UDV é homenageada na Bahia

Irmandade da União do Vegetal na Bahia presente na Sessão Solene | Foto: João Franco

Sessão Solene em homenagem aos 50 anos da UDV foi uma das sessões mais marcantes da Assembleia Legislativa do Estado

Uma das sessões solenes mais marcantes da Assembleia Legislativa da Bahia. Esse foi o comentário mais frequente entre servidores e parlamentares do Poder Legislativo durante a sessão em homenagem aos 50 anos do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, que aconteceu nesta quinta-feira, dia 4 de agosto. O proponente da sessão, o deputado estadual Cacá Leão (PP), pediu uma salva de palmas ao iniciar seu discurso pela quantidade de pessoas que lotaram o plenário, as galerias e o saguão externo. “Com certeza é uma das maiores sessões solenes que essa casa já viu”, afirmou o deputado. Entre sócios da UDV, familiares e amigos, mais de 400 pessoas compareceram à cerimônia.

Muitas autoridades também estiveram presentes. Deputados estaduais, federais, vereadores da Câmara Municipal de Salvador e membros do Poder Judiciário fizeram questão de saudar a União do Vegetal pelos seus 50 anos. “Pelo Mestre Gabriel ser baiano, nada mais justo do que essa casa abrir as portas para render essa homenagem”, explicou Cacá Leão em sua fala. O deputado disse ainda que foi muito importante ir a uma sessão da União do Vegetal e beber o chá Hoasca: “A paz, a realização que eu senti é um marco em minha vida. A gente quando chega lá entende o que é a UDV”.

A história da instituição na Bahia foi lembrada na sessão por Anchieta Torreão de Sá, Mestre Representante do Núcleo Apuí e um dos pioneiros da UDV no Estado. Mestre Anchieta contou que foi no dia 2 de julho de 1976 que a UDV chegou na Bahia, através de Raimundo Nonato Marques, um dos Mestres formado pelo Mestre Gabriel.

A data de 2 de julho é uma das mais importantes no Estado, pois é quando se comemora a independência da Bahia. Esse fato foi destacado pela deputada federal Alice Portugal (PCdoB) que também discursou, e considerou muito significativo que a União do Vegetal tenha chegado à Bahia nesse dia. “E hoje estamos aqui nesta belíssima e histórica sessão”, salientou.

Para o Presidente nacional do Centro, Mestre Flávio Mesquita, também presente à solenidade, “o crescimento da UDV na Bahia e no Brasil faz parte de uma expansão natural, sem que a instituição se valesse de qualquer tipo de propaganda, o que mostra a consistência dessa obra sagrada”.

Atualmente, a União do Vegetal conta com 11 núcleos na Bahia, sendo cinco na Região Metropolitana de Salvador e seis no interior do Estado. Juntos, eles formam a 4ª região administrativa da UDV, que também inclui a Distribuição Autorizada de Aracaju, em Sergipe.

Além do Mestre Flávio Mesquita e do Mestre Anchieta, falaram ainda pela instituição o Mestre Central da 4ª Região, Ivan Evangelista, e a Conselheira Antonia Torreão Herrera, sócia da UDV na Bahia há 34 anos.