Curso aborda plantio de Chacrona e Mariri em agrofloresta

Roberta Moriconi*

| 17 janeiro, 2019

  • Foto: Lucas Dantas.

  • Ernest durante explicação da atividade | Foto: Lucas Dantas.

  • Ernst Götsch falou sobre o cultivo de Chacrona e Mariri em Sistema Agroflorestal | Foto: Ariel Gomes.

O Núcleo Flor Divina (Fortaleza-CE) teve a satisfação de receber, em dezembro passado, Ernst Götsch e Cimara Goulart em atividades de capacitação voltadas ao público de todos os Núcleos da União do Vegetal interessados em aprimorar-se no plantio de Chacrona e Mariri em Sistemas Agroflorestais (SAF).

Ernst Götsch realizou palestra no dia 6 de dezembro de 2018, trazendo ricos ensinamentos dos princípios que tem aplicado em seus trabalhos para reflorestamento de áreas degradadas e “plantio” de água. Na sequência, durante três dias, ele e sua companheira, Cimara Goulart, ministraram o curso “Agricultura Sintrópica – implantação de sistemas com Chacrona e Mariri”.

Participaram 108 pessoas com representatividade de 14 estados, 12 regiões e 37 Núcleos da União do Vegetal, destacando-se a presença do Vice-Diretor do Departamento de Plantio e Meio Ambiente da Diretoria Geral da UDV, Mauro Carneiro Filho, articulador desse movimento, junto de colaboradores e do irmão, do Quadro de Sócios do Núcleo Santa Fé do Cariri, Antônio Gomide.

Atividades práticas

No curso foram contemplados ensinos teóricos, atividades práticas e apresentação cultural. Os conceitos dos princípios da agricultura sintrópica foram exemplificados com importantes ensinamentos a respeito da vida e da natureza. Nas atividades práticas foram manejadas duas áreas e foi feita a implantação de um sistema desenhado por Ernst Götsch para o cultivo de Chacrona e Mariri em Sistema Agroflorestal específico para o terreno do Núcleo Flor Divina. O desenho foi elaborado considerando as características próprias do local, sendo explicada a importância e a relação de cada elemento escolhido para criar uma floresta com vistas ao desenvolvimento da Chacrona.

Durante o curso os participantes familiarizaram-se com diferentes tipos de sementes e mudas de plantas nativas e exóticas que podem ser plantadas com a Chacrona e o Mariri e que desempenham importante papel na formação de florestas.

Além disso, o grupo artístico Carroça de Mamulengos e o multi-instrumentista Rafael Vieira (“Makiko”) apresentaram teatro de bonecos com uma linda história, escrita especialmente para esse momento pelo artista Carlos Gomide, abordando a relação do ser humano com a natureza, consigo mesmo e com o outro.

No curso a presença dos monitores Antônio Gomide, Eric Lassmann, Márcio Armando, Murilo de Lima e Pedro Faria foi indispensável para a dinamização dos trabalhos realizados em grupo. Dessa forma, foi possível atender uma quantidade maior de pessoas para a vivência, trazendo uma experiência enriquecedora de aprendizagem em agricultura sintrópica aplicada para os plantios de Chacrona e Mariri.

*Roberta Moriconi é integrante do Corpo do Conselho do Núcleo Flor Divina (Fortaleza-CE).

3 respostas
  1. Dermeval de Sena Aires Júnior
    Dermeval de Sena Aires Júnior says:

    Que bom é ver essa proximidade entre o plantio da UDV e a ciência da agrofloresta. Esses conhecimentos têm sido um importante aprendizado pra mim e espero que cada vez mais aumente a consciência ecológica entre todos. Ernst Gotsch é um nome mundialmente conhecido. Plantemos água, plantemos vida.

    Responder
  2. Luciano
    Luciano says:

    Muito importante este evento. É interessante disponibilizar como podemos replicá-lo em outras regiões e outros biomas nos quais há plantios de Mariri e Chacrona, com a presença do Ernst. Parabéns pela realização.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Wagner Werneck Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *