Sede Geral: a casa de todos caianinhos

*Juliane Oliveira

Irmandade da Sede Geral – Ano: 1982 | Foto: Yuugi Makiuchi

No Cerrado, entre ipês e palmeiras, uma casa recebe caianinhos de todos os cantos e sotaques do Brasil e do mundo. Uma casa construída para acolher irmãos e transmitir os ensinos e a doutrina de Mestre Gabriel. A Sede Geral, hoje inteirando 33 anos em Brasília, é a casa de todo caianinho. Ela abriga a Representação Geral e a Diretoria Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal. Nela, estão também lotados os membros do Conselho da Administração Geral (Conage) e uma irmandade de mais de 190 sócios.

Expansão da UDV

De norte a sul, a União do Vegetal começou a sua expansão de forma ordeira e fazendo cumprir a palavra do seu fundador, Mestre Gabriel, quanto ao seu crescimento. Crescimento esse que motivou a transferência da Sede Geral da cidade de Porto Velho (RO) para Brasília (DF) no ano de 1982. Em Porto Velho, Mestre Gabriel, que cedeu sua casa para a realização das primeiras sessões religiosas, formalizou a União do Vegetal registrando os primeiros documentos do Centro e ensinou a importância de cativar as autoridades.

Clique aqui e acesse a Galeria de Imagens da Sede Geral

Com a União do Vegetal expandindo-se para o Sul do país e o isolamento geográfico de Porto Velho, alguns membros da sua direção apresentaram a ideia de mudar a Sede Geral para outra cidade. Manaus, no Estado do Amazonas, e Brasília, no Distrito Federal, eram as possibilidades. Optou-se então por Brasília por ser o centro geográfico e político do Brasil.

A mudança da Sede Geral de Porto Velho para Brasília foi decidida em reunião da Administração Geral, órgão máximo da UDV na época, no dia 30 de outubro de 1982, em Manaus (AM). Na época, a Administração Geral era formada por todo o Quadro de Mestres da União do Vegetal. No mesmo dia, o Mestre Raimundo Monteiro de Souza, o Mestre Monteiro, foi eleito Mestre Geral Representante da União do Vegetal.

No dia seguinte, a ata da reunião foi elaborada e assinada pelos presentes, registrando uma mudança importante no processo de expansão da religião criada por Mestre Gabriel. Nessa época, além da Sede Geral, existiam na UDV nove núcleos, um pré-núcleo, quatro distribuições de Vegetal, mais de 50 mestres e aproximadamente 700 sócios.

Estrela do Norte

Mestre Monteiro volta para Brasília onde residia com a família e durante a sessão de 1o de novembro de 1982, de Confirmação da União do Vegetal no Astral Superior, realizada no Templo do Núcleo Estrela do Norte, em Brasília, comunica a transferência da Sede Geral conforme aprovação da Administração Geral.

O Núcleo Estrela do Norte, criado em 1976, foi o primeiro núcleo da União do Vegetal no Distrito Federal. Formado por um grupo de jovens, organizava-se para cumprir as leis e seguir a doutrina de Mestre Gabriel em uma casa simples, porém acolhedora, em meio ao cerrado. Em 1o de novembro de 1982, com a transferência da Sede Geral para Brasília, o Núcleo Estrela do Norte deixa de funcionar e a estrutura local e sua irmandade passam a constituir a Sede Geral da União do Vegetal. Em 1983, o Núcleo Estrela do Norte instalou-se em Porto Velho.

Sede histórica

Nessa cidade, a antiga sede recebe o nome de Núcleo José Gabriel da Costa, passando a chamar-se posteriormente de Núcleo Mestre Gabriel, em homenagem ao fundador do Centro e quem primeiro cedeu sua casa e amor por essa obra sagrada. O Núcleo Mestre Gabriel também é conhecido hoje como a Sede Histórica da União do Vegetal.

*Integrante do Corpo Instrutivo da Sede Geral.

Pesquisa das fotos históricas: Yuugi Makiuchi, pesquisador do Departamento de Memória e Documentação da UDV  e integrante do Quadro de Mestres do Núcleo Estrela Matutina (Brasília-DF).

13 respostas
  1. Sonia Fagundes
    Sonia Fagundes says:

    Importante pra mim esta data. Estava chegando na União e começando
    um trabalho também em Curitiba no sul do pais.
    Quantas famílias reestruturadas, construidas com a luz do nosso Mestre.
    Parabéns a irmandade de Brasília que tanto fez e tanto vem fazendo.

    Responder
  2. Ana Célia Monteiro
    Ana Célia Monteiro says:

    Tenho lido bastante sobre a União através de um amigo que reencontrei em Fortaleza e me falou muito desse trabalho lindo que VCs fazem um amor imenso para com o próximo. Estou precisando de uma família assim cheia de amor verdadeiro pois acredito muito que o verdadeiro amor pode transformar tudo. Estou cada dia mais apaixonada pela União e me identifiquei muito com tudo e gostaria de saber onde tem um núcleo aqui na cidade do Rio de Janeiro e como posso fazer para participar. Desde já meu muito obrigado! Paz e amor a todos.

    RESPOSTA: Cara Ana Célia. Grata pelas bonitas palavras. Entre em contato conosco através do e-mail contato@udv.org.br.

    Responder
  3. Rodrigo Polignano
    Rodrigo Polignano says:

    Gostei bastante desse vídeo.
    Realmente trouxe um sentimento de honra e alegria em pertencer e poder testemunhar essa linda história de amor.
    Felicidades a todos, em especial a esta nobre irmandade da Sede Geral que tanto tem se dedicado, com tanto empenho e responsabilidade em prol de todos nós.
    Nossa gratidão e reconhecimento por esse trabalho, com votos de saúde, prosperidade, paz e alegria.
    Tudo de bom!
    Abraços fraternos,
    Rodrigo Polignano & Família

    Responder
  4. Lilian Marchesoni
    Lilian Marchesoni says:

    Muitas lembranças de uma infância feliz na Sede Geral! :) Feliz também por poder proporcionar momentos como os que vivi para meus filhos!

    Responder
  5. Alexandre Grassi
    Alexandre Grassi says:

    Graças ao Mestre pela nossa Sagrada União. Mesmo de longe e possível se emocionar com a história desses Mestres que consagram cada dia mais esta sagrada religião.

    Responder
  6. Wanessa Alcantara
    Wanessa Alcantara says:

    Lindo video, emocionante…Me trouxe o sentimento de procurar ter cada vez mais alegria e disposição para prosseguir na UDV.Grata a todos, que assim com grande amor se dedicaram e se dedicam a obra do Mestre Gabriel.

    Responder
  7. Márcio Luiz Da Rós
    Márcio Luiz Da Rós says:

    Prezados manos e manas, bom dia e bons flúidos!
    Que a Luz do Mestre Gabriel esteja em todos os corações, confirmando para todos nós esse querer bem de estar seguindo a Estrela Oriental.
    No mês de outubro de 1982, eu já sabia que estava acontecendo algumas coisas, não muito boas, em Porto Velho/RO, com as pessoas da Direção da União do Vegetal. No final daquele mês, soube que os mestres, de todo o Brasil, estavam convocados para uma sessão em Manaus/AM, visto que não estava podendo acontecer, a mesma, na capital rondoniense.
    Assim, no dia 1º de novembro, em plena segunda-feira, estávamos no Templo, do então Núcleo Estrela do Norte, em Brasília/DF, quando o mestre Monteiro entrou no recinto usando a camisa azul de Mestre Geral Representante, acompanhado do mestre Felipe Belmonte, de camisa verde (até o dia 31 de outubro, o mestre Felipe estava no lugar de Mestre Representante do Núcleo Estrela do Norte).
    Eu estava no lugar de 1º Tesoureiro e, assim, continuei neste cargo, até o dia 6 de janeiro de 1982, quando uma nova diretoria, já da Sede Geral, tomou posse. Nesta nova diretoria fiquei no cargo de 2º Tesoureiro, pois ainda estava no Corpo Instrutivo.
    Sejamos felizes!
    Abraços fraternos do Márcio Da Rós – João Pessoa/PB.

    Responder
  8. Jaqueline Rodrigues de Almeida
    Jaqueline Rodrigues de Almeida says:

    Como é bom fazer parte dessa família UDV, que o nosso grande mestre Gabriel criou. Vejo assim que se faz cumprir a mensagem de Jesus que somos todos irmāos, e que o Mestre Gabriel com a sua luz vem unido todos corações.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *