Natal (RN) institui 22 de Julho dia da Paz e da Conciliação

Jaques Furtado de Andrade*

| 19 de setembro, 2019

Natal é o 29º município brasileiro a instituir no seu calendário oficial o Dia da Paz e da Conciliação. Na foto, a fachada do Núcleo Natal | DMC/Núcleo Natal.

A Câmara Municipal de Natal-RN aprovou, no dia 20 de agosto de 2019, o projeto de lei que institui o dia 22 de julho como o Dia da Paz e da Conciliação, a ser comemorado anualmente no município. O projeto foi sancionado pelo prefeito Álvaro Costa Dias no último dia 06 de setembro, transformando-se na lei 6.931/2019.

O dia 22 de julho é o dia da criação da União do Vegetal (UDV) pelo Mestre José Gabriel da Costa. Por este motivo essa data foi escolhida para representar o dia da Paz e da Conciliação. O município de Natal já é o 29º no Brasil a ter essa data instituída no seu calendário oficial.

O autor do projeto, vereador Ney Lopes Junior(PSD), falou na plenária da Câmara Municipal que essa lei irá representar muito para o trabalho social na cidade de Natal, pois será um dia para debater, através de palestras, apresentações e eventos, a importância positiva que a paz e a conciliação trazem para a sociedade brasileira. Ele também considerou o primeiro passo de inúmeras conquistas que essa lei poderá proporcionar para a promoção da paz na sociedade natalense.

Após a apresentação do projeto, o vereador fez um pequeno histórico da criação da UDV e da sua ação no município, reconhecendo o comprometimento e a seriedade do trabalho social da instituição, contribuindo para o fortalecimento das virtudes morais, intelectuais e espirituais do ser humano. “Trata-se de uma organização séria, voltada para o interesse comum e para contribuir com o social”, afirmou o vereador no seu discurso.

Para o Mestre Representante do Núcleo Natal, Sérgio Yunes, a aprovação do projeto demonstra o reconhecimento das autoridades ao trabalho beneficente e social realizado pela UDV em Natal, e também em Parnamirim e Nísia Floresta (municípios da Grande Natal). “Essa lei vai nos possibilitar ter mais apoio das autoridades para a realização do trabalho social que desenvolvemos, fortalecendo a parceria com o poder público e a sociedade civil”, prevê.

Desde 2011, quando a UDV celebrou seu aniversário de 50 anos, diversas Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais do país vêm aprovando projetos de lei que instituem o 22 de julho como o Dia da Paz e da Conciliação. Em oito estados, 29 municípios e no Distrito Federal essa lei está em vigor. Entre os estados, incluem-se, até agora, Acre, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima.

*Jaques Furtado de Andrade é integrante do Quadro de Sócios do Núcleo Natal (Natal-RN)

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta