Sessão solene comemora 40 anos da presença da UDV em Brasília

A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou sessão solene, em 9 de maio, para homenagear os 40 anos da presença do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal em Brasília, comemorados neste ano de 2014. A Câmara é o equivalente uma assembleia legislativa estadual.

Sessão solene comemora 40 anos da presença da UDV em Brasília

A homenagem foi uma iniciativa do deputado distrital Dr. Michel (PP), que lembrou ser o Brasil um Estado laico, “onde todas as religiões são bem-vindas”, afirmou. Ele relatou ter participado recentemente de um seminário sobre intolerância religiosa, “o que reforçou ainda mais que devemos estar abertos a todos os cultos”, completou.

Representaram a UDV na solenidade os mestres integrantes do Conselho da Recordação dos Ensinos de Mestre Gabriel, Raimundo Monteiro de Souza e José Luiz de Oliveira; o presidente da Diretoria Geral do Centro, mestre Carcius Azevedo; o responsável pela UDV no Reino Unido, mestre Luiz Felipe Belmonte dos Santos, o coordenador de Relações Institucionais da Diretoria Geral do Centro, mestre Edson Lodi e a conselheira da Sede Geral do Centro, Paola Simoni. Integrou também a mesa diretora da sessão o Excelentíssimo juiz federal Jair Araújo Facundes, do estado do Acre.

“ Queremos externar os nossos agradecimentos por esta Casa ter nos acolhido e pela oportunidade de nos apresentarmos”, afirmou o presidente do Centro, Carcius Azevedo dos Santos, que ressaltou a expansão da UDV no país, informando que a religião tem atualmente presença em todos os estados da Federação e em países como os Estados Unidos, Reino Unido, Espanha e Portugal.

Simplicidade

Discursando em nome dos sócios fundadores da UDV em Brasília, Paola Simoni Silveira destacou ao plenário lotado da Câmara Distrital a simplicidade do mestre José Gabriel da Costa, fundador da União do Vegetal, e lembrou os preconceitos que tiveram de enfrentar no início. “Mas hoje já somos reconhecidos como uma rede solidária, que prega um modo de vida sustentável”, disse.

Há 49 anos integrando a União do Vegetal, José Luiz de Oliveira disse que o fato de ter boa saúde aos 76 anos de idade é uma comprovação de que o chá Hoasca não é prejudicial. “Há pessoas mais idosas que ainda bebem o chá e permanecem saudáveis”, afirmou, acrescentando “o nosso objetivo é proporcionar a paz, paz pra todo o universo, pra todas as pessoas que existem no mundo”.

Em seu pronunciamento o juiz Jair Araújo Facundes revelou a resposta de um governador do Acre à pergunta de por que sempre atende prontamente quando é solicitado pela União do Vegetal. “ O governador me disse que com o trabalho da União do Vegetal o estado economiza orçamento, porque são menos gastos com educação, saúde e segurança”, afirmou o juiz.

História da UDV em Brasília

Os trabalhos da UDV no Distrito Federal tiveram início em 1974, a cargo de um pequeno grupo de pessoas que se reuniram numa garagem na cidade satélite do Gama. No mesmo ano, foi criado o Núcleo Estrela do Norte, na cidade satélite de Planaltina. Em 1982, a Sede Geral da União do Vegetal foi transferida de Porto Velho (RO) para o Distrito Federal, instalando-se nas dependências desse núcleo. Atualmente, o Núcleo Estrela do Norte está instalado em Porto Velho.