Os 28 anos de história do Núcleo Alto das Cordilheiras

| 27 Março, 2020

Melissa Curi*

Irmandade do n. Alto das Cordilheiras. | Foto: DMC do Núcleo

Neste dia 27 de março de 2020, o Núcleo Alto das Cordilheiras, segundo Núcleo de Campinas (São Paulo), comemora seus 28 anos. Fazendo um paralelo dos anos que estamos comemorando com a história do Mestre Gabriel, com 28 anos de idade, que corresponde ao ano de 1950, já casado com a Mestre Pequenina, estava recebendo seu segundo filho, Jair Gabriel da Costa.

A partir desse ano, ele inicia sua trajetória de idas e vindas de Porto Velho aos seringais da Amazônia. Direcionado por sua missão e, ao mesmo tempo, pela responsabilidade de subsistência de sua família, o Mestre manteve silenciosamente e sem descanso seu propósito de encontrar o tesouro que lhe estava reservado.

Diante da sua trajetória, podemos dizer que os 28 anos trazem consigo uma simbologia de força e de capacidade de resiliência para trabalhar os nossos objetivos mais nobres. Com paciência e sem perder o foco, o aniversário de hoje nos fortalece para que possamos continuar nossa trajetória de reconhecer o tesouro que é o Mestre em nossas vidas.

O início

A história do Núcleo Alto das Cordilheiras começa no início da década de 1990, quando no Núcleo Lupunamanta, primeiro de Campinas, surge a necessidade de um desmembramento. O Mestre Fernando Boin se colocou à disposição para iniciar esse movimento e o grupo foi se formando de maneira espontânea.  Até maio de 1993, as Sessões aconteciam na sede antiga do Núcleo Lupunamanta.

No dia 27 de março de 1992, com 41 sócios fundadores, foi inaugurada a Distribuição Autorizada de Vegetal (DAV) de Campinas, com Sessão dirigida pelo Mestre Clovis Cavalieri, que na época era o Mestre Central da Região. Em maio desse mesmo ano, ocorreu a compra do terreno e, na sequência, a ocupação da área com mutirões de reflorestamento, plantio de Mariri e Chacrona, e construção da primeira fase do projeto do Templo.

No dia 4 de dezembro de 1993, fomos elevados a Pré-Núcleo Alto das Cordilheiras, tendo como Representante o Mestre Fernando Boin, e Presidente o Mestre Sérgio Ganelie. Com carinho, lembramos também da nossa primeira Organ, a Conselheira Isabel Bonduki, que, hoje, com 98 anos, é a sócia com mais idade na União do Vegetal.

Entre os fatos marcantes, vale ressaltar também a chegada da irmandade da Sociedade Espírita Beneficente Mestre Gabriel. Em setembro de 2004, esse grupo passou a fazer parte da União do Vegetal e, durante 11 meses, seguiu no Alto das Cordilheiras. Com o desmembramento, essas pessoas formaram o atual Núcleo Grande Ventura.

Mural | Foto: DMC do núcleo

Trajetória

Compartilhando a mesma história dos outros núcleos da União do Vegetal, a trajetória do Núcleo Alto das Cordilheiras é permeada de momentos de superação, ajustes, recomeços, laços de amizade, confirmação da presença do Mestre, fraternidade humana e tantos outros elementos que nos tornam mais fortes e irmanados.

Ao mesmo tempo, a forma como cada Núcleo constrói seu caminhar e supera seus desafios cria uma identidade própria, fazendo com que a gente perceba que a diversidade é uma riqueza dentro desse caminho único de seguir o Mestre no símbolo da Luz, da Paz e do Amor. O Alto das Cordilheiras, então, na sua trajetória comum, e ao mesmo tempo tão singular, vem reunindo pessoas com diferentes qualificações pessoais e profissionais, que ao longo desses anos vêm contribuindo com o desenvolvimento da União do Vegetal para além das fronteiras do Núcleo.

Entre as pessoas que fizeram história no Alto das Cordilheiras e na 3a Região, vale lembrar da Conselheira Lucia Bastos Pupo Nogueira, que se tornou uma referência para muitos que chegaram e que foram recebidos por ela e pelo Mestre Spencer, pioneiros nos trabalhos da União em Campinas. Após o seu desencarnamento, a sala do Departamento de Memória e Comunicação do Núcleo Alto das Cordilheiras recebeu seu nome.

Com um crescimento lento durante alguns anos e ritmado em outros (hoje com o Mestre Fernando Boin na Representação e o Mestre Klaus Jürgen Wiemer na Presidência), somos 113 sócios: 7 no Quadro de Mestres (incluindo o Mestre Luiz Fernando Milanez, Mestre Assistente Central da 1ª Região da Europa e Oceania, que atualmente está lotado na Sede Geral); 31 no Corpo do Conselho; 40 no Corpo Instrutivo e 35 no Quadro de Sócios.

*Melissa Curi é integrante do Corpo do Conselho e Monitora do DMC do Núcleo Alto das Cordilheiras.

9 respostas
  1. Alieche Paoli
    Alieche Paoli says:

    Mel, gratidão por compartilhar todo esse conhecimento e trajetória do nosso querido Mestre Gabriel!
    Aqui em casa até nos emocionamos quando vimos que fazemos parte dos 35 do quadro de sócios!
    Meu único sentimento pelo Núcleo Alto das Cordilheiras é a gratidão, pois fui muito bem recebida e acolhida, como sei e sinto o quanto recebo de Luz, Paz e Amor da irmandade toda! E sei também que faço parte deste movimento com o objetivo da Paz no mundo!
    SALVE 27 DE MARÇO!!

    • Alieche Paoli
      Alieche Paoli says:

      C. Melissa, gratidão por compartilhar todo esse conhecimento e trajetória do nosso querido Mestre Gabriel!
      Aqui em casa até nos emocionamos quando vimos que fazemos parte dos 35 do quadro de sócios!
      Meu único sentimento pelo Núcleo Alto das Cordilheiras é a gratidão, pois fui muito bem recebida e acolhida, como sei e sinto o quanto recebo de Luz, Paz e Amor da irmandade toda! E sei também que faço parte deste movimento com o objetivo da Paz no mundo!
      SALVE 27 DE MARÇO!!

  2. Camila
    Camila says:

    A História de uma irmandade que vem crescendo e plantando Amor e Alegria, Saúde e Guarnição amigos e irmãos, que o festejo desse dia esteja sempre no coração de cada um fortalecendo a União entre todos. Viva 27/03!!!

  3. Sandra Miranda Pereira
    Sandra Miranda Pereira says:

    Núcleo onde tenho muitos amigos queridos, que iniciaram a caminhada no N.Lupunamanta. Os laços de amizades verdadeiras são eternos!
    Desejo que a Luz do Mestre Gabriel esteja sempre presente na consciência dos Dirigentes deste e todos os Núcleos da União! Luz,Paz, Amor e Prosperidade à toda irmandade do Núcleo Alto das Cordilheiras, em especial aos Mestres Conselheiros e Discípulos que deram início aos trabalhos materiais e Espirituais! Recebam meu abraço e carinho!
    C.Sandra Miranda Pereira
    Núcleo Lupunamanta
    Campinas/SP

  4. Camila
    Camila says:

    A História de uma irmandade que vem crescendo e plantando Amor e Alegria.
    Saúde e Guarnição amigos e irmãos, que o festejo desse dia esteja sempre no coração de cada um fortalecendo a União entre todos. Viva 27/03!!!

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta