Mestre Monteiro: um Conselheiro Pacificador

| 30 Março, 2021

João Bosco de Queiroz*
José Emerson de Queiroz**

Mestre Monteiro | Foto: Bento Viana.

“O amor é o bálsamo que cicatriza todas as feridas e ergue os caídos”

A história da União guarda uma grande semelhança com a história que lemos ou ouvimos do Novo Testamento, cujo tema central é a vida e a mensagem de Jesus, com diversos personagens que se destacam e que foram peças determinantes e fundamentais na divulgação, consolidação e expansão do Cristianismo. Fazendo um paralelo da história do cristianismo primitivo com a história atual da nossa religião, também iremos encontrar pessoas que têm uma grande importância e responsabilidade pela divulgação, consolidação e expansão da União do Vegetal na Terra. Uma dessas pessoas se chama Raimundo Monteiro de Souza ou Mestre Monteiro, como é mais conhecido na nossa religião. Que pela sua história, grandeza e importância, homenageamos nesta data, em que inteira 87 anos de uma intensa vida, toda ela dedicada a família como um homem responsável e, grande parte dela, dedicada a União do Vegetal como discípulo, Mestre (apóstolo), conselheiro e pacificador.

O Homem 

Raimundo Monteiro de Souza nasceu no dia 30 de março de 1934, em Humaitá (AM), filho de Lindolfo Monteiro de Souza e Zulmira Monteiro de Souza, irmão de Luiza Monteiro e Emanuel Monteiro. Criado em um ambiente religioso, ainda criança, com apenas seis anos de idade, perdeu a mãe e foi criado pelo pai, homem trabalhador, honesto, disciplinado e de caráter, que moldou na sua personalidade virtudes que o fez ser uma pessoa séria, íntegra, cumpridora de seus deveres, obediente as leis e responsável em tudo que faz.

Desde cedo, mostrou um apurado senso de responsabilidade e isso fez com que muito jovem começasse a trabalhar para auxiliar seu pai, que era um migrante nordestino e havia se tornado um soldado da borracha. Assim, do primeiro trabalho como servente de pedreiro, através do esforço e do estudo, poucos anos depois conseguiu ingressar no serviço público como office-boy e por conta da dedicação e de muito esforço, foi obtendo promoções, chegando a ser presidente da comissão de sindicância, tendo participado de comissões de inquérito; desempenhou também alguns cargos de confiança; exerceu o cargo de assessor e chefe de gabinete de dois governadores militares; trabalhou ainda como almoxarife, na Secretaria de Educação; foi chefe da seção de estatística; inspetor escolar itinerante e professor do Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL); e em Brasília trabalhou no Ministério do Meio Ambiente.

Por ser uma pessoa bem intencionada e extremamente responsável, assim que teve condições, procurou constituir uma família para ter um apoio e mais segurança na vida, assumindo desse modo a responsabilidade de um lar. Casado com Zilda Felícia da Costa Monteiro de Souza e pai de José Monteiro, Jair Monteiro, Leila Suely, Adônis, Nágela, Raymisson, Raílson e Ariadne; é também avó de cinco netos e uma neta que alegram e embelezam sua vida.

Procurando um ambiente aonde pudesse se sentir plenamente integrado com Deus, buscou conhecer o Catolicismo, a Umbanda, o Kardecismo, o Esoterismo e a Maçonaria, onde ascendeu a alguns níveis hierárquicos, chegando ao grau 18. Mesmo passando por diversos lugares nessa busca espiritual, sentia que não havia ainda encontrado o seu lugar. E esse sentimento foi o que fez, aos 32 anos de idade, querer conhecer um local e um homem que mudaria para sempre o seu destino e marcaria profundamente o íntimo do seu ser.

O filósofo Aristóteles ensinava que “o nosso caráter é o resultado da nossa conduta” e observando a conduta de vida do Mestre Monteiro, podemos reconhecer nele um homem de moral, de boa índole, honrado, correto, digno, com uma personalidade forte e marcante. Um homem de caráter, que teve e tem uma existência dedicada ao trabalho, a família, a religião, sempre cumprindo exemplarmente seus deveres profissionais, familiares e religiosos, trabalhando incansavelmente para prover o sustento e o conforto do lar e para proporcionar paz e harmonia aos discípulos dessa Sagrada Religião.

O Discípulo

Como sempre foi um buscador das coisas espirituais, tendo andado por diversos lugares à procura de saciar a sede de conhecimento, sabia intimamente que um dia haveria de encontrar um lugar onde se sentisse plenamente realizado. E ao conhecer a União reconheceu que havia chegado aonde poderia descobrir todas as respostas que buscava para suas dúvidas existenciais e encontrar o conhecimento espiritual que tanto almejava.

“Professor Raimundo”, como era conhecido e foi apresentado ao Mestre Gabriel, chegou à UDV em 4 de setembro de 1966, trazido por um conhecido seu chamado José Silva de Figueiredo Martins (Zé do Óculos). Naquele dia, participou pela primeira vez de uma Sessão do Vegetal, e aquela Sessão marcaria para sempre o seu espírito e determinaria sua caminhada espiritual nesta existência. Sua procura por um lugar religioso havia terminado e a busca pela paz da consciência, com as respostas às inquietações do espírito, estava apenas começando. Lembra-se que o que mais lhe chamou a atenção naquele dia foi a firmeza do olhar do Mestre Gabriel e que aquele encontro foi o acontecimento central de sua existência. Compreendeu, a partir da convivência com ele, que estava na presença de um sábio, de um Mestre, de um guia espiritual e que tudo que havia passado foi apenas uma preparação para aquele grande momento da sua vida. Sem muitos questionamentos ou dúvidas, quanto as palavras daquele a quem escolheu para acompanhar na missão, procurou obedecer às suas orientações, aprender sua doutrina e praticar seus ensinamentos.

Para um dia realizar a tarefa de conduzir o povo no caminho da salvação e cumprir com a responsabilidade quando fosse para isso chamado, procurou prestar o máximo de atenção a oratória do Mestre Gabriel e a seguir seu exemplo de vida, conseguindo, dessa maneira, se preparar para a missão que lhe foi confiada. Antes de partir deste plano, o Mestre Gabriel fez um teste, que demonstrou claramente o sentido de responsabilidade e a obediência que o Mestre Monteiro tinha por ele: pediu a ele, no dia 22 de julho de 1971, para dirigir a Sessão e contar a história da Hoasca, mesmo sabendo que estava com um filho doente e hospitalizado e se encontrava muito preocupado com aquela situação; Mestre Monteiro procurou obedecer e não fugir de sua responsabilidade e cumpriu com aquilo que o Mestre havia lhe pedido: contou a história e dirigiu a Sessão. Vencido o teste, mostrou que era digno de confiança para ser o seu representante quando não estivesse mais presente em matéria.

Como a responsabilidade sempre foi e é uma característica marcante do seu caráter, durante sua caminhada recebeu, em 11 de junho de 1969, o título de Mestre pela responsabilidade, e este grau que adquiriu fez nascer em seu coração um sentimento de amor por todos que precisam de Luz e gravou na sua consciência o compromisso e a responsabilidade pela União do Vegetal.

O Mestre apóstolo

Se entendermos como Discípulo toda pessoa que aprende de alguém ou que segue os ensinamentos de um Mestre, podemos definir que apóstolo é todo aquele que é mandado em uma missão, que prega a mensagem, que é um missionário. Nesse sentido, o Mestre Monteiro, além de discípulo do Mestre, é também um dos seus Mestres apóstolos, pois após o desencarne do Mestre Gabriel, nunca deixou de transmitir seus ensinamentos, andando por todos os lugares aonde foi chamado para pregar e propagar a palavra do grande Mestre e transmitir sua mensagem de paz.

Como um apóstolo missionário, que é preciso pregar fora de seu local de origem, assim fez quando se mudou de Porto Velho para Brasília, de lá para residir no Rio de Janeiro, também quando foi morar no Acre, no Piauí e em outros lugares;  ao viajar por todo o país e pelo exterior, sempre na missão de levar ao povo palavras de esperança e conforto, dando o melhor de si, na certeza de estar retribuindo a confiança depositada pelo grande Mestre e pelas pessoas, na realização de seu trabalho espiritual.

Assim como o apóstolo de Jesus, Paulo de Tarso, que através de visitas e cartas orientou e consolidou nas igrejas nascentes o cristianismo original, Mestre Monteiro também visitou os lugares mais distantes para levar uma palavra de conforto, fé e esperança aos Núcleos que estavam nascendo; seguindo ainda o exemplo do apóstolo do Cristo, também escreveu diversas cartas aos Núcleos aconselhando, ensinando e orientando as pessoas como deveriam seguir nesse caminho de Luz, Paz e Amor.

Da mesma maneira que os apóstolos de Cristo passaram por diversas aflições e sofreram incompreensões no cumprimento da missão, assim também aconteceu com o Mestre Monteiro, que cruzou alguns momentos difíceis e delicados durante sua caminhada, pela incompreensão daqueles que ainda não conhecem, verdadeiramente, o valor e o trabalho da União do Vegetal. Semelhante aos apóstolos de Jesus que venceram todos os obstáculos e realizaram o trabalho, do mesmo jeito o Mestre Monteiro superou as adversidades, vencendo as dificuldades e hoje permanece com a consciência tranquila e serena por estar cumprindo sua missão.

Para ilustrar, podemos citar um destes momentos difíceis: no início da década de 70, a União foi fechada por ordem do chefe de polícia, e o Mestre Monteiro, como presidente do Centro e confiando no Grande Mestre, moveu uma ação contra o governo, colocando em risco seu cargo de funcionário público federal, uma vez que pelo estatuto do servidor público, era proibido ao funcionário se manifestar judicialmente contra o Estado. Não foi apenas uma vitória pessoal de um funcionário público, mas a conquista de um direito sagrado de frequentar uma religião, conseguida por um dos apóstolos do Mestre, que mostrou, com essa atitude, que é possível corrigir uma injustiça quando se tem compromisso com a verdade. Esse exemplo, demonstra uma participação ativa desde o início da União na luta pela legalização do uso ritualístico do Chá e serviu de inspiração, esperança e certeza de vitória, quando, posteriormente a União teve que provar na Suprema Corte americana que é uma religião séria, cristã e que pode transformar o indivíduo em um ser humano melhor.

O Conselheiro Pacificador

Existe um ditado antigo que diz que “o melhor conselheiro do homem é a sua consciência” e isso pode ser comprovado quando encontramos pessoas que têm consciência daquilo que fazem na vida e que por esta razão também são capazes de aconselhar o seu semelhante. O Mestre Monteiro é uma dessas pessoas. Sabendo como se conduzir, pensando no próximo e procurando uma maneira de orientar as pessoas para que evitem sofrimentos e possam viver em paz, o Mestre Monteiro um dia mandou uma carta ao Mestre Cruzeiro (Florêncio), que estava de mudança de Porto Velho para Manaus, com orientações e conselhos de como ele deveria se comportar e dirigir a União do Vegetal em um local distante, sem a presença do Mestre Gabriel. Pelo conteúdo da carta, lida em uma Sessão, a mando do Mestre Gabriel, que perguntou: “quem pode dizer que não é um Conselheiro Oriental?”, o Mestre Monteiro foi escalado para dirigir a Sessão seguinte e foi convocado ao Corpo do Conselho Oriental.

Essa força do Conselho, aliada a serenidade em sua vida, fez com que conseguisse pacificar e resolver diversas situações enfrentadas pelo Centro ao longo de todo esse tempo. São diversos acontecimentos que se apresentaram, em que a força da pacificação se fez presente através de sua presença e de seus conselhos. Podemos dizer que após o desencarne do Mestre Gabriel, a União ficou sem um superior, sem um substituto ou alguém que pudesse representar o Mestre. Naquela ocasião, o Mestre Monteiro foi escolhido para liderar o grupo, serenar os ânimos e conduzir o rebanho; noutra oportunidade, quando houve a mudança da Sede Geral de Porto Velho para Brasília, no ano de 1982, devido alguns atritos de compreensões, novamente o Mestre Monteiro foi eleito para pacificar as coisas e iniciar essa nova fase da União do Vegetal, com a Sede Geral agora distante de Porto Velho. Na década seguinte, depois de uma situação que gerou uma intranquilidade nos filiados do Centro, o Mestre Monteiro volta a ocupar o cargo de Mestre Geral Representante para tranquilizar a irmandade e conduzir a União dentro de um clima de paz e harmonia. Eis uma das razões pela qual o Mestre Braga sempre dizia: “o Mestre Monteiro é uma das pessoas responsáveis pelo vegetal na terra”.

Isso pode ser comprovando quando verificamos que o Mestre Monteiro já foi tesoureiro, Vice-Presidente, Presidente, Mestre Representante, Mestre Central e por cinco vezes ocupou o cargo de Mestre Geral Representante, que é a autoridade máxima do Centro. Além disso, é fundador e presidente honorário da Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico, autor de diversos boletins, inclusive alguns que são lidos em todas as Sessões de Escala; idealizador da logomarca da UDV (o Sol, a Lua e a Estrela), usada em todos os documentos oficiais do Centro; autor de uma chamada; e responsável pela criação de alguns órgãos que ainda hoje fazem parte da estrutura organizacional e espiritual da União do Vegetal. Por tudo isso, e muito mais que não está escrito aqui, o Mestre Gabriel profetizou à Mestre Pequenina: “vamos cuidar bem desse professor que ele vem ser um homem importante para a União do Vegetal”.

Por todos os lugares que andou, ao chegar a todos os cargos que ocupou e todas as vezes que foi chamado para cumprir um trabalho, seja ocupando um cargo de liderança ou de responsabilidade, o Mestre Monteiro sempre se portou como um conselheiro, um orientador, um pacificador; sempre teve sua vida pautada por uma conduta correta, serena e pacífica. Ao dirigir uma Sessão, participar de uma entrevista, conversar com os irmãos, sua presença transmite calma, serenidade e uma paz, frutos de um coração tranquilo e da consciência do dever cumprido.

Conhecendo melhor o Mestre Monteiro, fica fácil compreender o que Jesus ensinou no sermão da montanha, quando disse: “bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus”. Feliz de quem tem um lugar onde possa ouvir conselhos orientais de pessoas pacíficas. Bendito o lugar que tem bons conselheiros pacificadores. A União é esse lugar bendito e possuímos a felicidade de termos o Mestre Monteiro entre nós, um bom filho de Deus sempre ensinando, orientando, aconselhando e pacificando a nossa alma e fortalecendo o nosso espirito.

*João Bosco de Queiroz é Mestre Assistente Central da 10ª Região do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.
**José Emerson de Queiroz é Mestre Assistente Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

75 respostas
  1. Rafael Casimiro
    Rafael Casimiro says:

    Salve Mestre Monteiro, Homem Livre e de Bons Costumes. Certa vez, em uma sessão no Núcleo Campina Grande, vi o Mestre Monteiro responder uma pergunta de uma garotinha, que devia ter por volta de uns 10 anos, com tanto carinho, atenção, e respeito por ela, que foi pra mim muito marcante. Na época eu trabalhava atendendo o público, e às vezes era um pouco ríspido nas minhas respostas. Foi uma sublime lição de amor ao próximo, mostrando que devemos fazer o bem sem olhar a quem.

    Responder
  2. Salomão Taumaturgo Marques
    Salomão Taumaturgo Marques says:

    Mensagem especial. Belo texto.
    M. Monteiro merece todas as honras pela sua história e dedicação à UDV.
    87 anos bem vividos.
    Fortuna e alegrias junto de sua família.

    Responder
  3. JOÃO BOSCO QUEIROZ
    JOÃO BOSCO QUEIROZ says:

    Parabéns ao Mestre Monteiro neste dia e desejo de felicidades. Que o grande Mestre possa prologar seus dias na terra, para continuarmos ouvindo seus conselhos e orientações, sempre dentro do nosso sagrado símbolo de Luz, Paz e Amor.

    Responder
  4. Aline Carolina de Freitas
    Aline Carolina de Freitas says:

    Que bela homenagem. Essa ligação da caminhada do M. Monteiro com o Mestre e dos apóstolos de Jesus enriqueceu nossa compreensão da caminhada deste nobre Senhor. Que o Mestre continue proporcionando saúde ao M. Monteiro para que ele possa continuar nos aconselhando. Muito grata M. João Bosco e M. Emerson por esse valioso estudo e texto.

    Responder
  5. Railuz Lima
    Railuz Lima says:

    É uma alegria poder ter acesso à história e biografia dessas pessoas que contribuíram tanto com essa obra. Grato à essas pessoas que pesquisam, estudam e montam esses ricos e valorosos Textos.

    Responder
  6. Eduardo Gonçalves
    Eduardo Gonçalves says:

    Lindo Texto, merecida homenagem à esse nobre Mestre e Conselheiro. Saúde e prosperada ao Mestre Monteiro, professor dessa sagrada obra.

    Responder
  7. Alexandre da Costa Gois
    Alexandre da Costa Gois says:

    Hoje, nosso professor e amigo Mestre Monteiro, inteira 87 anos. Com um justo reconhecimento pelo trabalho prestado a união do vegetal, instituição sagrada, que abraçou com o coração de um discípulo fiel a Obra do Mestre Gabriel. Merece todo nosso reconhecimento e eterna gratidão, felicidades amigo, que o Sr. Tenha muitos anos de vida, nessa responsabilidade da união e conselheiro oriental. Saúde e Luz Paz e Amor. Alexandre Góis

    Responder
  8. Júnior Delvy
    Júnior Delvy says:

    Homenagem muito bem escrita em reconhecimento ao nosso querido M Monteiro, esse professor que vem trazendo a mensagem do M Gabriel ao longo desses anos com honra, dignidade e amor no coração ⭐️

    Responder
  9. Cristiano Gobbi
    Cristiano Gobbi says:

    Sinto gratidão por ainda termos conosco a presença em espírito e matéria deste homem, que mesmo em idade avançada, dedica seus dias a zelar pela Obra. E contribuiu para que ela germinasse e crescesse desde os primeiros momentos. Parabéns Mestre Monteiro, uma inspiração para todos que chegamos depois!

    Responder
  10. Tiago Celio de Sousa Leite
    Tiago Celio de Sousa Leite says:

    Com certeza um Homem Honrado com a missão da Família e pela responsabilidade da União do Vegetal, mediante ha muitos acontecimentos importantes aqui relatados. Feliz aniversário Mestre Monteiro.

    Responder
  11. JOAQUIM JOSE DE QUEIROZ
    JOAQUIM JOSE DE QUEIROZ says:

    Sem duvida um pequeno grande homem que se agiganta quando abre seu oratório dentro da luz. Tive e tenho a honra de perceber a grandeza de alguns dos nossos mestres, pessoas dedicadas verdadeiramente a obra do mestre Gabriel e que merecem todo o nosso respeito e carinho. Acredito que em algum momento de nossas vidas, a palavra desses primeiros mestres serviram de guia e porto seguro, são momentos que devemos guarda na memoria para que possamos utilizar quando nos faltar fé e esperança e nesses dias atuais de reflexões e meditações os exemplos e a conduta moral são fontes de luz e saber. Grato ao mestre Monteiro e família por partilhar suas experiencias e vivencias com todos nós, sem distinção social, moral ou filosóficas. Que venham outros aniversários e que possamos comemorar com abraços e alegria, festejando os ensinos e a palavra do nosso mestre Gabriel para sempre e sempre, amém Jesus.

    Responder
  12. Gabriele Queiroz
    Gabriele Queiroz says:

    Mestre Monteiro, uma pessoa inigualável e um verdadeiro discípulo do Mestre. É realmente uma honra poder conhecer e conviver com pessoas como ele, que dedicaram, e ainda dedicam, suas vidas em prol do progresso e desenvolvimento de tantas pessoas; e todo esse auxílio dado com muito amor, compreensão e amizade. Que essa admirável história de vida sirva de exemplo para todos nós que desejamos deixar nossa parcela de contribuição nessa Obra Sagrada.

    Responder
  13. Paulo Evangelista
    Paulo Evangelista says:

    Para o aniversariante do dia, o valoroso M. Monteiro, o nosso abraço fraterno e os nossos votos de Saúde, Paz, Vida Longa e Plena de Felicidades junto aos seus. Feliz Aniversário !

    Responder
  14. Miguel Romero
    Miguel Romero says:

    Grato por este artigo que tão bem espelha ao nosso querido Conselheiro Oriental. Mestre Monteiro me deu meu primeiro copo de Vegetal em um salão grande, alugado na ocasião, num prédio no centro de Madrid, no ano de 1995 e a sua presença e oratória firme, alegre e sossegada, na sessão que ele dirigiu, me fiz pensar: “dentro desta sociedade, aqui, sim quero estar, e um dia quero chegar a ser como este senhor”. Nos anos sucessivos tenho recebido a través dele, em sessões e pessoalmente muitos bons conselhos orientais, úteis na minha caminhada nesta obra do Mestre Gabriel, da que Mestre Monteiro vem respondendo cada dia. Homem ao que considero um grande amigo e um esteio na UDV, um exemplo de impecabilidade caianinha. Gratidão pela sua presença constante desde meu primeiro dia de caminhada espiritual na UDV, até hoje, e que vem repercutindo positivamente em minha vida e na de minha família, assim como na de muitos amigos. Meus votos de Saúde, Alegria, Paz e Amor em sua vida, junto com a família e irmandade.

    Responder
  15. Ranulfo
    Ranulfo says:

    Que linda homenagem a esse senhor de bem, tão importante na nossa União. Muito bom termos esse espaço no blog, onde podemos conhecer mais dos nossos primeiros irmãos. Esses relatos com acontecimentos históricos, com exemplos, serve pra valorizar ainda mais essas pessoas que tanto contribuiram para hoje termos a União bem estabelecida, materialmente e espiritualmente.

    Responder
  16. Márcio Luiz Da Ros
    Márcio Luiz Da Ros says:

    Bom dia e bons flúidos! Para mim, o Mestre Monteiro é o Apóstolo da Paz! Um discípulo do Mestre Gabriel, que vem mostrando o lugar de um amigo de todos, mesmo enfrentando as incompreensões, que são naturais nesta caminhada espiritual. É o Professor Raimundo, gente do bem, da Luz, da Paz e.do Amor! Feliz aniversário, mano e amigo mestre Monteiro. Abraços fraternos. A vida é bela! Seja feliz!

    Responder
  17. Marcio Armando
    Marcio Armando says:

    Pude comprovar essas palavras a respeito do M. Monteiro em 28 anos que acompanho, como discípulo, sua caminhada na União do Vegetal. Tive a satisfação de conviver com ele na Sede Geral e em outros núcleos de Brasília, bem como no Congresso da Hoasca no Rio de Janeiro em 1995, do qual participei ativamente da organização científica. Tivemos momentos muito bonitos e emocionantes com ele no comando geral, quase todos os mestres da origem ainda entre nós, um show da Marinês ao vivo. Para lembrar um de inúmeros momentos de contentamento e esperança que vivi na sua presença e que fortalecem para mim a confiança e credibilidade na União do Vegetal.

    Responder
  18. Nat Fernandes
    Nat Fernandes says:

    Mestre Monteiro, feliz nova idade! Que o Senhor possa permanecer compartilhando muitos conselhos à nós que estamos seguindo este caminho do Bem, somos gratos pelo exemplo que o Senhor traz de responsabilidade, de fidelidade, passividade e perseverança.

    Bela homenagem, textos maravilhosos.

    A toda Irmandade da UDV desejo Luz, Paz e Amor.

    Responder
  19. Lara
    Lara says:

    Uma alegria poder conhecer mais a respeito do M.Monteiro. Uma leitura bonita e encantadora (grata aos escritores). A união e a história do Mestre Gabriel está em consonância com a história de Jesus. Me alegra! Saúde ao M. Monteiro e sua família.

    Responder
  20. Gabriel Borba de Almeida
    Gabriel Borba de Almeida says:

    Excelente texto feito em homenagem ao M. Monteiro nessa data que ele inteira mais um ano de vida, graças a Deus.
    Pessoa de extremo valor, e fico grato pelo blog da UDV e os autores do texto em compartilhar mais a respeito da vida desse grande Apóstolo.
    Luz, Paz e Amor.

    Responder
  21. Marília Chalegre
    Marília Chalegre says:

    Que belo texto sobre a história desse grande homem, Mestre Monteiro. Pessoa valorosa, que transmite serenidade e os ensinos de Jesus em sua prática, além de muito amor a essa Obra Divina. É uma honra poder aprender mais sobre a vida dele que é um exemplo em tantos aspectos.

    Responder
  22. Mariana Jambo
    Mariana Jambo says:

    Linda homenagem a este senhor e Mestre que merece nosso respeito e admiração! Gratidão Mestre Monteiro por tudo que fez e vem fazendo por esta sagrada união

    Responder
  23. Breno Carvalho
    Breno Carvalho says:

    Como diz na música voz geral: “Hoje é homem importante”. Mestre Monteiro alcançou essa importância por sua responsabilidade e fibra moral. Belo texto e homenagem a esse homem tão importante para nós e para a União!

    Responder
  24. Ivan de Souza
    Ivan de Souza says:

    Um sábio!
    Assim vejo o Mestre Monteiro, o primeiro membro da origem que conheci em uma festividade no Núcleo Rei Salomão, entre os anos 1993 e 1995. Na ocasião eu ainda não havia comungado do Vegetal e, neste congraçamento, pude sentar-me ao seu lado e receber uma primeira impressão magnífica que instigou minha vontade de conhecer uma religião que possuía tal pessoa em seus quadros.
    Fui Adventício em 1996 e, desde então, venho recebendo e reconhecendo as grandes virtudes desse duplo mestre, já que é professor, também. Guardo na memória e no coração as respostas a duas das perguntas que lhe fiz em Sessões e que sustentam minha própria opinião acerca dos assuntos abordados.
    Que o Mestre Gabriel permaneça orientando e inspirando esse seu nobre discípulo e nosso querido Conselheiro Pacificador!
    Parabéns, inesquecível Raimundo Monteiro!

    Responder
  25. José Honório S. Ferreira
    José Honório S. Ferreira says:

    Quanto mais passamos a conhecer a trajetória do M. Monteiro dentro da UDV com tanta dedicação e Amor a essa obra Divina, tanto mais nos fortalece a seguir buscando firmeza sempre. Feliz aniversário!!!

    Responder
  26. José Iran Limaa/Piauí.
    José Iran Limaa/Piauí. says:

    Parabéns ao Mestre Monteiro por mais um ano de vida e gratidão pelos seus ensinamentos. Aos mestres João Bosco e Emerson, o reconhecimento da importância do aniversariante no seio da UDV, demonstrado através desse magnífico texto. Sou grato aos Senhores pelos ensinamentos.

    Responder
  27. Marcio Alexandre Cardenuto
    Marcio Alexandre Cardenuto says:

    Pessoa querida. Ele e Conselheira Zildinha.
    Homem de valor e que faz amigos por ser amigo.
    Querido Mestre Monteiro, que esta data seja de intensa alegria ao Sr.
    A nós, cabe agradecer por termos o Sr. em nossa vida.
    Grande abraço querido amigo.
    Parabéns.

    Responder
  28. Ricardo Teixeira
    Ricardo Teixeira says:

    Bela homenagem relatando alguns dos bons feitos que marcam a história deste nobre senhor, responsável e destacado em todos os lugares que ocupa em sua vida. Viva o Mestre Monteiro.

    Responder
  29. ANTONIO CARLOS NOGUEIRA
    ANTONIO CARLOS NOGUEIRA says:

    Excelente esta homenagem que o blog faz a este grande homem. Salve, salve, gentil apóstolo da paz.
    Antonio Carlos Nogueira, Núcleo Flor Encantadora

    Responder
  30. Dercílio Marra da Silva
    Dercílio Marra da Silva says:

    Salve 30 de março.

    Grata, Mestre Monteiro, pelo primeiro passo dado em Cuiabá, mostrando o caminho e fazendo florescer a União do Vegetal no estado do Mato Grosso.

    Parabéns pelo seu aniversário!!!

    Dercílio Marra da Silva

    Responder
  31. Ana Lucia Mendonça Fragassi
    Ana Lucia Mendonça Fragassi says:

    M. Monteiro, pessoa de valor. Deus, abençoe sua vida e de sua família sempre. Que a Virgem Maria Santíssima, te cubra com o Manto Divino.

    Responder
  32. Saulo Da Rós
    Saulo Da Rós says:

    Belíssimo texto a altura da importância desta data. Nossa gratidão ao Mestre Monteiro, quem mais representou o nosso Mestre nesta missão de salvação. Grande responsável por podermos receber hoje essa Força e essa Luz desta Sagrada União. Felicidades!

    Responder
  33. C Milton Barbosa
    C Milton Barbosa says:

    Feliz Aniversário Mestre Monteiro, homem de bem com tantas contribuições à obra do nosso Grande Mestre Gabriel. Conselheiro Oriental. Graças a um conselho q me foi dado pelo Sr pude auxiliar a desatar um nó na vida de uma pessoa querida. Desejo-lhe saúde e paz

    Responder
  34. Heloísa Maria Ramos Ariano
    Heloísa Maria Ramos Ariano says:

    Felicidades a este nobre senhor, que tanto admiro e respeito. Pessoa educada com fala mansa e amorosa que chega ao coração.
    Que o Divino Mestre abençoe o senhor e a sua família com Saúde e Paz.
    Abraço fraterno.

    Responder
  35. Fabiana Queiroz
    Fabiana Queiroz says:

    Um ser humano muito especial mesmo é o Mestre Monteiro! Sou sua admiradora especialmente pela educação, respeito, amor e dedicação aos discípulos da União do Vegetal. Por onde anda espalha palavras de paz e de fraternidade, como deve ser mesmo os dirigentes de uma Religião! Mestre Monteiro, o senhor é um exemplo para todos nós. Que possamos ser assim como o senhor. Sinto muita felicidade em meu coração em ter sua amizade. Peço ao Mestre que lhe abençoe e lhe dê muitos anos de vida! Parabéns pelo texto belíssimo! Ele merece todas as honrarias!

    Responder
  36. Emmanuel da Costa Gois
    Emmanuel da Costa Gois says:

    Parabéns ao Mestre Monteiro!
    Salve seus 87 anos bem vívidos principalmente dedicados a esta sagrada obra. Sempre honrando os seus valores cristãos e familiares.
    Abraço fraternal.

    Responder
  37. Ascelino Mendes Jr
    Ascelino Mendes Jr says:

    Parabéns ao M Monteiro pelos 87 anos bem vividos com saúde paz e muita dedicação à UDV Aos irmãos e pela sua missão com a obra do Mestre , tão bem descrito neste blog . Que o Mestre o guarneça com sua família e lhe proporcione muitos anos de vida transmitindo seus ensinos e conselhos a todos .

    Responder
  38. Plinio Mendonça Alexandrino
    Plinio Mendonça Alexandrino says:

    Saúde e vida longa ao amigo M. Monteiro!

    O sentimento é de gratidão por encontrar na caminhada bons exemplos de dedicação e amor à UDV. Me inspira a buscar minha evolução espiritual e seguir nesse caminho.

    87 anos com disposição de 25.

    Feliz aniversário Mestre Monteiro!

    Responder
  39. Viviane e Luís Gesteira
    Viviane e Luís Gesteira says:

    Felicidades a este nobre senhor!
    Enquanto discípulos do Grande Mestre Gabriel, encontramos bons exemplos na conduta de Mestre Monteiro, reconhecemos seu valor e somos gratos.
    Saúde e Paz sempre.

    Responder
  40. Claudia Labiapari
    Claudia Labiapari says:

    Para nós, Evandro e eu, é uma alegria, uma honra ter tido a oportunidade de conhecer Mestre Monteiro (C. Zildinha e filhos).
    Foram alguns encontros, mas com experiências marcantes e sempre agradáveis por tamanha educação e respeito, e esse respeito é que nos cativou… além da sua história de vida, das histórias do Mestre Gabriel e da União do Vegetal.

    Gratidão M. Monteiro, Saúde e muitos anos de vida!!!

    Agradecemos aos Mestres João Bosco e Emerson pelo riquíssimo texto, bela homenagem!

    Responder
  41. Lílson Pelegrine Simas
    Lílson Pelegrine Simas says:

    Mestre Monteiro merece todo o nosso reconhecimento por quem é e pelo que fez e continua fazendo pela UDV. Sentimento de gratidão pela sua dedicação à obra do Grande Mestre. Desejo ao senhor, Mestre Monteiro, na data de hoje, e sempre, Saúde, Prosperidade e Felicidades e também à sua família.

    Responder
  42. Marília Calazans
    Marília Calazans says:

    Belíssima e justa homenagem a esse ser tão especial e importante na União do Vegetal.
    Uma história de vida que deixará marcas eternas. Um exemplo a seguir!
    O texto retratou muito bem o que a presença do Mestre Monteiro transmite para mim e acredito que para todos. Calma, serenidade e paz.
    Viva o Mestre Monteiro! Saúde e alegrias para ele e toda a família.

    Responder
  43. Queté Magalhães
    Queté Magalhães says:

    Bela é justa homenagem a esse senhor Mestre Monteiro, que dedica seus dias pra atender ao chamado do Mestre Gabriel e a todos nós discípulos da União do Vegetal.
    Que sua vida e seus dias continuem sendo abençoados com saúde e o símbolo da Sagrada União Luz, Paz e Amor.

    Responder
  44. Verônica Galvao
    Verônica Galvao says:

    E Viva o Mestre Monteiro e a União do Vegetal! Saúde querido Mestre. Vida longa perdi de nós!!! O senhor é merecedor de todas as homenagens!!! Feliz Aniversário!

    Responder
  45. Tertuliano Rodrigues
    Tertuliano Rodrigues says:

    Se tem uma coisa que me chama atenção e que eu admito no M. Monteiro é a memória pra além de guardar bem os ensinamentos, se lembrar das pessoas e momentos vividos com as pessoas. Ele convive com milhares de pessoa no Brasil e no exterior e tempos depois, quando há um reencontro, ele se lembra. Parabéns ao nosso professor e conselheiro oriental. Que viva muitos anos nos ensinando o bem viver!

    Responder
  46. Isabel Leite
    Isabel Leite says:

    Meu sentimento é de gratidão a todos esses primeiros discípulos do Mestre Gabriel! Para mim uma honra conhecer e ter a amizade do M. Monteiro, um discípulo fiel aos ensinos do Mestre e que tem uma valiosa contribuição no desenvolvimento da UDV. Um exemplo para todos nós caianinhos de como nos conduzirmos na União e na nossa vida! Votos de saúde e alegrias junto à sua família e todos nós seus amigos! Viva esse dia bonito e especial! Abraços fraternos de Isabel e amigos de Campina Grande.

    Responder
  47. Sônia Borges Condé
    Sônia Borges Condé says:

    Parabéns M. Monteiro, pessoa muito querida a mim e minha família.
    Merecedor de todas essas boas palavras.
    Receba meu abraço com votos de saúde, paz e alegrias junto de sua esposa Zildinha e de toda família. Felicidades!

    Responder
  48. Adriano Flávio Santos Da Rocha
    Adriano Flávio Santos Da Rocha says:

    Uma alegria em minha vida ter recebido um conselho oriental do Mestre Monteiro, conselho este que eu segui, e que transformou positivamente a minha vida e naturalmente os meus dias. Grato a DEUS por ter tido o merecimento de relatar estas transformações a este Nobre Senhor! Que DEUS o abençoe sempre, lhe tragam muito anos de vida, com Saúde e PAZ, e que mais pessoas possam receber estes ricos conselhos! Que nosso Divino Mestre JESUS e nosso Amado Mestre Gabriel, lhe abençoe sempre, Mestre Monteiro.
    Adriano Flávio Santos da Rocha – Núcleo Pau D’arco – Caruaru – PE – 10° Região

    Responder
  49. Rodrigo Morais
    Rodrigo Morais says:

    Que bela homenagem! Feliz aniversário e vida longa ao M. Monteiro! Parabéns também ao M. João Bosco e ao M. Emerson pela sensibilidade ao escreve esse texto encantador!!!

    Responder
  50. Gilson Harley Vargas
    Gilson Harley Vargas says:

    Caro amigo M.Monteiro, quando o conheci em 1981 em Brasília, ainda na época Núcleo Estrela do Norte, tive uma admiração pelo senhor à primeira vista. Tanto que, minha companheira Sandra Beatriz e eu escolhemos o senhor e D.Zildinha pra serem padrinhos de minha filha Clara, assim, além de amigos, nos tornamos compadres. Minha admiração pelo senhor, sempre foi e é pautada pelas qualidades que o senhor tem, de ser um homem zelador de sua família, um cumpridor de sua palavra, um pacificador, um excelente professor, um grande Conselheiro Oriental, um mestre que tem satisfação de ensinar os ensinos do M. Gabriel, um esteio e zelador desta bendita obra. Sempre quando estou na sua presença, tenho no meu íntimo desejo de ser uma pessoa melhor.

    Grato por todo este tempo que o senhor tem dedicado a sua vida por esta Obra, nos trazendo sempre o símbolo da União. Desejo pro senhor Luz, Paz, Amor, saúde, muitas alegrias e que o Mestre Gabriel esteja sempre presente na vida do senhor e de sua família . Que o Divino Mestre te abençoe sempre.

    Vida longa. Grande abraço. Felicidades.

    Do amigo Gilson Harley Vargas

    Responder
  51. Francisco Gomes (Chico Gatão)
    Francisco Gomes (Chico Gatão) says:

    Um bom exemplo de amigo, professor e Mestre. Amigo que tem sempre uma palavra amiga. Professor que ensina e transmite os ensinamentos com retidão e simplicidade. Mestre que exemplifica, pela prática, a coerência da Doutrina do Mestre Superior. Vida longa ao nosso Amigo, Mestre e irmão Mestre Raimundo Monteiro de Souza.

    Responder
  52. CRISTINA REGO MONTEIRO DA LUZ
    CRISTINA REGO MONTEIRO DA LUZ says:

    Palavras bem escritas que homenageiam uma pessoa muito especial, a quem devemos render respeitosas homenagens. Vida longa, com saúde em caminho de merecido reconhecimento ao Mestre Monteiro!

    Responder
  53. Marcos Costa
    Marcos Costa says:

    Feliz aniversário, Mestre Monteiro!
    Esse título de Conselheiro Oriental já tive a oportunidade de conhecer bem de perto, por isso posso falar àqueles que receberem algum conselho desse apóstolo do Mestre Gabriel, examinem bem direitinho e procurem um jeito de seguir.

    Responder
  54. Samuel Sales
    Samuel Sales says:

    Sempre me impressionou muito como o M. Monteiro se lembrava e recordava com total lucidez das vivencias e ensinamentos do Mestre Gabriel, sua pratica, conduta e seu modo de enxergar a espiritualidade
    Sem duvida um dos mestres mais importantes da União e um dos pilares fundamentais desta Divina e Sagrada Obra

    Responder
  55. Luana Sotero
    Luana Sotero says:

    Rica publicação em justa homenagem aos 87 anos do M. Monteiro, escrito por grandes pesquisadores/estudiosos, João Bosco e Emerson de Queiroz! Interessante paralelo entre a história da União e Novo testamento direcionados à jornada deste nobre homenageado enquanto Homem, Discípulo, Mestre apóstolo e Conselheiro pacificador. Vida longa regada de saúde a Mestre Monteiro!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Júnior Delvy Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *