Núcleo Jardim Florido, 24 anos da UDV no Amapá

Marcello Köhler da Cunha Battanoli*

Irmandade do Núcleo Jardim Florido | DMC/Núcleo Jardim Florido.

Há 24 anos, em 11 de novembro de 1992, em Macapá (AP), realizava-se, pela primeira vez, uma Sessão da União do Vegetal no Estado. Um marco na vida dos caianinhos do Amapá. A vontade de conhecer dos irmãos que se encontravam aqui, aliada à responsabilidade dos Mestres próximos, criaram o movimento propício para que aquele momento se realizasse.

                           Clique aqui e acesse a Galeria de Imagens do Núcleo Jardim Florido. 

Sementes  

No ano de 1982, Oscar Hipólito Robles, de origem Argentina, nascido na cidade de Rosário, deixou seu país vindo para o Brasil em busca de melhores condições de vida, chegando à cidade de Manaus-AM e permanecendo ali por algum tempo, oportunidade em que ouviu falar do chá Hoasca, lhe despertando o interesse de conhecê-lo. Em 1984, foi morar em Porto Velho-RO, onde teve a oportunidade de beber o Vegetal pela primeira vez em uma Sessão, realizada no Núcleo Mestre Gabriel, dirigida pelo Mestre João da Cruz, onde foi sócio por alguns anos.

Em 1991, Oscar Hipólito Robles juntamente com sua família, veio de Porto Velho com destino a Macapá, Estado do Amapá, trazendo consigo quatro litros de Vegetal e uma Carta de Apresentação endereçada ao Mestre Representante do Núcleo Rei Canaã, em Belém-PA, pois o mesmo já pertencia ao Corpo Instrutivo. Chegando em Belém, entrou em contato com o Mestre Antônio Carlos, que na oportunidade era o Mestre Assistente no Núcleo Rei Canaã. Falou a ele de sua vinda para Macapá e expôs sua vontade de continuar seguindo na União do Vegetal, obtendo do Mestre Antônio Carlos a promessa de ir a Macapá assim que fosse possível.

Passaram-se quatorze meses desde aquele dia, quando em uma visita a Macapá, Mestre Antônio Carlos realizou, no dia 11 de novembro de 1992, na residência do Senhor Oscar, a 1ª Sessão de Vegetal em Macapá. Participaram daquela Sessão: Mestre Antônio Carlos, Oscar Robles, Selma Santos (in memoriam), Marco Aurélio Freitas Battanoli, Evanita Battanoli, Ailton Correa de Sá, Pedro Paulo (in memoriam) e Augusto. Naquele momento não eram apenas pessoas que estavam bebendo o Vegetal. Eram, sim, as primeiras sementes deste jardim que estavam sendo plantadas na memória e no coração de homens e mulheres.

Primeiras Sessões

No dia 28 de dezembro de 1992, foi realizada a 2ª sessão, também dirigida pelo Mestre Antonio Carlos, quando foi contada pela primeira vez a História da Hoasca. No dia 10 de Fevereiro de 1993, em comemoração ao aniversário de nascimento de Mestre Gabriel, foi realizada a 3ª sessão da Distribuição Autorizada de Macapá, sendo que esta foi a 1ª Sessão realizada com os sócios uniformizados, onde foi lido pela primeira vez o Estatuto, feita a Explanação e contada a História da Hoasca, ouvida na voz Mestre Gabriel, em fita gravada.

Naquela Sessão foi doado o terreno para construção do templo e, no dia seguinte, definido o local onde ele seria construído, ficando marcada a data para inauguração do mesmo em 22 de julho de 1993. Durante a sessão, Mestre Antonio Carlos perguntou aos presentes se os mesmos queriam que a União do Vegetal realmente viesse para Macapá, quando a maioria respondeu que sim, dando início, então, a Distribuição Autorizada de Macapá.

No dia 27 de março de 1993, foi realizada a Sessão da Ressureição do Mestre, dirigida pelo Mestre Sílvio, na época Mestre Representante do Núcleo Rei Canaã, onde foram convocados os dois primeiros discípulos para o Corpo Instrutivo: Marco Aurélio e Selma Santos. Naquela oportunidade, foi solicitado ao Sr. Oscar que providenciasse a composição da 1ª Diretoria da Distribuição Autorizada, sendo que provisória e ligada ao Núcleo Rei Canaã, tendo como Presidente Marco Aurélio, Tesoureiro Ailton e Organ Selma. No dia 28 de março de 1993, foi realizada a 1ª Sessão Instrutiva, dirigida pelo Mestre Sílvio.

O Jardim crescendo 

Em 1º de maio de 1993, vieram para Macapá o Mestre José Florêncio de Carvalho Júnior e sua companheira, a Conselheira Maristela Moraes de Carvalho, juntamente com seus filhos, vindos do Núcleo Caupurí, Manaus-AM, realizando no dia 02 de maio sua 1ª Sessão em Macapá, posteriormente vindo a ser o Mestre Responsável pela Distribuição Autorizada de Macapá. Em seguida, vieram de Belém/PA residir em Macapá o Mestre Antônio Carlos e sua companheira, Conselheira Marta, e filhos, compondo com o Mestre José Carvalho o primeiro Quadro de Mestres local e fundadores do Núcleo.

A chegada de mais e mais pessoas, que vinham conhecer a União do Vegetal, bem como o movimento de início dos trabalhados de construção das instalações, tais como o templo, banheiros, copa e casa de preparo, vieram aproximando os irmãos e unindo o pensamento e o coração daqueles que alí se dispunham a ser instrumentos do Mestre na expansão de Sua Obra.

Em 22 de julho de 1996, a Distribuição Autorizada de Macapá foi elevada a Pré-Núcleo, denominado Pré-Núcleo Jardim Florido, tendo 45 sócios fundadores, sendo o Mestre Antônio Carlos o 1º Representante do Núcleo. Em 11 de novembro de 1999, o então Pré-Núcleo ascendeu à categoria de Núcleo Jardim Florido, permanecendo Mestre Antônio Carlos como Mestre Representante.

De lá pra cá, muito trabalho, esforço e dedicação. Mais irmãos começaram a chegar. Novas flores a brotar. Famílias constituídas puderam se fortalecer. Outras iniciaram dentro deste jardim. Pais educando filhos, ensinando-os a caminhar, a serem homens e mulheres de bem.

Estiveram na Representação do Núcleo os Mestres: Antônio Carlos Elias da Fonseca, José Florêncio de Carvalho Júnior, Paulo Maurício Figueiredo, Gário Florêncio de Carvalho, Marcos Antônio Belo, Carlos Michel Miranda da Fonseca. Atualmente, Ruimar Monteiro Pena ocupa o lugar de Mestre Representante.

Reconhecimento

Aos primeiros irmãos, às primeiras flores, nossa gratidão e respeito por tudo que fizeram e continuam fazendo por esta obra. Aos primeiros Mestres, nosso reconhecimento pelo esforço e desprendimento por doarem de si, de seu tempo e conhecimento para trazerem os ensinos do Mestre Gabriel para todos nós. Aos Mestres Representantes, nossa gratidão pela continuidade da Obra e por todo empenho no fortalecimento da irmandade e Núcleo. Por tudo isso, podemos dizer: o dia 11 de novembro é um marco para esta irmandade de Macapá, trazendo crescimento espiritual para as pessoas deste lugar.

Os que aqui continuam chegando e sendo cativados por esta Sagrada Religião, são também lindas flores deste jardim. Que as bênçãos do bom e fiel jardineiro estejam sempre presentes na vida de cada flor deste Jardim Florido, nos cobrindo com Luz, Paz e Amor.

*Integrante do Corpo Instrutivo e Auxiliar do Departamento de Memória e Comunicação (DMC) do Núcleo Jardim Florido (Macapá-AP)

12 respostas
    • Eliezer
      Eliezer says:

      Parabéns ao Núcleo Jardim Florido e a sua irmandade. Fico feliz em ver essa linda historia de perseverança, dedicação e conquistas. A União faz a força e vem desenvolvendo sempre.

      Eliezer

      Responder
  1. Leonardo Bemergui
    Leonardo Bemergui says:

    Felicidades à irmandade do Núcleo Jardim Florido. Este núcleo e alguns irmãos desta irmandade fazem parte da minha história na União do Vegetal. Foi em uma distribuição de vegetal, dirigida pelo então Mestre Representante do Núcleo Jardim Florido, meu grande amigo Marco Belo, num preparo de vegetal realizado no Núcleo Castelo de Marfim (na época era Pré-Núcleo), em conjunto com a irmandade do Núcleo Jardim Florido, no dia 14/01/2006, que eu me associei ao CEBUDV. Momentos especiais e únicos registrados em minha memória e no meu coração!

    Salve o Núcleo Jardim Florido! Salve a irmandade deste Núcleo!

    Responder
  2. Tatiana Moura
    Tatiana Moura says:

    Parabéns!!! Desejo que continuem zelando por este jardim, cultivando sempre o amor, a fraternidade e a União entre os irmãos. Prosperidade e felicidade a todos!!!!

    Responder
  3. Miriam Mirla
    Miriam Mirla says:

    A União é um lugar de luz, de pessoas que tem me cativado, de amigos antigos que reencontrei em um estágio maravilhoso, é um lugar onde venho aprendendo a amar junto aos ensinamentos do Mestre.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *