Mestre Paulo Cassis, o legado de um caminho florido

| 10 Agosto, 2022

Luciana Cardenuto Bianchin*
Rodrigo Polignano**
Amigos do Núcleo Samaúma e Núcleo Santa Fé

Mestre Paulo Cassis | DMC/N. Samaúma.

Dia 20 de maio de 2022, recebemos com profundo sentimento a notícia de que Mestre Paulo Cassis havia feito a passagem ao plano espiritual, um dia após completar 74 anos. Prestamos esta singela homenagem a esse amigo querido e autêntico que tanto nos ensinou com gestos e palavras sinceras e com sua fina ligação com Mestre Gabriel.

Trajetória de vida e na União

Paulo Cassis nasceu em Catanduva, interior do estado de São Paulo, em 19 de maio de 1948. Filho de Purificação e de Fuad, tinha ascendência espanhola e libanesa, era o mais velho entre seis irmãos. Conheceu a Conselheira Carmen Lúcia em 1970 e entre eles nasceu um grande amor. Se casaram em 22 de março de 1974, tiveram três filhos: Paula, Renata e Rafael, que cresceram na UDV e se casaram, trazendo a alegria da chegada dos netos: Karinna, André, Bruno, Gabriela e Isabella Joy.

Chegaram juntos ao Núcleo Samaúma (Araçariguama – SP) a convite dos amigos de juventude, Mestre Sergio e Conselheira Eliane Polignano, em 10 de fevereiro de 1981. Neste período, Mestre Paixão era o Mestre Representante. Ao longo dos 41 anos de sua caminhada na UDV, 36 anos foram dedicados ao crescimento do Núcleo Samaúma. Ocupou o cargo de Monitor do Plantio local e de Mestre Representante. Também, por dois triênios, foi Coordenador Regional do Plantio da 3ª Região. De 2015 a 2020, esteve filiado ao Núcleo Santa Fé (Novo México – Estados Unidos), onde teve uma presença marcante, cativou discípulos, contribuiu para a formação de dirigentes da UDV naquele país e deixou muita saudade.

Nas palavras da Conselheira Maria Eugênia Motsinger – Núcleo Santa Fé/EUA:

“A importância de Mestre Paulo Cassis na 1ª região da América do Norte e, especialmente no Núcleo Santa Fé, é muito maior do que se pode expressar em poucas palavras. Seu amor pela Obra da União do Vegetal, seu entusiasmo pela transmissão fiel dos ensinamentos do Mestre Gabriel e seu generoso e autêntico coração foram e continuam sendo uma inspiração e um exemplo para todos nós. Ele nos ensinou a alegria que vem do estudo dos ensinamentos e a importância da sua prática diária.

Ao longo dos anos, em tantos momentos em que realmente precisávamos dele, se mostrou totalmente disponível, de coração aberto para nos orientar, apoiar com clareza, firmeza e sabedoria. Foi um professor querido para muitos de nós da Direção e de toda a irmandade. Durante as diversas sessões que dirigiu, cativou-nos com o dom da palavra eloquente e o seu talento para boas músicas. Sua casa estava sempre aberta aos irmãos e, junto com sua companheira, C. Carmen Lúcia, recebeu as pessoas que se aproximavam para conhecer o Caminho e o Mestre. Ele conhecia bem o significado do servir.

Paulo entendeu a importância de estabelecer o trabalho da União do Vegetal nos Estados Unidos e não deixou a diferença de idioma ser um obstáculo, mas encontrou uma forma de superar, se comunicando com sua palavra amiga e carinhosa. Seus esforços diligentes fazem parte de nossa história e sua falta será sempre sentida. Nos Estados Unidos plantou muitas flores, as mais belas, no nosso coração. Sentimos saudades e, acima de tudo, profunda gratidão.”

Mestre Paulo retornou ao Núcleo Samaúma em novembro de 2020 e foi indicado a Membro do CONACE da 3ª Região em 30 de janeiro de 2021.

Pescador de Pérolas

Paulo trabalhou incansavelmente pela Obra e conservação dos ensinamentos como um guardião que zela por um tesouro. Sensível e intuitivo, as palavras não escapavam da agudeza de sua percepção, se faziam ponte e encontravam morada nos corações, pela clareza e sinceridade com que as transmitia. Uma das formas que enxergávamos seu talento era através das músicas. Se dedicava pesquisando discos como quem procura pérolas que pudessem tocar o sentimento das pessoas e traduzir a mensagem que se precisava escutar. Nesse trabalho de garimpar, gravou algumas fitas, com seleções de canções e mensagens que marcaram a história do Núcleo Samaúma, expressando o sentimento de tempos inesquecíveis e felizes que vivemos em nossa irmandade.

Uma característica marcante de M. Paulo era a confiança no Vegetal e no Mestre Gabriel. Vimos isso em sua prática, mesmo em momentos de superação. Com uma inteligência criativa e inovadora, suas palavras nos conduziam para enxergar além, de forma ampla e espiritual o sentido da vida.  Houve uma oportunidade em que disse: “a União do Vegetal é a graça da minha vida”, e demonstrou mais do que em palavras o lugar dessa Sagrada Obra em seu coração. Sua forte ligação com a natureza e com o cultivo de nossas plantas sagradas, registrada nos 41 anos de caminhada, deixou como legado um trabalho de amor e qualidade no plantio do Núcleo Samaúma e da 3ª Região, que permanecerá como base para as gerações futuras.

Seu coração, sua casa e sua família sempre tiveram as portas abertas para receber os irmãos e também os Mestres da Origem da UDV, quando em visita ao Núcleo Samaúma. Foram muitos momentos memoráveis ao longo dos anos. As pessoas viam nele alguém em quem podiam confiar e em sua postura generosa e leal cativou muitos amigos e deixou registrado no coração de cada um a gratidão de receber seus conselhos e orientações como pérolas, tesouro do mar da vida.

Nas palavras do sobrinho e amigo, Mestre Rodrigo Polignano:

“Poucos sabem, alguns sequer imaginam, o fôlego de um mergulhador pescador de pérolas.

Coragem de peito aberto, nado livre, com o lastro da sua própria moral e esforço, chega até o berço do tesouro, com a agilidade e a calma para escolher a concha certa, abri-la e colher a joia que a Santa Mãe Natureza preparou com tanto esmero. Tomar impulso para subir, reservar as derradeiras gotas de ar para conseguir emergir e – aí sim, inspirar um novo alento, semente de um novo tempo, enriquecido pela nova conquista que ele compartilha sem apego.

Amigo querido, colecionador de pérolas e pétalas, és também jardineiro dedicado. Hoje, se nosso jardim verdeja de sorrisos, flores e alegria, muito a ti devemos pela riqueza que zelastes e auxiliastes a construir. Sua família é sua fortaleza, ninho de carinho e tantos exemplos de superação e vitória.

Sua moral vem do seu caráter e ética, exemplos de um digno pescador que aprendeu desde cedo a importância da hora certa e lugar. Pensar com cabeça própria.

Assim, amigo antigo, te desejamos uma sequência feliz na caminhada rumo ao nosso Mestre, porto seguro na imensidão desse mar que é a própria vida.”

Teve o merecimento de, antes de concluir sua missão, entregar a Estrela de Mestre ao seu filho Rafael em 10 de setembro de 2021. Naquele “momento tão sublime de alegria”, conforme ele mesmo disse, ficou registrado em suas palavras esse sentimento de eternidade que conforta o coração: “cada pessoa que recebe essa camisa com o grau de Mestre tem esse registro no espírito e o espírito é eterno”.

Mestre Paulo Cassis e família | DMC/N. Samaúma.

“Todo o céu é meu”

Sua partida aconteceu com a mesma dignidade com que viveu, ligado ao nosso Guia Espiritual, junto de sua família e sentindo o amor de muitos amigos. Alçou o voo mais alto em direção ao merecido céu de quem procurou ser justo, fraterno, leal aos seus princípios e ao Mestre. Sua presença será eterna na nossa história. E diante da saudade, o que nos conforta é termos esse universo de maravilhosas lembranças.

Esse profundo sentimento é expresso nas palavras da Conselheira Carmen Lúcia de Prá Cassis:

“Ao longo destes 41 anos, neste caminho de transformação, pude ver na pessoa deste constante amigo a busca pelo conhecimento que, através da prática da doutrina, se encontrou e veio se transformando, me inspirando a procurar ser melhor também. Hoje posso dizer que, depois de uma vivência profunda que tivemos nos derradeiros dias, que o Mestre – na sua infinita bondade – não abandona seus discípulos. Nos sentimos orientados, amparados por amigos, de mãos dadas com o Mestre. E pude ver meu amigo de todas as horas, meu único namorado por 52 anos, pai exemplar e Mestre Paulo Cassis aceitar os desígnios de Deus com a mesma dignidade que viveu. Sou muitíssimo grata a Deus por ter tido a honra de tê-lo como meu companheiro nesta encarnação, está gravado em recordação com amor e gratidão.”

*Luciana Cardenuto Bianchin é integrante do Corpo do Conselho do Núcleo Samaúma (Araçariguama- SP).

**Rodrigo Polignano é integrante do Quadro de Mestres do Núcleo Samaúma (Araçariguama- SP).

19 respostas
  1. Flávia Bicudo
    Flávia Bicudo says:

    Que linda homenagem!
    Vi nesse amigo a figura de um pai e ele certamente plantou muitas flores em meu coração desde a minha chegada na UDV. Muitas boas lembranças dele e dessa família querida!

    Responder
  2. Fernanda Mazzoni Bomfim Martins
    Fernanda Mazzoni Bomfim Martins says:

    M Paulo Cassis… pessoa muito querida a mim e a minha familia. Reverencio a historia de vida desse amigo querido… seu legado… um genuíno exemplo de força e resistência. Minha profunda admiração… sua força agora permeia a essência das suas gerações e linhagem… enraizada na essencia de cada um… nós que ficamos por aqui sentimos a perda da presença física dessas pessoas tão especiais… eles que voltam para o mundo espiritual recebem a paz merecida pela missão cumprida com dignidade… ❤

    Responder
  3. Israel Beser
    Israel Beser says:

    Justa homenagem ao M. Paulo Cassis! Um homem sereno e amigo de todos, boas lembranças de conversas e sessões dirigidas eu guardo em lembranças.

    Responder
  4. Bruna scavuzzi
    Bruna scavuzzi says:

    Que bela homenagem. Termino a leitura com lágrimas nos olhos pela sentimento de que, mesmo sem o ter conhecido, M. Paulo viveu pela União do Vegetal. Gratidão a toda a família e também à irmandade do N. Samaúma. Que o Mestre o tenha em um bom lugar.

    Responder
  5. Cristina da Luz
    Cristina da Luz says:

    Encontro tão lindo de um espírito com seu caminho em direção à Verdade, à Vida. Bonita homenagem ao Mestre Paulo Cassis, à sua presença tanto no Núcleo Samaúma quanto no Núcleo Santa Fé, e principalmente no coração de tantos familiares e amigos. Que seja igualmente bonita sua colheita espiritual. Meus sentimentos para com sua querida família.

    Responder
  6. Alcides Vieira da Silva
    Alcides Vieira da Silva says:

    Pelo que acabo de ver, o M. Paulo foi realmente o apóstolo firme, trabalhador, bondoso e exemplo a se espelhar. Segue o caminho, grande irmão.

    Responder
  7. Estácio Ferrer
    Estácio Ferrer says:

    M.Paulo Cassis. Tive a honra de vivenciar momentos bons com ele e família no N. Samaúma onde estive por 5 anos.
    Me deu bons exemplos de Autenticidade e Sinceridade.
    Me fez tomar gosto pela músicas instrumentais principalmente.
    Bom amigo.

    Responder
  8. Jose Mauricio
    Jose Mauricio says:

    Momentos agradáveis afloram da minha memória quando penso neste ser iluminado que com leveza e humor trazia as pérolas em singelos comentários como quando afirmava que o espírito era careca. Saudades, amigo Mestre.

    Responder
  9. Geraldo Fragoso
    Geraldo Fragoso says:

    Nobremente reconhecido pelo belíssimo trabalho à nossa Sociedade Religiosa. Merecimento em conhecer esse Espírito Benfeitor. No ano de 1984, encontrei-me em situação bem delicada. Fui ao Estado de São Paulo juntamente com minha filha de nome Amanda em busca de solução ao pronto restabelecimento da mesma. Encontrei em M. Paulo Cassis um dos esteios fortes e ombro amigo do Núcleo Samaúma, prontificando-se de imediato em vir ao meu auxílio. Minha Eterna Gratidão!!! Certamente é merecedor de ser recebido para um…digamos assim…breve repouso ao lado do nosso Guia Espiritual M.Gabriel. Meus fraternos e sinceros sentimentos aos familiares e amigos. Geraldo Fragoso – Núcleo Princesa Sama – Manaus, AM.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Rogério Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *