Núcleo Estrela da Manhã, 15 anos de caminhada

André Manta*

| 1º Maio 2018

Irmandade do Corpo Instrutivo, 2018 | Foto: João Franco

Neste dia 1º de maio, Dia do Trabalho, é aniversário do Núcleo Estrela da Manhã. E, realmente, o que não faltou foi trabalho ao longo destes 15 anos para chegarmos hoje aqui neste dia de festa, comemorando tantas conquistas e realizações. Porque, junto com o trabalho, veio também a disposição, o entusiasmo e a alegria de iniciar um novo Núcleo.

Foi o Mestre Carlos Ribeiro, quando estava na Representação do Núcleo Serenita (6/1/2000 a 6/1/2003), quem deu início ao processo de desmembramento, que daria origem ao Estrela da Manhã. O Mestre Joel Miguez Sobrinho, que já havia sido Mestre Representante do Serenita durante dois mandatos, foi o escolhido para liderar o grupo de pessoas e começar o trabalho.

                Clique aqui e acesse a Galeria de Imagens do Núcleo Estrela da Manhã.

A compra do terreno aconteceu no dia 7 de fevereiro de 2002, data de aniversário do Mestre Joel. A partir daí, começaram os trabalhos. E o primeiro deles foi o plantio de Mariri e Chacrona, prioridade no Estrela da Manhã desde antes da sua inauguração. Lembro que tínhamos mutirão praticamente todos os sábados, e em pouco mais de um ano inauguramos o Núcleo, no dia 1º de maio de 2003.

A origem do nome

Na época, o Mestre Geral Representante era José Luiz de Oliveira, o Mestre Zé Luiz. Foi ele quem, em um momento de inspiração, propôs que o novo Núcleo se chamasse Estrela da Manhã. A força e a beleza desse nome fizeram com que ele tocasse nosso sentimento, alegrando nossos corações. A Estrela que iluminou e vem iluminando a todos nós, nos guiando nesse caminho de Luz, Paz e Amor.

O Mestre Central da 4ª Região, naquele período, era o Mestre José de Anchieta Torreão de Sá, que hoje ocupa o cargo de Mestre Assistente Geral do Centro. Ele dirigiu a Sessão de inauguração e passou a direção para o Mestre Joel, entregando-lhe a camisa de Mestre Representante. Ao todo, são 65 sócios fundadores, um número considerável para um Núcleo que estava começando.

Nestes 15 anos, quatro Mestres já ocuparam o lugar de Mestre Representante:

Joel Miguez Sobrinho (2003/2009)
Magno Cerqueira Reis (2009/2012)
Augusto Boureau (2012/2015)
André Manta (2015/2021)

Momentos marcantes

Um dos acontecimentos mais marcantes da história do Estrela da Manhã foi um Preparo em 2006 que durou sete dias. O Mariri veio do Acre, trazido pelo nosso amigo José Gomes Machado, o Mestre Maneca (hoje Mestre Representante do Núcleo Porto Alegre – Porto Alegre, RS). A quantidade de Mariri era grande e, na época, nossa fornalha tinha algumas limitações. O resultado: demoramos sete dias para preparar todo o Mariri que veio. Mas o Grau do Vegetal compensou o trabalho. Foram momentos de experiências inesquecíveis.

A inauguração do Templo também marcou nossa irmandade, pois passamos oito anos realizando as Sessões na Casa de Preparo, até conseguirmos construir o Templo definitivo. Um dos principais incentivadores desse trabalho foi o Mestre Carmiro Gabriel da Costa, filho do Mestre José Gabriel da Costa (criador do Centro).

Em uma das vezes em que esteve no Estrela da Manhã, e encontrou a obra parada, Mestre Carmiro nos estimulou com o jeito que lhe é característico: “Pessoal, até agora vocês não concluíram essa obra? Lá no nosso Núcleo, em Porto Velho, a gente com bem menos recursos que vocês já construiu nosso Templo”. Era o incentivo que faltava para a gente se mobilizar. Nove meses depois, no dia 1º de novembro de 2011, inauguramos o Templo.

Pessoas inesquecíveis

Não dá para falar dos 15 anos do Estrela da Manhã sem mencionar Madalena Miguez e Fernando Hoisel, que partiram e deixaram muita saudade.

Madalena Miguez é mãe do Mestre Joel. Chegou à União do Vegetal no Núcleo Apuí, em julho de 1982, aos 69 anos. Foi uma das fundadoras do Estrela da Manhã. Frequentou a UDV por 27 anos, até fazer a passagem em 2009, aos 95 anos. Tornou-se um exemplo de Conselheira, auxiliando muitos irmãos na caminhada. Falava com frequência nas Sessões, e sempre de forma firme e determinada. Dizia que a maior riqueza da sua vida foi o filho tê-la trazido para a União do Vegetal. “Foi o maior tesouro que pude encontrar”, falava.

Fernando Hoisel, por sua vez, foi um dos pioneiros da UDV na Bahia. No Estrela da Manhã, chegou ao Quadro de Mestres, e deu uma grande contribuição ao Núcleo, não só com sua força de trabalho, mas também com seu carisma e bom humor. Médico naturalista, promoveu uma série de cursos e palestras sobre alimentação saudável, cujo resultado foi revertido para a aquisição de uma área de plantio de Mariri e Chacrona para a 4ª Região (Bahia e Sergipe).

E se alguns partem, outros também vêm chegando. É grande o número de crianças, filhos de sócios, que nasceram ao longo desses 15 anos. O nascimento mais recente, de Diana Miguez Souza, filha do casal Fábio Souza e Clariça Miguez, aconteceu há menos de um mês, no dia 7 de abril deste ano, trazendo uma grande alegria para toda a irmandade.

Gratidão

Hoje, refletindo sobre essa nossa caminhada, o sentimento é de gratidão. Sobretudo, pelo que já conseguimos realizar nesses 15 anos. Nossa conquista mais importante, porém, é o amadurecimento da irmandade. E, neste sentido, ainda temos muita estrada pela frente.

Atualmente, estamos com 204 sócios, dos quais oito do Quadro de Mestres, 24 do Corpo do Conselho, 69 do Corpo Instrutivo, e 103 do Quadro de Sócios. A meta é começar o processo para o nosso primeiro desmembramento. Porque cada novo Núcleo que surge, realiza, aos poucos, a missão do Mestre Gabriel de trazer a paz para o mundo.

Meu desejo para a irmandade do Estrela da Manhã é que possamos ter cada vez mais prosperidade, tanto material quanto espiritual, para que o Núcleo possa continuar se desenvolvendo e auxiliando as pessoas. Luz, Paz e Amor para todos nós. E que possamos comemorar muitos e muitos aniversários juntos, sempre com o sentimento de Luz, Paz e Amor em nosso coração.

*André Manta é sócio fundador e Mestre Representante do Núcleo Estrela da Manhã. Ocupa também o cargo de Vice-Diretor de Comunicação Externa do Departamento de Memória e Comunicação do Centro.

9 respostas
  1. Maria Clara Benicio
    Maria Clara Benicio says:

    É com alegria que parabenizo toda irmandade do Núcleo Estrela da Manhã, desejando saúde e paz para todos, para que possam viver sempre em União, contribuindo com essa Obra Sagrada.
    Estrela é o lugar onde iniciei minha vida de hoasqueira e aonde tenho bons amigos. Lugar especial em minha vida e que tenho no meu coração.
    Sou grata ao M. Representate, ao Quadro de Mestres e toda irmandade por zelarem por esse lugar especial.
    Desejo que o Mestre Gabriel ilumine a todos nós e que possamos praticar sempre os ensinos do Grande Mestre, verdadeiramente.
    Que sejamos merecedores de cultivar esse símbolo sagrado em nosso coração: Luz, Paz e Amor
    Viva o Estrela da Manhã!
    Viva o Mestre Gabriel!
    Viva toda Irmandade!
    Viva essa Obra Sagrada! ❤

    Responder
  2. Nanete Pinho Rocha
    Nanete Pinho Rocha says:

    É com lágrimas no meu rosto, cheia de alegria no coração e muito Amor por esta obra, que tanto tem feito de bem em meu espírito, na minha vida, na vida do meu filho Diogo Rocha, que aqui se casou com Thaís Domingos e desta união nasceu o nosso lindo Miguel. Muita Gratidão e Amor são palavras que expresssam os sentimentos que alimentam o meu espírito por esta Sagrada Obra. Viva nosso Mestre Gabriel e todos os nossos mestres queridos: M.Joel, M. Antônio Magno, M. André Manta e todos os outros que vêem trabalhando com dedicação e Amor por nossa UNIÃO.

    Responder
  3. Nanete Pinho Rocha
    Nanete Pinho Rocha says:

    E neste dia de alegria não posso deixar de lembrar aqui sobre a importância da família e da força feminina, tão bem representada aqui pelas Cons. Itana e Eliana e Meire que nos mostram o poder da união na irmandade, e sempre a inspirar outras com sua força de trabalho e dedicação tendo como mola o AMOR.

    Responder
  4. Lita Passos
    Lita Passos says:

    Desejo a todos nós desse Nucleo Estrela da Manhã seguirmos com a intenção de amadurecer, desenvolver cada vez mais nessa caminhada de Luz Paz e Amor.

    Responder
  5. Tânia Batista
    Tânia Batista says:

    Quantas alegrias poder ver a linha do tempo do Estrela da Manhã através das fotos de pessoas tão queridas a mim.
    Ver as fotos de C. Madá, M. Fernando Hoisel e Virgínia me proporcionou uma saudade que é mais que saudade dos que partiram… é saudade que fica em nós por tudo de bom que vivenciamos juntos! O Estrela da Manhã faz parte de um tempo bom que vivi na Bahia! M. André e M. Joel, queridos amigos, transmitam à irmandade meu abraço e o sincero sentimento de que haja sempre alegria, paz e harmonia nessa estrada de evolução…Grata por tudo!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *