Núcleo Caupurí inteira 50 anos

* Edvanildo Lobo

Irmandade do Núcleo Caupurí (22.07.2017) | Foto: DMC/Núcleo Caupurí..

O Núcleo Caupurí, que inteira hoje 50 anos de história, tem como marco de sua criação a primeira sessão de Vegetal realizada em Manaus (AM), no dia 29 de julho de 1967. Até então, a UDV existia apenas em Porto Velho (RO), instalada na residência de José Gabriel da Costa, o Mestre Gabriel, criador da União do Vegetal.

Clique aqui e acesse a Galeria de Imagens do Núcleo Caupurí.

A sessão foi em um sítio do então discípulo Geraldo Carvalho, irmão do Mestre Florêncio Carvalho, à época conhecido como Mestre Cruzeiro. Além do Mestre Florêncio, responsável por trazer o vegetal de Porto Velho para Manaus, estavam presentes seus cunhados Vicente Marques da Silva e Ozélia Gomes de Carvalho, e um homem identificado pelo nome de Sávio, que era o caseiro do sítio, e já havia bebido o Vegetal nos seringais.

Aproximadamente um ano depois da primeira sessão de Vegetal, Mestre Gabriel esteve em Manaus visitando a irmandade pela primeira vez. Voltou a visitá-la em 1970 e nos meses de março (retornando de Fortaleza-CE) e setembro de 1971. De Manaus, seguiu para Brasília, onde desencarnou em 24 de setembro de 1971.

Circulando o mundo

Em 1971, foi formada a primeira diretoria do Núcleo de Manaus. O próprio Mestre Gabriel indicou as pessoas para compor o colegiado e, na ocasião, falou as seguintes palavras: “Daqui a União do Vegetal vai circular o mundo”.

Depois do Núcleo Caupurí, originaram-se mais Núcleos pelo Brasil e exterior. Atualmente, a União do Vegetal tem sua Sede Geral localizada em Brasília-DF, 227 Núcleos e Distribuições Autorizadas de Vegetal no Brasil, Estados Unidos, Canadá, Peru, Portugal, Espanha, Reino Unido, Suíça, Itália, Holanda e Austrália.

Em 1976, o Núcleo Manaus passou a se chamar Núcleo Caupurí. Em dezembro do mesmo ano, recebeu o título de Utilidade Pública Estadual.

Rosário de Chamadas

Um fato significativo no Núcleo de Manaus aconteceu durante a derradeira sessão com a presença do Mestre Gabriel em matéria. Nessa ocasião, ele fez o Rosário de Chamadas que foi gravado pelo Mestre Florêncio de Carvalho.

Outro momento importante aconteceu em 1973, quando foi feita a primeira solicitação de estudo científico do Mariri, da Chacrona e do chá Hoasca, ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).

Também merece registro a reunião da Administração Geral (órgão máximo da UDV na época), em 30 de outubro de 1982, no Núcleo Caupurí, que decidiu pela transferência da Sede Geral de Porto Velho para Brasília. A Sede Geral foi instalada em Brasília em 1º. de novembro daquele ano.

*Integrante do Corpo Instrutivo do Núcleo Menino Deus (Manaus-AM). 

Pesquisa das fotos históricas: Miguel Almeida, auxiliar do Departamento de Memória e Documentação da 2ª Região e integrante do Corpo Instrutivo do Núcleo Caupurí.

Post atualizado em 29 de julho de 2017. 

16 respostas
  1. Grace Cordeiro
    Grace Cordeiro says:

    É no Núcleo Caupurí que inicia a minha caminhada na UDV no ano de 2014. Maravilhoso ver as belíssimas imagens que mostram os primeiros irmãos, as primeiras edificações juntamente com o trabalho e união de todos, e a irmandade que sempre vem fortalecendo a obra do Mestre neste lugar e em seus Núcleos filhos e netos. Grata ao Divino Mestre e ao M. Gabriel por estar aqui em passos renovados com marcas de amor e conhecimento.
    Felicidade e Prosperidade e o Símbolo da União a todos nós!
    Grace Cordeiro (Nc. Caupurí – Quadro de Sócios).

    Responder
  2. Janainna Souto Maior de Albuquerque
    Janainna Souto Maior de Albuquerque says:

    Que Linda iniciativa e que Bom fazer parte da história do Núcleo Caupurí. Parabéns!!! Obs: a criança não identificada que aparece na Foto do primeiro batizado é: Luana Souto Maior, a titulo de atualização. Sejam Felizes

    RESPOSTA: Grata, Janainna. Faremos a atualização.

    Responder
  3. Gilson de Souza Matias
    Gilson de Souza Matias says:

    Muito bom conhecer um pouco da historia desse núcleo, um trabalho da UDV que deste lugar está circulando o mundo…legal…parabéns a todos…viva o grande Mestre.

    Responder
  4. Aurenita Marques
    Aurenita Marques says:

    O Núcleo Caupuri foi onde eu bebi Vegetal pela primeira vez, no dia 26/12/71, recebido pelo Mestre Florêncio. A UDV começou em Manaus pela minha família, e eu reconheço a importância deste primeiro Núcleo na União e para mim.

    Responder
  5. Grace Cordeiro
    Grace Cordeiro says:

    50 anos de trabalho, evolução espiritual, amor e dedicação! Parabéns à todos nós do Núcleo Caupurí e UDV. Aos que passaram por aqui, aos que aqui estão e aos nossos queridos visitantes. Hoje é dia de festa! Sejam todos bem-vindos.

    Grace Cordeiro – Corpo Instrutivo do Núcleo Caupurí.

    Responder
  6. Edson Sousa
    Edson Sousa says:

    Pra mim é uma alegria. Tive a oportunidade de iniciar minha caminhada no Núcleo Caupurí em 19.06.1982, recebendo das mãos do Mestre Florêncio o 1° copo de Vegetal. Nesta casa convivi com os meus primeiros professores, entre eles: Mestre Florêncio, Mestre Manoel Nogueira, Mestre Roberto Evangelista, Mestre Roberto Souto e tantos outros que me mostraram como caminhar neste caminho de Luz, Paz e Amor… Hoje sinto-me feliz por pertencer a esta família oriunda do Núcleo Caupurí e que vem cumprindo com a palavra do nosso Mestre Gabriel. Parabéns à todos que semearam com amor esta semente que cresceu se tornou uma grande árvore que continua dando frutos e germinando no solo fértil dos corações que acreditam na Palavra do Mestre…

    Felicidades à todos os irmãos e direção do Núcleo Caupurí…

    Luz, Paz e Amor.
    Édson Sousa
    CRDG 2a Região.

    Responder
  7. Darle Telles
    Darle Telles says:

    Ainda não conheço o Núcleo Caupurí, mas sinto a força desse lugar na minha vida, através de um dos seus filhos, o Núcleo Apuí, onde iniciei minha caminhada e sigo com minha família. Viva esse dia e história! Felicidade para essa irmandade.

    Responder
  8. Kenedy Cavalcante
    Kenedy Cavalcante says:

    Que maravilha! Núcleo Caupurí 50 Anos de História e a Palavra do Mestre Gabriel vem se Cumprindo no Mundo inteiro através das eras. Salve Nossa União!
    Salve o Núcleo Caupurí e o Mestre Florêncio que trabalhou junto com os irmãos de Manaus incansavelmente por esta obra Divina do Mestre..

    Responder
  9. Ana Paula Oliveira dos Santos
    Ana Paula Oliveira dos Santos says:

    Parabéns ao Núcleo Caupurí, que faz parte das raízes da União do Vegetal!
    Que a Obra do Mestre continue expandindo!
    Gratidão a Deus e ao Mestre Gabriel e à toda Irmandade da União do Vegetal!
    Sou grata por fazer parte da União do Vegetal, sócia no Núcleo Caupurí!

    Responder
  10. Daniel Soares da Silva
    Daniel Soares da Silva says:

    Bom dia,

    Pelo que me consta o M Gabriel passou mais uma vez por Manaus, além das três citadas no texto.
    Depois que concluiu o tratamento de saúde em Fortaleza, ele viajou para a Bahia, em visita a seus familiares, tendo passado por Manaus, antes de retornar a Porto Velho, onde chegou no dia 27 de Março.
    Quando passou por Manaus realizou uma sessão no dia 25 de Março de 1971, ocasião em que reconduziu o M Cruzeiro, ao QM, com o nome de M Florêncio.

    Daniel Soares – QM N Sereno do Mar, São Luís/MA

    Responder
  11. Judy Haas
    Judy Haas says:

    We will be forever grateful to M. Florencio and C. Suely and the irmandade of Núcleo Caupurí, for there dedication and friendship in the early days of the growth of the UDV in the United States.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *