Mestre Pequenina: mensagem do Mestre Monteiro

Foto: Yuugi Makiuchi

Brasília, 12 de outubro de 2016.

Amigos e irmãos na União do Vegetal

Luz, Paz e Amor

Quero inicialmente transmitir a todos o que sinto diante dos acontecimentos que culminaram há dias no desencarnamento da digníssima senhora Raimunda Ferreira da Costa, espiritualmente conhecida como Mestre Pequenina – sócia-fundadora nº 1 do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

Não é um sentimento de perda, pois o espírito é imortal e sua contribuição estará sempre presente em nossa memória, mas é um sentimento de saudade. Foram mais de 50 anos de boa convivência. Nesse período, ela não demonstrou incerteza no que disse e no que fez em relação à Grande Obra do Mestre Gabriel.

Sua passagem nos leva a examinar a trajetória já percorrida por nós, que estivemos na origem deste trabalho e a ele dedicamos nossa existência.

Quando do desencarnamento do Mestre, em 71, vivemos momentos de aflição, visto que era preciso dar sequência à missão sem a presença material daquele que a instituiu – e que é a Pedra Fundamental de nossa instituição religiosa. Tínhamos de dar continuidade ao cultivo da semente que ele plantara e que, de acordo com suas palavras, está (re)criada em caráter definitivo.

Não foi fácil, éramos poucos os mestres fundadores, com pouca experiência. Mas demos seguimento à missão, formando uma segunda geração de mestres, hoje no comando da instituição, ao lado dos Mestres do Conselho da Recordação e de outros igualmente empenhados em desenvolver suas virtudes morais, intelectuais e espirituais, consolidando institucionalmente esta Sagrada Ordem.

Vejo que a Representação Geral se mantém firme não apenas na preservação de nossas origens e doutrina, mas também na defesa dos princípios éticos e morais que as fundamentam.

É dentro desse posicionamento que a UDV vem se expandindo pelo mundo, superando todos os obstáculos e desafios que, ao longo destes 55 anos, se apresentaram. Mantém-se fiel à Palavra do Mestre, no propósito de servir à evolução espiritual da humanidade.

Raimundo Monteiro de Souza – Mestre Monteiro
Em nome do Conselho da Recordação dos Ensinos do Mestre Gabriel

5 respostas
  1. Leonardo Pauperio
    Leonardo Pauperio says:

    Lindas palavras do Mestre Monteiro, homenagem belíssima à nossa matriarca, a Mestre Pequenina, que com sua força e coragem nos deixa um legado de amor e dedicação a esta sagrada obra que é a União do Vegetal.

    Responder
  2. Sheridan Bastos
    Sheridan Bastos says:

    Muito bonita a homenagem do senhor à Mestre Pequenina. São sentimentos assim que consolidam a União e fortificam seus discípulos. Abraços, Mestre Monteiro!

    Responder
  3. Firmo Rodrigues
    Firmo Rodrigues says:

    Nós, discípulos da UDV, só temos que agradecer e termos grande gratidão em pertencer a essa Divina religião, além de ter convivido com a grande M. Pequenina. O M. Monteiro, descreve com grande sentimento e sensibilidade, palavras sábias e verdadeiras dessa grande matriarca da nossa religião! Sejamos felizes…

    Responder
  4. lenilson
    lenilson says:

    Ao longo da semana, pensei que com certeza a presença de M Pequenina estaria presente nesta 2º escala do mês de outubro; este dia marca então a primeira escala que tivemos mais um oportunidade de reviver e ascender em nosso coração, as palavras de amor desta mulher de fibra e coragem que trouxe um tanto de ensinos e palavras de conforto pra muitos corações que puderam ter olhos pra bem ver.
    Imagino que em todos os Núcleos, os irmãos devam ter também sentido um momento especial de reflexão, saudade… A missão foi comprida com êxito, a semente que o Mestre plantou foi bem zelada e floresceu!. Viva a União do Vegetal. Tive oportunidade de presenciar 01 sessão no N. M. Admir com nossa matriarca… e de forma sincera, faço votos que a União, nós, qualquer irmão (p q todos tem sua missão na união) e os dirigentes principalmente (espelhos), estejam sempre alinhados na linha do Mestre, que nossa instituição seja sempre um porto seguro pra quem chega, transmitindo Luz, paz e amor em sua essência.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *