Os 100 anos de Mestre Gabriel

Tadeo Feijão*

| 6 Janeiro, 2022

Mestre Gabriel faria 100 anos no próximo dia 10 de fevereiro | Foto: Cícero Lopes.

O ano de 2022 é muito especial para a Nação Caianinha (expressão utilizada para designar os seguidores do criador da União do Vegetal). Este é o ano do centenário de nascimento do Mestre José Gabriel da Costa. Estamos tendo o privilégio de celebrarmos uma conquista de nosso Mestre, que plantou definitivamente sua doutrina neste planeta ao criar a UDV. Uma vitória sua. Uma responsabilidade nossa.

Mestre Gabriel se faz conhecer mais a cada dia para todos nós, pelo cumprimento de sua palavra, que ultrapassa as fronteiras do tempo e do espaço e por sua força moral, que nos inspira na busca do autoaperfeiçoamento.

Nascido na Fazenda Pedra Nova, Coração de Maria, Bahia, no dia 10 de fevereiro de 1922, mostrou desde muito cedo seus dons incomuns. Sua riqueza de inteligência compensava a pobreza de oportunidades de educação formal. Graduou-se cedo na faculdade da vida, onde destacou-se na leitura dos mistérios da Natureza.

Seu bom humor e sua agilidade física e mental o destacava no lugarejo onde vivia com seus pais e seus numerosos irmãos. Portador da alegria, marcava presença nas festividades religiosas da família e da pequena comunidade de Retiro, onde o sino da igrejinha anunciou a hora de seu nascimento.

Adulto jovem, atendendo ao chamado da vida, seguiu para Salvador, onde viveu marcantes experiências na prática da capoeira e nas visitas aos terreiros, onde se mostrou um iniciado nas artes marciais e ritos espirituais africanos. Dali partiu para a Amazônia levando consigo elementos e experiências que utilizou e integrou em sua pedagogia que nascia no mundo amazônico verde e misterioso, onde ele descobriu e compartilhou um tesouro.

Na Amazônia, seguindo os ditames de sua missão, tornou-se soldado da borracha integrando-se na luta contra a tirania em um front distante e solitário. Ali teve a oportunidade de viver seus ideais humanitários trabalhando em um hospital onde encontrou a companheira de sua vida, a jovem Raimunda Ferreira da Costa, a Mestre Pequenina. Casados, partiram para correger terras, desvendar mistérios, formar família, enfrentar feras e domesticar humanos. Nos seringais deu prova de seu valor e sua capacidade e reencontrou o Vegetal, elo transcendente que conecta as realidades humana e divina. Tesouro revelador do filme da memória ancestral do Mestre e seus discípulos.

De posse do tesouro volta à civilização para unir a humanidade à sua família na recém-criada União do Vegetal (em 22 de julho de 1961). Incompreendido e perseguido devido a seus ideais, encontra na gente simples de Porto Velho (RO) a matéria prima com a qual deu início a sua Obra Divina.

Ali, na simplicidade de seu lar, a sua fortaleza, e em sua olaria, afirmação de sua dignidade, moldou homens e tijolos para a construção de um novo mundo, de braços abertos, pés no chão e a cabeça no Alto.

Sua palavra e seu exemplo ressoaram nos corações e fizeram brotar de sua sinceridade e simplicidade a convicção da missão do Mestre, que transcendente, sobrevive à sua vida material e chega hoje a muitos lugares, povos e culturas que se reconhecem e se fazem irmãos pela mesma crença e mesma fé.

Mestre Gabriel, uma luz que se fez presente na terra há 100 anos, continua cada dia mais vivo e presente em nossos corações. Que sua obra seja um monumento à sua vida.

Viva o Mestre Gabriel!

*Tadeo Feijão é integrante do Quadro de Mestres e Presidente da Diretoria Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

28 respostas
  1. Raquel
    Raquel says:

    Lindo Texto, amigo! Que a obra do nosso Mestre seja cada vez mais reconhecida pelos benefícios que traz pra humanidade, que possamos nos ligar cada dia mais em seus ensinos e trazer mais esperança a esse mundo. Feliz Dia de Reis a todos nós, com saúde e alegria!

    Responder
  2. M. José Roberto
    M. José Roberto says:

    Que bonito texto, revelando um pouco da magnifica história do nosso Guia Espiritual Mestre Gabriel, me sinto feliz, honrado e grato a Deus por poder esta vivo encarnado neste momento da historia da União do Vegetal, sendo mais um discípulo que compõe esta nação dos Caianinhos.
    Viva o centenário do nosso Mestre Gabriel!!!!

    Responder
  3. Mauro Carneiro
    Mauro Carneiro says:

    Viva nossa Estrela Guia e seu centenário, nossa eterna gratidão pelo exemplo de humildade com uma vida simples e pensamentos e sentimentos elevados pelo servir a Deus e a humanidade.

    Responder
  4. Firmo Rodrigues
    Firmo Rodrigues says:

    Esse texto é uma preciosidade! A União do Vegetal, dita pelo nosso Mestre, é a realeza divina e nosso querido M. Gabriel, vive em nossos corações e nos dá a força que necessitamos pra seguir sempre no caminho da retidão!

    Responder
  5. Frederico Korndorfer Neto
    Frederico Korndorfer Neto says:

    Texto inspirador! Gratidão por compartilhar esse sentimento de amor e reconhecimento ao Mestre e a sua obra! Que a fraternidade e a amizade sejam presentes a ofertar a este Mestre que tanto tem nos ofertado!

    Responder
  6. Toska
    Toska says:

    O Mestre Gabriel em sua simplicidade nós proporciona ensinos complexos ,de uma riqueza que mostra a grandeza da força superior .
    A sua presença é luz anos guiar no caminho da retidão

    Responder
  7. Genis Garcia Pereira Junior
    Genis Garcia Pereira Junior says:

    Este texto transmite sentimentos de elevado reconhecimento ao Mestre Gabriel que nos permite compartilhar a alegria e o amor no coração por pertencer a esta fraterna nação caianinha.

    Viva o centenário do Mestre Gabriel!

    Genis Garcia Pereira Junior
    Núcleo Rei Divino

    Responder
  8. Rozenildo Aparecido de Almeida
    Rozenildo Aparecido de Almeida says:

    Linda mensagem, Mestre Tadeu Feijão. Que o Mestre Gabriel lhe abençoe e lhe dê inspirações pra cada vez mais mostrar o grande valor da União do Vegetal.

    Responder
  9. Antonia
    Antonia says:

    Hoje 6 de janeiro, qdo os três Reis Magos visitaram Jesus o nosso Rei Salvador, levando de presente Ouro, Incenso e Mirra. Nós que pertencemos nesta Obra Sagrada que a União do Vegetal, vamos reverenciar o nosso Guia Espiritual Mestre Gabriel, dando de presente o nosso Reconhecimento a nossa Gratidão pelo esse presente maravilhoso que ele nos deu. Depende de cada um de nós, dar um presente ao nosso Guia Mestre Gabriel cuidado e zelando por essa Obra Divina e Sagrada. A minha Gratidão Mestre Gabriel.
    Viva o dia 6 janeiro. Viva os Reis Magos.

    Responder
  10. Paulo de Tarso
    Paulo de Tarso says:

    Precisas palavras, que dão uma dimensão da missão deste Mestre.
    A sua palavra, tesouro compartilhado com os que procuram seguir a sua doutrina, faz-se cada vez mais viva nos seus discípulos e abre a porta aos que querem conhecê-lo melhor.
    Vivas ao Mestre Gabriel.

    Responder
  11. Maria Helena Rodrigues de Moraes
    Maria Helena Rodrigues de Moraes says:

    Cativantes palavras de amor, simplicidade e poesia que me trouxeram renovação e fortalecimento em querer confiar, cada dia mais no Mestre Gabriel e em mim, no sentido de praticar o que aprendo com Ele.
    100 anos de Luz, paz e amor.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *