Tese de doutorado a respeito da UDV já está disponível

Equipe do Blog

| 11 junho, 2018

Na União do Vegetal, os associados bebem o Chá Hoasca (Ayahuasca) para efeito de concentração mental | DMC/Sede Geral.

Já está disponível para leitura na íntegra a tese de doutorado que tem o título “O exemplo na vida de quem prega: uma análise do CEBUDV a partir dos seus sócios”. O texto é resultado de um amplo estudo a respeito do Chá Hoasca e do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal feito pelo sócio da UDV Patrick Walsh Neto, filiado ao Núcleo Fortaleza (Fortaleza-CE). A tese foi defendida e aprovada por uma banca de doutorado do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília (UnB), em 8 de dezembro de 2017.

No estudo, o pesquisador mapeou a história do uso das substâncias psicoativas na história da humanidade, os aspectos benéficos da farmacologia do uso da Ayahuasca (também denominado Vegetal ou Chá Hoasca no âmbito da UDV), o processo de institucionalização da União do Vegetal e a regulamentação do uso ritualístico do chá no Brasil – acontecimentos que se cruzam pelo protagonismo da UDV perante as autoridades do Brasil e de outros países

Sob o título “O exemplo na vida de quem prega: uma análise do CEBUDV a partir dos seus sócios”, a tese é um compilado de mais de 400 páginas, com informações a respeito de diferentes aspectos ligados ao Vegetal (denominação do Chá Hoasca pela UDV) e à sociedade criada por José Gabriel da Costa, o Mestre Gabriel, como é conhecido entre seus discípulos.

Patrick passou os últimos cinco anos realizando mais de 100 entrevistas com pessoas que conheceram o Mestre Gabriel, mestres da segunda geração da UDV – formados pelos Mestres da Origem – e outras pessoas de fora da União do Vegetal, ligadas à legalização do chá. O pesquisador realizou, também, uma pesquisa quantitativa com mais de 200 sócios do Núcleo Fortaleza.

Durante a arguição, um dos doutores da banca identificou Mestre Gabriel como um líder carismático, que talvez fosse ignorado em outros contextos. A pesquisa apontou o contrário: “Mestre Gabriel não passou despercebido em nenhum lugar, até mesmo quando ainda não era o Mestre Gabriel (antes do encontro com o Vegetal)”, afirmou Patrick Walsh.

Clique aqui e leia a tese. 

11 respostas
  1. Cristina Souza Criniti
    Cristina Souza Criniti says:

    Uma excelente notícia que serve de inspiração para que nós hoasqueiros possamos pesquisar mais a respeito da UDV, ampliando as percepções no mundo acadêmico. Felicitações!

    Responder
  2. Deusa de Sena Ribeiro
    Deusa de Sena Ribeiro says:

    Parabéns, Patrick Walsh Netto por sua tese! Tens minha admiração e respeito. Que Deus lhe abençoe cada vez mais. E que o nosso guia espiritual, M. Gabriel, seja sempre sua Estrela Guia.

    Responder
  3. Luciana Martins
    Luciana Martins says:

    É maravilhoso observar o crescimento, no campo científico, desta Sagrada União! Mais um passo no sentido de se cumprir as palavras do Mestre! “Comprovadamente inofensivo à saúde “.
    Sou grata!

    Responder
  4. Wilson de Abreu Salomão
    Wilson de Abreu Salomão says:

    Excelente notícia saber que há uma tese no meio acadêmico abordando, esmiuçando, mensurando um assunto desconhecido pra maioria do povo brasileiro, quiçá à humanidade, Chá HOASCA!
    Com certeza será uma base bibliográfica pra posteridade!

    RESPOSTA: Caro Wilson. Outras teses de mestrado e doutorado já abordaram o Chá Hoasca, tendo como objeto de estudo também a União do Vegetal ou outras sociedades hoasqueiras. Algumas podem ser lidas na internet ou encontradas com a coordenação da Comissão Científíca do Centro. Recentemente, outra tese de doutorado defendeu que o plantio de Mariri (Banisteriopsis caapi) e de Chacrona (Psychotria viridis), as plantas usadas no preparo do Chá Hoasca, contribui para a conservação das áreas de matas e a recuperação de áreas degradadas na Região Norte do país. Veja: http://udv.org.br/blog/estudo-realizado-em-nucleos-da-udv-comprova-que-plantio-contribui-para-conservacao-de-florestas/

    Responder
  5. Almir Nahas
    Almir Nahas says:

    Ainda não li a tese, mas lerei porque o tema me interessa. Mas desde logo, felicitações ao Patrick pelo trabalho de fôlego e pela escolha do tema. A UDV realmente é um caso a ser estudado, por diversas disciplinas acadêmicas. Seu exemplo é muito bom para que outros acadêmicos busquem estudar essa sociedade religiosa que está fazendo sua história de maneira discreta, e que vem transformando vidas e unindo pessoas de bem.

    Responder
  6. JairoSantos
    JairoSantos says:

    Amigo Patrick,

    Parabéns por este belo trabalho que traduz Dedicação e Amor por esta Obra Divina que é a UDV e o seu criador, o nosso Grande Mestre Gabriel. Que sirva de inspiração a todos que estudamos e aprendemos nessa Escola para que nas academias, onde estejamos, possamos dar a nossa contribuição para o esclarecimento da humanidade a respeito do valor deste Tesouro.

    Responder
  7. Cristina Souza Criniti
    Cristina Souza Criniti says:

    Patrick, quero aproveitar esta oportunidade para lhe convidar a participar da Mostra de Pesquisa da Unisantos, onde sou aluna especial do doutorado em educaçao. Caso possa, meu contato é 92 98412-3311.

    Responder
  8. Flávia Ilíada
    Flávia Ilíada says:

    Trabalho inspirador!
    Parabéns pela iniciativa e coragem, Patrick, para encarar a empreita, nada simples, de traduzir o simples para o mundo acadêmico.

    Sucesso!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *