Blog homenageia Mestres pioneiros que fariam aniversário em dezembro

| 17 dezembro, 2019

Um dos homenageados é o Mestre Manoel Nogueira. Por duas vezes ocupou o cargo de Mestre Geral Representante | acervo de família.

É natural do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal reconhecer o labor dos nossos primeiros irmãos. Está na essência da nossa sociedade religiosa. Por esta razão, o blog da UDV reproduz abaixo alguns textos em homenagem a quatro Mestres que fizeram parte do início da nossa instituição, três deles chegando ao Quadro de Mestres ainda na presença do Mestre Gabriel, e que aniversariariam neste mês de dezembro. São eles: Geraldo Florêncio de Carvalho (5), Hilton Pereira Pinho (6), Bartolomeu Pinheiro do Nascimento (24) e Manoel Nogueira da Silva (30).

Geraldo Carvalho, um pioneiro na União do Vegetal. 

Mestre Geraldo Carvalho impressionava a todos pela sua jovialidade e forte presença nas Sessões de Vegetal. Firme e forte feito cerne de aroeira, Geraldão – como era carinhosamente tratado pelos amigos e conhecidos mais próximos – era ativo na vida e no Salão do Vegetal. Antes de conhecer o Mestre Gabriel, levava uma vida social agitada e afirmava que desconhecia Deus – ele mesmo já se considerava um ateu por conta de tudo que já tinha visto acontecer em outras sociedades religiosas. Na União do Vegetal, encontrou o Mestre Gabriel e a força moral para se reconciliar com Deus.

Em sua oratória, combatia a mentira, o fanatismo e sempre nos convidava a examinar o que o Mestre Gabriel falava – assim como ele aprendeu com o próprio Mestre. “A melhor maneira da pessoa crescer espiritualmente é sempre examinar”, dizia.

>> Clique aqui e leia o texto na íntegra.

Mestre Hilton, um zelador da União do Vegetal 

Tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o Sr. José Gabriel da Costa, de quem me tornei amigo, principalmente porque frequentávamos o mesmo terreiro (São Benedito), do qual ele era Ogan. Em 1965, mudei-me para o Rio de Janeiro com toda a minha família, pois havia me aposentado. Mas, devido a meus negócios em Porto Velho, tive que voltar. Chegando aqui (Porto Velho), em 26 de dezembro de 1965, nesse mesmo dia, compareci ao terreiro de São Benedito, onde encontrei José Gabriel da Costa, meu compadre – pois, quando segui para o Rio, ele estava na Bolívia extraindo seringa.

Nessa ocasião, ele (M. Gabriel) disse: – “Compadre, agora eu sou Mestre de uma nova religião que vem nascendo em toda esta região. E Porto Velho será a sua sede e desejo que o senhor me acompanhe”. E eu vim.

>> Clique aqui e leia o texto na íntegra.

Mestre Bartolomeu, um amigo de muitos

Bartolomeu Pinheiro do Nascimento chegou à União do Vegetal no ano de 1967 e teve a merecida oportunidade de conviver com o Mestre Gabriel, de quem recebeu o grau de Mestre em 28 de março de 1970.

Por sua valorosa contribuição à UDV e seu jeito cativante de ser, foi convidado pelo Mestre Raimundo Monteiro de Souza e pela Conselheira Zildinha de Souza para dar início aos trabalhos da UDV em Goiânia (GO). Assim, saiu de Ariquemes (RO) e chegou a Goiânia em dezembro de 1982, juntamente com sua companheira Inácia, sua filha Helena e seus filhos Valdivino e Reissalo. 

>> Clique aqui e leia o texto na íntegra.

Mestre Manoel Nogueira, memória sempre presente na UDV

Catador de castanhas em sua tenra infância, aquele que o Mestre Gabriel chamava de Manel Nogueira e que ficou conhecido como o “Papagaio do Mestre”, é um misto de sobrevivente e líder nato. Nascido em 30 de dezembro de 1946, Mestre Manoel Nogueira teve uma vida dura. Precisou contar com irmãos, que o apoiaram em reconhecimento à colaboração que ele podia dar para a nossa irmandade, por sua convivência com o Mestre Gabriel.

E foi esse apoio que o trouxe a Brasília-DF em 1988, depois de uma importante trajetória pelo norte do Brasil, onde exerceu cargos na Direção na União do Vegetal, inclusive o de Mestre Geral Representante, em 1982, quando a Sede Geral ainda era na capital rondoniense – o território transformara-se em estado exatamente naquele ano.

>> Clique aqui e leia o texto na íntegra.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *