Núcleo Apuí, 40 anos e muitas histórias para contar

José de Anchieta Torreão de Sá*

Irmandade do Núcleo Apuí, 22 de julho de 2000 | DMD/Núcleo Apuí

Hoje, dia 2 de Julho de 2016, o Núcleo Apuí faz 40 anos. Sempre que o Apuí faz aniversário meu pensamento viaja até as origens da União do Vegetal aqui na Bahia. Mas hoje as lembranças vieram ainda mais fortes. Relembro as primeiras Sessões quando bebíamos o Vegetal sentados no chão da casa de Raimundo Nonato Marques – na época mestre da UDV – no Alto do Penedo, em Itapuã, ou então na casa de Alberto e Antônia, à beira da Lagoa de Pituaçú, ou ainda nas praias de Itapuã e de Arembepe. São momentos que guardo na memória de experiências inesquecíveis.

Lembro como se fosse hoje a primeira vez que bebi o Vegetal das mãos do mestre Nonato, na casa de Fernando Hoisel, no distrito de Parafuso, em Camaçari, quando um mundo novo se apresentou para mim.

Clique aqui e acesse a Galeria de Imagens do Núcleo Apuí.

Foi nessa mesma casa que realizamos o primeiro Preparo de Vegetal. A fornalha era apenas um buraco cavado no chão e ladeado por duas filas de blocos. O local onde estavam as panelas não tinha cobertura, e contávamos com a Natureza para que não chovesse.

Estávamos nos primeiros dias de 1978. O Mariri e a Chacrona eu tinha ido buscar em Rondônia no final de 1977. Foi minha primeira viagem à Porto Velho (RO). Lá conheci alguns dos Mestres da Origem. Naquela época, os irmãos aqui na Bahia eram bem poucos e o Vegetal preparado durou alguns meses.

Logo depois alugamos uma casa em Itapuã onde funcionou o primeiro Templo. Lá também realizamos um Preparo ainda contando com a Natureza, pois não tinha nada para cobrir as panelas que estavam no fogo. Realizamos as Sessões nesse local até o dia 22 de Julho de 1980, quando mudamos para o novo Templo construído no terreno onde hoje está localizado o Núcleo Apuí, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador.

Família de Mestre Gabriel
Me marcaram também as viagens que fizemos à Feira de Santana (BA) e Pé de Serra, no interior da Bahia, para encontrarmos a família de origem do Mestre Gabriel. Localizamos a mãe dele, Dona Prima, e também seus irmãos. Passamos a visitá-los com frequência. Foram momentos de grande alegria com Sessões memoráveis na casa de farinha do sítio de João, o irmão mais velho do Mestre Gabriel.

Graças a essas visitas, dois irmãos do Mestre se motivaram a frequentar a UDV: Antônio Gabriel e também Maria. Antônio já tinha bebido Vegetal em Porto Velho com o Mestre Gabriel, e chegou ao Quadro de Mestres da União do Vegetal no Núcleo Apuí, convocado pelo mestre Nonato. Cumpria-se assim a palavra do Mestre Gabriel que anos antes havia dito: “Antônio, você vem ser Mestre”. Já Maria chegou ao Corpo Instrutivo da UDV, e durante um período foi zeladora do Núcleo Apuí.

Me lembro ainda das diversas viagens que fizemos à Fortaleza, no Ceará, para auxiliarmos o início do Núcleo Tucunacá. Uma experiência que muito contribuiu para nossa caminhada e amadurecimento espiritual. Frondosa Árvore Em 40 anos, são muitas as histórias dentro dessa história do Núcleo Apuí, o primeiro do Nordeste, e que nessa frondosa árvore que é a União do Vegetal é um ramo nascido do Núcleo Caupuri, de Manaus. Tudo isso me vem a memória nesse dia 2 de Julho.

Penso também em tantos outros irmãos, tão importantes quanto os primeiros, que chegaram ao longo desses anos dando sua contribuição e auxiliando na construção dessa história. Porque um Núcleo é como um ser vivo que deve estar sempre se renovando. E quando vejo as crianças e os jovens trazendo tantos momentos de alegria, sinto ainda mais forte essa renovação. Pois são eles a esperança de um fortalecimento cada vez maior, não apenas do núcleo, mas de toda a União.

Ao Mestre Gabriel, ao Apuí, aos primeiros irmãos e a todos que auxiliaram nesse trabalho, minha gratidão. E o meu desejo que esse núcleo possa cada vez mais auxiliar as pessoas nesse caminho de Luz, Paz e Amor.


* Sócio-fundador do Núcleo Apuí, integrante do Quadro de Mestres do Centro e Membro do Conselho de Administração Geral (CONAGE) do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal. 

20 respostas
  1. Eric Botassine
    Eric Botassine says:

    Bom dia. Minhas felicitações a toda irmandade, principalmente aos sócios fundadores, que deram início a esse trabalho. Tive a honra de iniciar minha caminhada nesse lugar, onde frequentei até 2010, quando mudei com minha família para Cuiabá/MT. Recebi a estrela em 2008 das mãos do mestre Anchieta, então Mestre Representante. Grato aos primeiros irmãos e a todos que contribuíram e contribuem para minha evolução. LPA.

    Att, Eric Botassine.

    Responder
  2. Estácio Ferrer
    Estácio Ferrer says:

    Núcleo Apuí, Núcleo forte que vem unindo e reunindo irmãos de muitos locais do país e do mundo, sua história de superação das dificuldades e com a graça e merecimento de encontrar as facilidades e com a força de vencedor, muito nos inspira e melhora nosso entendimento da UDV e da vida.
    Desejo que as raízes do Núcleo Apuí sejam sempre regadas com a Luz e conhecimento do Mestre Gabriel e que a cada dia se fortaleça mais.

    Responder
  3. Itana Ferreira de Pinho Miguez
    Itana Ferreira de Pinho Miguez says:

    Belas palavras.Trazendo o sentimento de momentos vividos na criação do primeiro núcleo da Bahia e nordeste. Sou grata pela criação desse núcleo. No Núcleo Apui,também bebi o vegetal pela primeira vez em 1982,pelas mãos na época do Mestre Nonato,onde tenho minha gratidão e respeito. Desejo que o Núcleo Apuí possa cada dia se desenvolver dando mais frutos. Viva o Núcleo Apuí!

    Responder
  4. Diogo Rocha
    Diogo Rocha says:

    Mestre Anchieta com sua vívida memória, amoroso coração e grande experiência sempre nos motiva a continuarmos a busca por sermos melhores. Fico imaginando ser no futuro um senhor também tão jovial e de coração grande que transmite harmonia e esperança! Felicidades ao Apuí, aos primeiros irmãos do Apuí e todos os sócios, bem como toda a UDV. Quem ainda não conhece este Núcleo, irá adorar conhecer.

    Responder
  5. Flávia wenceslau
    Flávia wenceslau says:

    Que esta frondosa árvore continue nos dando sombra!Gratidão é meu sentimento pelo trabalho e dedicação dos que construíram este lugar que acolhe, orienta e semeia a Paz.

    Viva o Apuí!
    com Luz Paz e Amor.

    Flávia Wenceslau

    Responder
  6. Lucca Gesteira
    Lucca Gesteira says:

    Uma alegria ler essas palavras do amigo Mestre Anchieta e ver a beleza que é a União do Vegetal… O Núcleo Apuí segue a tradição de ter a força familiar presente e aqui fiz muitos queridos amigos! Espero que a cada dia nossa irmandade possa se unir cada vez mais e dando continuidade a essa sagrada obra do Mestre Gabriel!

    Responder
  7. Paulo Mapurunga
    Paulo Mapurunga says:

    Muito me alegra ver essa palavras de emoção. Vontade muito grande de estar aí presenciando esse momento tão bom com pessoas tão queridas. Núcleo Apuí pra mim é um lugar de uma forte alegria vibrante que me fortalece nessa caminhada. Viva Núcleo Apuí! Viva a UDV! : )

    Responder
  8. Nazareth Roriz
    Nazareth Roriz says:

    Na força da gratidão, quero expressar meu reconhecimento por todo trabalho que o senhor fez e faz pelo Apui / UDV e consequentemente por todos nós. O senhor foi a porta de entrada para que eu sentisse o querer conhecer a UDV, desejo ao senhor amigo muito querido muitos anos de vida com saúde para aproveitar os frutos que vem plantando. Um abraço .Nazareth Roriz

    Responder
  9. Lucineide Dias
    Lucineide Dias says:

    Parabéns a toda irmandade deste belo núcleo!
    Desejo prosperidade, paz e harmonia!
    Belas fotos e um ótimo depoimento do sócio fundador!
    Faço parte do Núcleo Imburana de Cheiro, assisti uma sessão com o M. Anchieta, no Núcleo Cajueiro e foi de grande valia, pessoa de boas experiências!
    Abraço fraterno!

    Responder
  10. Vicente Guillermo Noriega Moreno
    Vicente Guillermo Noriega Moreno says:

    O comentário que tenho a fazer e que é importante uma descrição do trabalho dos departamentos mesmo que sucinta para se ter uma ideia completa do estado de desenvolvimento do Núcleo. Por exemplo, da autossuficiência das plantas, dos projetos dos departamentos Beneficência, Medico, Jurídico, Memória e Documentação, Meio Ambiente, fotografias aéreas do terreno para mostrar a evolução espacial do terreno. Isto tudo para poder mostrar a quem desejar saber nosso trabalho em benefício da coletividade. Isto tudo que estou dizendo já sabia por dedução dos meus 36 anos e vivência em Campinas nos três núcleos existentes nos quais participei.

    Responder
  11. Ilana
    Ilana says:

    Ler esse texto escrito por um mestre amigo que tanto colabora com o crescimento de todos que o procuram me faz sentir gratidão. Como foi bom chegar num lugar e encontrar acolhimento, doutrina e ensino, dentro da luz do amor. Núcleo Apuí, minha casa, que esses 40 anos nos tragam cada dia mais a busca pela paz. Saúde aos primeiros irmãos para continuar nos orientando e auxiliando nesse caminho da União. Vivaaaa o Apuí!!!

    Responder
  12. Rodrigo Souza de Alencar Gondim
    Rodrigo Souza de Alencar Gondim says:

    Bela mensagem. Grato ao senhor mestre Anchieta, e a todos os primeiros irmãos, que deram inicio a esta união, aqui nesta quarta região.
    Abraço fraterno.

    Feliz aniversário Apuí

    Responder
  13. Rodrigo Polignano
    Rodrigo Polignano says:

    Alegria por essa data tão significativa. Marco de progresso e florescimento, o Núcleo Apuí é um lugar que inspira respeito e alegria. Saudades de Preparos e bons momentos que pudemos vivenciar com essa irmandade que nos recebe com carinho e que sabe cativar.
    Nosso reconhecimento principalmente aos primeiros irmãos que também nos ensinaram algo dos valores dessa Sagrada União e que continuam dando seguimento em busca do seu aprimoramento, exemplo pra todos nós.
    Ao amigo Raimundo Nonato Marques, especialmente, por tantos momentos felizes e importantes e a todos que junto com ele plantaram essa semente de Luz, nosso abraços e carinho hoje e sempre.

    Saúde, prosperidade e paz a todos.
    Abraços fraternos,
    Rodrigo Polignano & Família

    Responder
  14. Guida
    Guida says:

    Que festa tão bela e tão significativa para todos nós da Bahia e do Nordeste!!!
    Gratidão a todos que iniciaram este núcleo, guiados pelo amor do Mestre Gabriel. Gratidão a todos aqueles que vem zelando por esta obra. Viva o Núcleo Apuí!!!! Viva a União do Vegetal!!!!

    Responder
  15. Rosa S Cruz
    Rosa S Cruz says:

    Vejo com alegria todo esse movimento de união! Hoje me sinto membro da família Apuí e isso traz grande alegria pra mim; sinto uma gratidão imensa por esse lugar e uma forte amizade pelo senhor, mestre Anchieta, que à todos conduz e transmite seu carinho.

    Rosa S. Cruz.

    Responder
  16. Leonardo Tocchetto Pauperio
    Leonardo Tocchetto Pauperio says:

    A toda irmandade do Núcleo Apuí, a quem rendo enorme respeito e amizade, parabenizo pelo aniversário de 40 anos. Que grande alegria! Desejo que esta casa abençoada continue a promover o entendimento entre as pessoas e a paz no mundo. Luz, Paz e Amor.

    Responder
  17. Francisco Pinto
    Francisco Pinto says:

    Julho em festa!
    40 anos do Núcleo Apuí!
    55 anos da União do Vegetal!

    O Núcleo Apuí é mais um importante Ponto de Luz nesse Grande Reinado que é a UDV!
    Sentimento renovado pra seguir em frente e continuar essa bela e esterna história da Hoasca!
    Gratidão ao nosso Guia Espiritual por ter trazido essa obra pra nós.
    Salve o Núcleo Apuí!
    Salve a União do Vegetal!
    Salve o Mestre Gabriel!

    Tronco forte
    Raiz
    Vem do alto
    Nos dá o norte
    pra ser feliz

    Árvore encantada
    Marco de uma longa caminhada
    Caminho e escada
    Estrada que não tem fim

    Bonito
    Belo jardim
    Infinito amor
    Irradiando a mim

    Nos dando a mão
    Juntando irmãos aqui e além daqui
    Por terras afora
    Fazendo história
    Superando perdas
    E conquistando vitórias

    Renovando a memória
    De amizades antigas
    Reunindo amigos
    em novas cantigas

    Força, Fé, Esperança
    Continue fonte perene assim
    Apuí
    Princípio
    Início do início de uma história sem fim.

    Francisco Pinto

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *