A UDV age em defesa da Comunhão do Vegetal por crianças e adolescentes

22 Março, 2021

Almir Nahas*
Náiber Pontes de Almeida**

Desde as primeiras Sessões, ainda no seringal, Mestre Gabriel já realizava o trabalho de orientar espiritualmente crianças e adolescentes. Atualmente, aproximadamente 8.600 crianças, adolescentes e jovens participam deste trabalho, tendo sua iniciação religiosa na União do Vegetal.

A Orientação Espiritual com Crianças e Jovens na UDV trabalha para motivar os menores a criarem vínculos com a religiosidade e apoiar os pais e responsáveis no desenvolvimento das virtudes, auxiliando nossos pequeninos a se desenvolverem e crescerem como pessoas de bem.

O Chá Hoasca, nossa Comunhão Sagrada, é ministrado com os devidos cuidado e responsabilidade. Na União do Vegetal as crianças podem comungar o Chá Hoasca apenas em datas especiais, não sendo de uso cotidiano, mas restrito às Sessões religiosas e em quantidade proporcional ao seu estágio de desenvolvimento.

A legislação brasileira assegura aos pais, no exercício do poder familiar, o direito de dirigir aos filhos a educação religiosa que lhes convenha, sendo garantido às próprias crianças e adolescentes o direito de terem uma crença e de participar dos cultos religiosos.

Em alguns momentos da nossa história, a União do Vegetal precisou se posicionar diante das autoridades constituídas, em defesa do nosso sagrado direito à Comunhão do Vegetal, inclusive em relação ao uso da Hoasca por menores.

Ainda no ano de 2019, começou a tramitar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo um projeto de lei, de iniciativa da deputada Damaris Moura (PSDB-SP), que trazia importantes disposições em defesa da liberdade religiosa e de crianças e adolescentes, mas previa a proibição do uso de substâncias psicoativas em rituais religiosos por menores de 18 anos, colocando em risco o livre exercício da liberdade religiosa de nossos associados e familiares.

Sob a coordenação da Representação Geral da UDV, em conjunto com a Diretoria Geral do Centro, foi realizado um trabalho, ainda no ano de 2020, de esclarecimento às autoridades paulistas.

O trabalho da União do Vegetal com jovens e crianças foi apresentado aos parlamentares, com ênfase nos valores da família e no combate aos vícios. Fizemos um histórico do processo de regulamentação do uso ritualístico da Hoasca no Brasil e apresentamos os resultados das pesquisas dos Projetos Hoasca e Hoasca na Adolescência[1], enfatizando o rigoroso caráter científico das pesquisas, conduzidas por renomados pesquisadores e universidades, que atestaram cientificamente que o Chá Hoasca não causa qualquer efeito danoso.

Dep. Damaris Moura com membros da UDV | Foto: Markus Henrique Tavares.

Dep. Janaína Pascoal com membros da UDV | Foto: Assessoria Parlamentar.

Foram realizadas duas reuniões, com as parlamentares Damaris Moura e Janaina Paschoal (PSL-SP), respectivamente, e que tiveram a participação, em nome da UDV, das seguintes pessoas: Mestre Almir Nahas e Conselheiro Náiber Pontes, da Sede Geral; Conselheiro Carlos Motta, do Núcleo Grande Ventura; Conselheira Ilka Boin, do Núcleo Alto das Cordilheiras; e André Fagundes, do Núcleo Samaúma.

Assim, em Sessão Extraordinária realizada em 25 de novembro de 2020, foi aprovada emenda que retirou do texto original do projeto de lei o dispositivo que proibia o uso do Vegetal por menores, tendo sido publicada em 19 de março de 2021 a Lei nº 17.346 – Lei Estadual de Liberdade Religiosa no Estado de São Paulo –, a primeira a ser aprovada no Brasil com esta temática e que possivelmente servirá de modelo a outras legislações sobre o tema.

A aprovação da emenda representa uma importante vitória da União do Vegetal em defesa do legítimo direito de seus filiados e dependentes, mantendo as garantias do uso religioso do Chá Hoasca por crianças e adolescentes.

[1] Ver, também, DOERING-SILVEIRA, E.; GROB, CS.; DOBKIN DE RIOS, M. et al. Report on Psychoactive Drug Use Among Adolescents Using Ayahuasca Within a Religious Context. J Psychoactive Drugs. 2005; 37 (2): 141-144. DOERING-SILVEIRA, Evelyn. Avaliação neuropsicológica de adolescentes que consomem chá de Ayahuasca em contexto ritual religioso. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria e Psicologia Médica) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2003.

*Almir Nahas é integrante do Quadro de Mestres da UDV e do Conselho de Administração Geral (Conage), e Responsável pela Orientação Espiritual com Crianças, Adolescentes e Jovens na União do Vegetal.

**Náiber Pontes de Almeida é integrante do Corpo do Conselho da Sede Geral (Brasília-DF). 

27 respostas
    • Itana Ferreira de Pinho Miguez
      Itana Ferreira de Pinho Miguez says:

      Muito feliz com esta decisão. Tenho meus filhos que nasceram na União e todos frequentam e agora minhas netas crescendo na União, onde tive o merecimento de minha filha entrou em trabalho de parto no intervalo da sessão e em 9 minutos nasceu Diana minha neta caçula. É uma alegria ter nossa família frequentando um Lugar de Luz, Paz e Amor. Viva a União do Vegetal!

  1. Marcio Alexandre Cardenuto
    Marcio Alexandre Cardenuto says:

    Importantíssimo passo.
    Base para que tenhamos sempre o direito ao uso responsável desse Chá Sagrado.
    Gratidão aos parlamentares que se dedicam à proteção da criança e à maneira como ampliam compreensão para ajustar medidas cabíveis, como a revisão feita.
    Gratidão a todos os que estão nessa linha de frente, pelejando também nessa peleja.

  2. Izaura Pereira da Cunha
    Izaura Pereira da Cunha says:

    Fico muito feliz em saber dessa importante decisão!! Eu que morei na casa do Mestre, participei das primeiras sessões de crianças ainda no Núcleo Mestre Gabriel. Gratidão a todos que se empenharam nessa luta com grande vitória

  3. Fernanda Rocha Caetano
    Fernanda Rocha Caetano says:

    Gratidão a todos que articularam junto ao governo para manter nosso direito sagrado de comungar o Vegetal com os pequeninos que são os futuros governantes da UDV.
    Lembrando que o M. Gabriel desde o início comungava o Vegetal com seus filhos.
    Um marco histórico para UDV e toda comunidade que Hoasqueira.

  4. JOÃO BOSCO QUEIROZ
    JOÃO BOSCO QUEIROZ says:

    Olá, boa tarde! Mais uma conquista do centro, comprovando através de pesquisas científicas, os benefícios proporcionados pela Hoasca, não apenas em crianças e adolescentes, mas também em todos que fazem uso responsável do chá. Um trabalho digno de parabéns realizado pelo Departamento Jurídico do Centro, onde conseguiu mais uma vez assegurar o direito sagrado aos pais direcionar a educação religiosa dos filhos.

  5. Juliana Batistela
    Juliana Batistela says:

    Que notícia feliz, M Almir. Isso abrirá algumas portas para o reconhecimento em
    outros Estados e assim consolidarmos cada vez mais o nosso direito ao uso religioso do Vegetal! Gratidão a todos pelo trabalho!

  6. Ivone Bizerra Reis Santos
    Ivone Bizerra Reis Santos says:

    Viva a União do Vegetal!!
    Viva a nossos caianinhos!!!
    Ao cativar as autoridades poderemos exercer nossa cidadania dentro da luz, da paz e do amor!!!
    Que possamos plantar na memória das nossas crianças as virtudes morais e intelectuais para que se tornem cidadãos conscientes e pessoas de paz!!!

  7. Marcos Pontes Filho
    Marcos Pontes Filho says:

    Passo importante, cheguei na união com 11 anos e hoje, com 38 anos, vejo o quão importante é uma religião quando criança e adolescentes livrando de coisas que não são boas para um crescimento salutar.

  8. Anderson Alves
    Anderson Alves says:

    Muito importante este trabalho perante as autoridades de garantir legalmente o direito de nossas futuras gerações a terem acesso desde a infância ao nosso sacramento. Parabéns a todos os envolvidos nessa exitosa iniciativa! LPA

  9. Ana Lúcia Andrade
    Ana Lúcia Andrade says:

    Mais um passo no sentido da conscientização da sociedade do uso responsável e ritualístico do Vegetal. Fico igualmente feliz de ver nossos legisladores com acompanhamento zeloso no que diz respeito a conduta dos jovens e adolescentes.

  10. Verônica Galvao
    Verônica Galvao says:

    Parabéns aos envolvidos nessa conquista e gratidão! O uso responsável do nosso chá sagrado é um direito de todos nós Caianinhos. E é de suma importância podermos comunga-ló com nossos pequenos. Eles são o futuro dessa Sagrada União! E da construção da paz no mundo!

  11. Rejane Hoisel Arléo
    Rejane Hoisel Arléo says:

    Que importante vitória!!
    Tenho 3 filhos que nasceram na UDV, onde comunguei o vegetal durante todas as gestações.
    Cresceram no âmbito da União, comungando o vegetal nas sessões em que era permitido.
    Hoje, os 3 são sócios e têm uma vida dentro de um equilíbrio, trabalhando, constituindo família, e se dedicando a essa Obra Sagrada.
    É uma tranquilidade termos nossos filhos frequentado a União do Vegetal, um lugar seguro onde recebemos orientação para um viver melhor.
    Gratidão a todos os que se dedicaram para conseguirmos essa vitória!

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Verônica Galvao Cancelar resposta