Conselheira Zildinha, uma mãe sertaneja

| 7 Novembro, 2019

Ilka de Fátima Santana Ferreira Boin*

Conselheira Zildinha (centro) ao lado da família | DMC/Sede Geral.

Em 25 de dezembro de 1981, eu conheci a inestimável pessoa de Zilda Felicia da Costa Monteiro de Souza, a “Conselheira Zilda”, como era chamada na época. Esposa do Mestre Monteiro, que, após muita conversação, com seu jeito de ser simples e cativante, me fez ver que eu precisava conhecer o lugar que meu marido (hoje Mestre Fernando Boin, do Núcleo Alto das Cordilheiras – Campinas-SP) frequentava aos sábados à noite.

Com seu jeito peculiar, calmo e tranquilo, resolveu todos os empecilhos que eu coloquei para não ir, mas, com aquele jeito maternal, amoroso e eloquente em suas explanações, me fez ver que “era chegada a hora de eu vir conhecer Caiano”. Aí, me despertou algo ainda não conhecido. Desse dia em diante, ficou sendo para minha família a Conselheira Tia Zildinha!

Foi pessoa sempre presente nas diversas circunstâncias que tive que atravessar na vida, como a perda súbita de minha mãe, ainda tão jovem. Ela sempre soube, mesmo morando longe de nós, manter esta amizade com carinho e afinco.

Sua admiração, amor e reconhecimento pelo Mestre Gabriel sempre foi a tônica da vida desta mulher que tanto se dedica a esta obra sagrada, como esposa, mãe e como madrinha de muitos e “tia amorosa” de outros tantos. Graças a essa dedicação, o Mestre Monteiro pôde assumir vários lugares de liderança dentro da UDV e viajar para atender seus discípulos e a necessidade desta obra santa.

A cada encontro, aprendemos algo com ela, como mulher, como conselheira, como filha, como esposa e até, também, como profissional de saúde, já que, muitas vezes, inesperadamente, ela me liga para me alertar sobre algo ou alguém necessitado de uma orientação profissional.

Em muitos momentos, ela me recorda, me inspira e me anima a fazer o bem sem olhar a quem, sempre aconselhando de forma segura e eficaz quando necessário. Sabe se fazer presente junto a seus afilhados, especialmente nas horas mais vulneráveis da vida. Conselheira Zildinha sabe fazer de sua presença uma chama viva de auxílio fraterno, mesmo quando ausente e distante fisicamente, por residir no norte ou na capital do país.

Sempre considerei sua família uma extensão da minha. Seus filhos conviveram com os meus durante muitos anos e por diversas fases da vida de cada um deles. Todos aprendemos com todos e em todos os momentos.

Neste 7 de novembro, comemoramos seus 72 anos de vida e aqui quero deixar meus mais sinceros votos de felicidade em sua caminhada espiritual. Peço ao Divino Mestre que lhe abençoe sempre, com luz, paz, amor, saúde e tranquilidade, para que ela possa continuar a receber de nosso querido Mestre Gabriel o conforto, a orientação e equilíbrio para continuar sua jornada neste novo ciclo de vida sob o sol e nos presentear com seu jeitinho de ser que eu respeito e admiro, com muito amor.

*Ilka de Fátima Santana Ferreira Boin é integrante do Corpo do Conselho do Núcleo Alto das Cordilheiras (Campinas-SP).

18 respostas
  1. Vivette A R Cabral
    Vivette A R Cabral says:

    Felicidades, Conselheira Zildinha.
    Eu e minha família temos um carinho pela senhora e Mestre Monteiro.
    É como bem diz este texto: a senhora é presente e atenciosa, sempre atendendo as pessoas com carinho. Tenho gratidão por seus conselhos em minha vida e na de meus filhos. Confio na sua palavra. Que a senhora tenha saude para viver bem e longamente junto de seu bem querer. Plantando flores nesta União do Vegetal e no coração das pessoas. Com carinho e respeito, parabéns!

    Responder
  2. Graça Cabral Mendes
    Graça Cabral Mendes says:

    Estimada Conselheira Zildinha, te desejamos Alegria em tua existência, junto com sua família.
    A Sra é uma pessoa sincera e especial para a nossa União!
    Salve a data de seu aniversário!
    Deus lhe abençoe sempre.

    Responder
  3. Marcus
    Marcus says:

    Querida Mãe Zildinha

    Linda mãe carinhosa,
    Regaço de tanto amor,
    Que o peito quase não suporta,
    O bem que desagua nas fontes filiais glamurosas,
    Doces como o perfume da flor,
    Cheirosas como as relvas de sua porta,
    Molhadas e amanhecidas das chuvas de verão,
    Que preenchem seu coração e
    Transbodam e profusão
    À todos filhinhos de coração.

    Beijo

    Marcus, Nágela e Vinícius Gabriel.

    Responder
  4. Marcus
    Marcus says:

    Querida Mãe Zildinha

    Linda mãe carinhosa,
    Regaço de tanto amor,
    Que o peito quase não suporta,
    O bem que desagua nas fontes filiais glamurosas,
    Doces como o perfume da flor,
    Cheirosas como as relvas de sua porta,
    Molhadas e amanhecidas das chuvas de verão,
    Que preenchem seu coração
    E transbordam em profusão
    A todos filhinhos de coração.

    Beijo

    Marcus, Nágela e Vinícius Gabriel.

    Responder
  5. Antonia Torreao Herrera
    Antonia Torreao Herrera says:

    Conselheira Zildinha, alma sincera e cordial. Nossa madrinha, do Núcleo Serenita. Ele foi criado por conselho dela. Tenho querer bem imenso por você. Vivemos momentos muito agradáveis, aqui na Bahia, na ilha. Uma convivência inesquecível. E em Brasília também. Que O Mestre esteja sempre presente em nossas vidas com Luz, Paz e Amor! Alegria e Saúde! Um abraço carinhoso ❤️

    Responder
  6. José Roberto Acre
    José Roberto Acre says:

    Parabéns, Conselheira Zildinha, pessoa especial, a quem queremos muito bem.
    Felicidades por mais um aniversário, com votos de saúde, paz e prosperidade extensivo aos familiares e amigos.
    Abraços fraternos.
    José Roberto e família.

    Responder
  7. Helena
    Helena says:

    Zildinha, querida no meu coração!
    Me ensinou e me ensina um tanto.
    Felicidades, amor, saúde e paz!
    Feliz Aniversário, amiga querida a mim e minha família

    Responder
  8. Genis Garcia Pereira Junior
    Genis Garcia Pereira Junior says:

    Feliz aniversário, Conselheira Zildinha!
    Gostei dos relatos da Conselheira Ilka e quero manifestar minha admiração pela senhora, por seu coração amoroso com os que a procuram.
    Felicidades hoje e sempre!

    Responder
  9. Juliane Silva Rodrigues
    Juliane Silva Rodrigues says:

    Felicidades, Conselheira Zildinha…sempre me tratou bem também…lembro uma vez que estava longe de casa em uma sessão e estava triste…E ela me acolheu com carinho sem eu pedir nada. Saúde à senhora e à sua família querida que se fez presente em minha infância.

    Responder
  10. Antônia Zilda Dantas de Menezes
    Antônia Zilda Dantas de Menezes says:

    Conselheira Zildinha uma pessoa que admiro e gosto muito e quero lhe desejar muitos anos de vida e felicidades com saúde e muita paz.

    Responder
  11. Edair Azavedo
    Edair Azavedo says:

    Conselheira Zildinha sempre me tratou e me teve como um filho, me aconselhou, orou por mim e sempre foi presente e continua sendo presente na minha caminhada.
    Deus abençoe a senhora e sua família, tem em mim um amigo do coração, abraços.

    Responder
  12. Ascelino Mendes Jr
    Ascelino Mendes Jr says:

    Parabéns, Conselheira Zildinha, nesta data festiva com saúde e prosperidade e pela pessoa admirável que é com sua família , amigos e sobre tudo com a União do Vegetal Deus a abençoe sempre e sempre. Ascelino e Graça

    Responder
  13. Fabrício
    Fabrício says:

    Quero aproveitar esta oportunidade e pedir ao Divino Mestre que fortifique a senhora a cada dia, fortalecendo sua saúde e bênçãos pra família. Feliz aniversário nesta data especial que é o seu nascimento. Felicidade. Atenciosamente, Marcos Fabrício (Núcleo Mestre Pojó/Extrema)

    Responder
  14. Francinete Giffoni
    Francinete Giffoni says:

    Querida Zildinha, seu nome hoje me desperta a gratidão, o reconhecimento. São mais de trinta anos de convivência e venho sempre aprendendo com seus conselhos e seus exemplos de fraternidade, zelo, sentimentos raros de querer o bem.
    Em alguns momentos de fragilidade em que pensei que estivesse sozinha, ela esteve presente. E bem presente, por noites e dias a fio.
    Quando meu pai esteve doente, ela me orientava nos cuidados de filha, nos detalhes, em tudo. E, muitas vezes, diante dos desafios da caminhada ela pegou minha mão (espiritualmente), me conduzindo a um lugar seguro, a uma paz tão necessária naqueles momentos.
    E o Mestre Monteiro sabe o valor dela. E expressa a cada dia no âmbito da União. Ele lembra que o Mestre Gabriel teve carinho especial com ela, desde o início. Com ela o Mestre Monteiro realizou o bem pra tantas pessoas, Núcleos, Regiões, pra União inteira!
    Viva viva essa união verdadeira!

    Responder
  15. Almir Nahas
    Almir Nahas says:

    Saúde e felicidades a esta amiga de muitos, meu reconhecimento por seu trabalho em prol da irmandade da UDV. Que o Mestre lhe cubra de bênçãos e a Virgem Maria lhe dê forças para dar seguimento à sua missão.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Genis Garcia Pereira Junior Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *