no Centro Espírita Beneficente União do Vegetal – ou Ayahuasca, como é conhecida no meio acadêmico, com evidências cada vez mais eloquentes dos benefícios que esse uso traz aos seus sócios.

Ao longo desse tempo, a UDV sofreu ataques e pressões, resultantes do desconhecimento das autoridades em relação aos grandes benefícios que o Vegetal tem trazido aos seus usuários. Esses ataques trazem à mente um acontecimento com o criador da homeopatia, Samuel Hahnemann, que, ao chegar a Paris, sofreu oposição dos médicos franceses que pediram ao ministro Guizot para não autorizar sua clínica, e ele assim se manifestou: “Se a homeopatia é uma quimera ou um sistema sem valor próprio, cairá por si mesma. Se for, ao contrário, um progresso, crescerá e se estenderá, apesar de todas as nossas medidas preventivas”.

A UDV começou com poucas pessoas. Após esses quase 60 anos, soma mais de 21 mil sócios de 60 nacionalidades e está presente em 11 países, irmanando povos, culturas, raças e credos, sob a luz de um Guia, Mestre Gabriel, que aproxima compreensões e dirime divergências entre aqueles que se dispõem a assimilar sua doutrina e suas orientações.

Este crescimento de uma religião discreta, que age sem proselitismo, traz a certeza de um caminho firme e seguro para a evolução espiritual do ser humano, uma vez que tal expansão está baseada apenas na força exemplar da transformação daqueles que a ela se associam, despertando a atenção de todos cujos olhos estão abertos para observar a mudança de percepção, de valores e do comportamento daqueles que a ela se associam.

Ciência

A ciência tem comprovado os benefícios da Ayahuasca em diversas vertentes. Seus efeitos antidepressivos, o afastamento dos vícios, a renovação de células nervosas, a melhora da concentração, o benéfico efeito em crianças e jovens, etc. Por onde quer que se olhe e se investigue, as evidências saltam aos olhos demonstrando que a UDV e o Vegetal “não são uma quimera” ou “algo sem valor”, pois já teriam “caído por si só”, mas, ao contrário, esta instituição vem crescendo e se estendendo, apesar de toda a oposição de quem não quer enxergar os benefícios que ela traz para a humanidade.

O objetivo maior do Centro é a evolução espiritual. Como parte de seu ritual, usa um chá, Hoasca, com a finalidade de facilitar a concentração mental e, com isso, melhorar a autopercepção e o conhecimento de si mesmo, uma vez que apenas por meio do autoconhecimento realista e da identificação dos pontos de imperfeição de si mesmo é que o ser humano pode desenvolver todo o seu potencial evolutivo. Esse uso do chá, durante muito tempo um alvo de preconceitos, vem, a cada dia, sendo objeto de pesquisas e avaliações criteriosas pelos cientistas.

Princípios

Alguns princípios são basilares nas atividades da União do Vegetal. Um deles é o de que todos os seus dirigentes são voluntários, não recebendo pagamento por seu trabalho; outro princípio é o de mandato temporário, com ninguém se perpetuando nos lugares de comando. Mas o mais importante de todos é o zelo em relação ao uso responsável do Vegetal, vetando sua venda e uso comercial e restringindo sua utilização exclusivamente em ritual religioso, conduzido por alguém com experiência e que tenha capacidade para orientar, corrigir, ensinar e mostrar as bases da doutrina da UDV, nosso maior tesouro.

A ciência vem confirmando a palavra do fundador do Centro (Mestre Gabriel), de que o Vegetal é “comprovadamente inofensivo à saúde”. Mais do que inofensivo, as pesquisas têm evidenciado um aspecto revolucionário de seus efeitos no sistema nervoso, que nos permitem uma classificação diferenciada entre as substâncias de ação neuroquímica. Esses efeitos, aliados a uma doutrina reta e sadia, de base cristã, trazidos nas Sessões, colocam a Hoasca  na classe dos “psicointegradores”, ou seja, promovendo um equilíbrio nas funções do sistema nervoso.

As resultantes dessa psicointegração se evidenciam nas mudanças de percepção e conduta dos associados, que passam a ter uma visão diferenciada da sua responsabilidade diante da vida e, primordialmente, diante da família, base estruturante de uma sociedade sadia. Os valores de moral, fontes geradoras da consciência tranquila e da paz interior, da ética norteadora das relações humanas, mas, principalmente, os valores espirituais que passam a guiar nosso comportamento, vêm, há seis décadas, contribuindo para a construção de um mundo melhor, por intermédio de seres humanos melhores.

O Centro Espírita Beneficente União do Vegetal faz parte da solução para os graves problemas sociais e espirituais de nossos tempos, contribuindo para o resgate dos valores transcendentes para a espécie humana.

Viva a União do Vegetal, marco de progresso para a humanidade!!!

 *José Roberto Campos de Souza é integrante do Quadro de Mestres do Núcleo Luz de Maria (Campo Grande-MS).

21 respostas
  1. Alysson Bastos Sena
    Alysson Bastos Sena says:

    Excelente texto que norteia a União do Vegetal demonstrando a sociedade mundial os diversos benefícios que, quando vistos pelo lado científico, podem ser perfeitamente justificados e provados, e convidando o ser humano a se certificar do lado espiritual o que já é comprovado por quem pertence a União. Viva a União do Vegetal.

    Responder
  2. Ernesto Nascente Cintra Petrillo
    Ernesto Nascente Cintra Petrillo says:

    Quem faz parte do CEBUDV sabe dos benefícios que recebe a cada dia e quem está próximo, percebe as mudanças constantes do indivíduo.
    Texto esclarecedor!

    Responder
  3. Lucelia Seror
    Lucelia Seror says:

    Excelente texto. Norteia nossos pensamentos e nos fortalece como sócios da União do Vegetal. Parabéns!! São 60 anos de benefícios à humanidade. Famílias inteiras sendo beneficiadas por essa Luz.

    Responder
  4. Kleiber Ribeiro de Oliveira
    Kleiber Ribeiro de Oliveira says:

    Excelente descrição informativa da UDV. Saúdo os 60 anos de atividade desta instituição, trazendo absolutos benefícios aos seus associados seguidores. Possa Deus abençoar o trabalho do Mestre Gabriel e seus continuadores!

    Responder
  5. José Honório Silva Ferreira
    José Honório Silva Ferreira says:

    É um imenso prazer fazer parte dessa família que é a UDV, guiada pelo Mestre Gabriel. Encontrar este caminho de Luz não foi fácil, mais aqui cheguei. Felicito a UDV pelos 60 anos de bençãos e mudanças na vida dos milhares que aqui estão, e os que chegarão. Viva a UDV, viva Mestre Gabriel!!!

    Responder
  6. Ademar Pereira de Oliveira
    Ademar Pereira de Oliveira says:

    Parabéns pelo trabalho DR. Mestre José Roberto, um estudo bem explicativo desse chá que usamos. Sigo esse nosso grande Mestre Gabriel há 40 desde de quando eu ainda era um bebê de colo e, ao longo desses anos, posso ver as benfeitorias que esse chá fez e faz na minha vida e hoje na vida de minha família, assim venho construindo um lar com pessoas mais orientadas e com princípio e valores da vida. Parabéns, UDV, pela sua existência.

    Responder
  7. Angela Martins
    Angela Martins says:

    Excelente texto mostrando que a ciência objetiva e a Ciência Divina é uma só. Que tanto o chá quanto a Homeopatia fazem a diferença na verdadeira cura para os seus usuários. Ambos vão na essência, pois a cura vem de dentro para fora.

    Parabéns, José Roberto.

    Responder
  8. Luis Carlos Sampaio
    Luis Carlos Sampaio says:

    Um ótimo texto. É no trabalho laborioso de responsabilidade de cada um consigo mesmo que as mudanças duradouras se fazem. E o seu texto, o trabalho da UDV, descortinam bem isso.
    Progresso.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *