O olhar do Mestre Gabriel

Foto: Cícero Alexandre Lopes.

Em homenagem ao Mestre Gabriel, criador da União do Vegetal, que no próximo dia 10, faria 95 anos, o blog da UDV publicará uma série de textos ao longo desta semana. O texto “O olhar do Mestre”, de autoria do jornalista Edson Lodi*, é o primeiro deles. O texto foi publicado no livro Relicário – Imagens do Sertão. O blog deseja que o material publicado possa ser recebido como um presente dedicado à todos que acompanham o “Seu” Gabriel no cumprimento da missão.

Em todos os templos da União do Vegetal existe afixada na parede principal a foto de Mestre Gabriel. Essa imagem em preto e branco – obtida em um de seus aniversários, em 10 de fevereiro – chama atenção de quem ali penetra.

A fronte de Mestre Gabriel está levemente iluminada. A luz espalha-se pelo arco e realça a palavra universal nele escrita. Brilha, ainda, em seu rosto grave e sério, como quem carrega uma cruz e semeia flores de cores vivíssimas pelo caminho. Será o espocar do flash ou vem esta luz de seu iluminado coração?

O olhar firme e penetrante de Mestre Gabriel – como quem vê os movimentos do presente e, sincronizado com o tempo, antevê cem anos à frente – transmite a impressão de movimentar-se, acompanhando a pessoa que mira aquela foto; é algo que impressiona.

“Em todo lugar que você estiver, ele está olhando pra gente. Eu tinha muita prática e botava numa posição que dava pra saber, aonde você olhasse pra ele, ele estava olhando para o seu lado; isso é coisa profissional minha – revela o fotógrafo**.

O autor conta que a fotografia foi tirada na casa em que Mestre Gabriel e a família residiam e que servia como Sede para a realização dos trabalhos da União do Vegetal:

“Foi numa sessão, na casinha velha, no aniversário dele, só não me lembro qual foi o ano. Eu disse que ia bater uma chapa, ele fez aquele gesto e eu bati. É o jeito dele mesmo”.

Mestre Gabriel encontra-se de pé, debaixo do arco. Está ereto e demonstra segurança e a confiança de quem sabe o que está fazendo. Tem-se a ideia de que está levemente inclinado para a esquerda, sem que com isso perca a estabilidade. E em seus ombros a responsabilidade não parece pesar nada mais que o necessário. O Mestre está em sua fortaleza.

O gesto de estender a mão esquerda em direção ao copo emborcado transcende a imagem, as minúcias que o olhar desatento não consegue absorver. Tal qual o marinheiro que, para lançar-se ao mar e conduzir seus companheiros, desemborca a jangada e faz sua oração, Mestre Gabriel está sereno e irradia tranquilidade aos que irão acompanha-lo ao imponderável; ao que há de vir.

Na fotografia original, sem o corte realizado para que a foto se adequasse melhor à exposição nos templos, vê-se ainda a presença dos mestres Bartolomeu e Florêncio, à direita, e do irmão Valdomiro (“seu” Belém).

Todos os elementos estão perfeita e naturalmente inseridos, compondo o conjunto que moldura a presença do Mestre naquela fotografia. Mas não simplesmente adornos; a vitrola, os copos, a pequena jarra que, possivelmente, contem água e o arco são instrumentos imprescindíveis ao ritual de uma sessão de escala.

O bolo em homenagem ao aniversariante foi decorado com a simplicidade do bem querer e exposto sobre a rústica mesa. Seu significado vai além da imagem que aparece em primeiro plano na fotografia . No campo invisíveis das ideias, a força da fraternidade e da alegria ali está presente.

*Edson Lodi é Mestre Assistente Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

**Mestre Cícero Alexandre Lopes é o autor da fotografia de Mestre Gabriel. A imagem está presente em todos os Núcleo da União do Vegetal. 

19 respostas
  1. Rodrigo Polignano
    Rodrigo Polignano says:

    Excelente reiniciar a semana lendo novamente este belo texto. Feliz semana a todos e que possamos reverenciar o nascimento do Mestre em gestos cada vez mais fraternos pra que a construção da Paz no Mundo possa acontecer a cada dia, em cada momento.
    Abraços fraternos.

    Responder
    • Tarsila Rosa
      Tarsila Rosa says:

      Esta foto para mim é a representação viva do que é a União do Vegetal: Séria, porém alegre.
      Onde vejo esta foto me sinto em casa.
      Viva 10 de Fevereiro!
      Viva Mestre Gabriel

      Responder
  2. Jackson Alexandre
    Jackson Alexandre says:

    Tantos detalhes, que interessante perceber.
    Lendo o texto, me veio a musica Grande Reinado…”todo mundo sente falta dele ninguém se esquece”.
    Dentro dessa boa energia que a semana traz, que o Amor ao próximo seja o presente que possamos oferecer hoje e sempre.

    Responder
  3. Marcos Paulo F Souza
    Marcos Paulo F Souza says:

    Ao ver esta fotografia, vem um sentimento de que dias melhores ainda virão, com esperança de que mais irmãos também celebrem este dia 10 sagrado no mês de fevereiro, e com fé de ver crescer a UDV, também nesta força da lua crescente!

    Responder
  4. Edson Luiz da Silva
    Edson Luiz da Silva says:

    Esta foto do Mestre tem uma história interessante em minha vida.
    Em meados dos anos oitenta, eu morava em Porto Velho-RO, e fui fazer um tratamento dentário, com um dentista chamado Ivo, e com ele no mesmo consultório, trabalhava um protético , se não me engano chamava-se Mário. E ele (Dr. Ivo) tinha este quadro do Mestre Gabriel na frente da cadeira no seu local de trabalho.
    E todas as vezes que eu ia no consultório, quando sentava na cadeira ficava de frente da foto, e ficou na minha memória esta foto.

    As vezes me dava vontade de perguntar à ele quem era a pessoa da foto, porém nunca perguntei. Eu pensava que se tratava do seu pai ou avô, coisas deste gênero.
    E para minha surpresa, em 2007, fui convidado por um amigo (IN MEMORIAN), senhor Agostinho, que me levou até o Núcleo Estrela do Norte (Porto Velho-RO), e quando cheguei lá, fui entrevistado pelo Mestre Rossano,(filho do Mestre Braga), e no sábado fui beber o chá pelá primeira vez e, quando entrei na fila, vi a mesma foto do consultório do Dr. IVO.

    E quando concluiu a sessão eu perguntei ao Mestre Braga quem era a pessoa da foto e ele me explicou com bastante detalhes quem é o senhor da foto.
    Então contei à ele que já tinha visto aquela foto, ele me perguntou, como e onde eu a tinha visto.
    Contei à ele ter sido em um dentista da cidade, aí ele me perguntou em qual bairro, eu disse: foi no Tancredo Neves.
    Ele sorriu e disse, é a mesma foto sim, “o moço que o senhor conheceu é um mestre da União do vegetal”.
    E para minha surpresa, na outra sessão, sendo a segunda que participei, lá estava o Protético que teria feito um trabalho para mim, participando da sessão dirigida pelo meu amado amigo, Mestre BRAGA.
    Assim foi a minha chegada na união e o meu encontro com a foto do, e, com este grande Mestre Gabriel.

    RESPOSTA: Grata por compartilhar sua experiência, Edson.

    Responder
  5. Iuri Roriz
    Iuri Roriz says:

    Olhar para essa foto e ler o texto me emociona. Mestre Gabriel é para mim um amigo que conheci em outro plano. Acredito que ele sempre esteve comigo e agora vive mais presente em minha vida. Uma amizade sincera que devemos ter como exemplo. Feliz aniversário em nossos corações. Viva a união.

    Responder
  6. Maria Helena R. Moraes
    Maria Helena R. Moraes says:

    1o. é reconhecer o taleto e a afeição do poeta, M. Edson Lodi, que até no nome já tem o som (ed-son). 2o, é compreender que aos olhos de Mestre Gabriel, não posso me esconder, pois, é como “tapar o Sol com peneira”… Que todos nós possamos fazer por merecer Esse Amor!!

    Responder
  7. Regina Richau Frazão
    Regina Richau Frazão says:

    Sempre que conheço alguma coisa a mais sobre esta fotografia, fico feliz. O fotógrafo, Mestre Cícero, esteve realmente inspirado ao retratar o Mestre Gabriel com maestria, permitindo que ele nos seguisse com seu olhar profundo e inquiridor onde quer que estejamos. Me sinto guarnecida debaixo de suas vistas. E nesse momento que antecede a mais um aniversário deste nosso guia, só posso pedir que nos conceda dias de esperança e que nos auxilie a sermos cada vez mais, um instrumento da Paz Mundial por ele profetizada.

    Responder
  8. Jorge Luiz NMMN
    Jorge Luiz NMMN says:

    Essa bela foto, como diz um amigo que é um profissional de psicologia de excelência, mostra que a face do Grande Mestre está em PAZ !
    Esse olhar Sereno, gentil e carinhoso que estou buscando ter !
    Agradeço a imagem que norteia uma PAZ, pois sinto que nossa face demonstra sem palavras nossos adjetivos e espelho como esse é de grande valia.
    Grande abraço !!!

    Jorge Luiz NMMN

    Responder
    • Jaques Lene Ribeiro Silva
      Jaques Lene Ribeiro Silva says:

      Esse Mestre é o caminho! Como a nossa vida muda de direção o tempo todo, não estou frequentando ainda. Assim que eu puder retorno para essa Obra Divina! Estou com o Mestre no meu coração espiritualmente! Dentro do salão essa Luz brilha ofuscando a PAZ e LUZ! Salve dia 10 de fevereiro!

      Responder
  9. Elisangela Ferrete
    Elisangela Ferrete says:

    “Senti o seu olhar
    Vindo do quadro da parede
    A foto na moldura
    É como quem tá vendo a gente
    Mas não senti censura,
    Sua figura consciente
    Só transmite ternura
    E força pra ir pra frente

    Baiano, mestre baiano
    Zum zum de capoeira
    Afinca no pau forte
    Sua estrela, sua bandeira
    Dá licença da pergunta
    Por favor, me diz aí
    Que eu sou, pra onde vou
    O quê que eu tô fazendo aqui…”✨

    Eduardo Soares

    Responder
  10. Thiago Menezes
    Thiago Menezes says:

    Benção Divina

    Elas vem, elas vão
    Entre encontros e desencontros
    Deixam algo em meu coração
    Minha mente julga, se perturba
    É quando uma luz aparece, esblandece
    Clareia o meu coração
    Me ajudando a viver em União
    Alimento em mim um verdadeiro amor
    Firmando a minha alma, eu caminho
    Nessa estrada que é Benção Divina
    Pelo caminho da vida que me ilumina

    Thiago Menezes

    Responder
  11. Ligia Sarubbi
    Ligia Sarubbi says:

    Ola amigos! Tenho uma foto do Mestre Gabriel em minha sala, e as pessoas conhecidas que nela entrão, sempre quando olham a foto, perguntam; “este senhor da foto, e seu pai?”… na maioria das vezes, respondo que sim, e ainda complementam: “parece com voce”, nossa eu fico tão feliz! Logico, depois eu digo do que realmente se trata; Parabens a todos os senhores que tem a iniciativa de compartilhar conosco estes documentos tão importante para nossa caminhada na UDV!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *