Núcleo Serenita: Muita alegria, rompeu a Aurora

Carlos Ribeiro*

Na foto, da E/D: Paulo de Tarso, mestre Noé, Mestre Jair Gabriel, mestre Anchieta, Mestre Roberto Souto, Mestre Pequenina, Raimundo Nonato Marques, mestre Joel e Alberto Herrera| DMD/Núcleo Serenita

O Núcleo Serenita (Lauro de Freitas-BA) comemora, neste 9 de março de 2016, trinta anos de existência. Uma data cujo significado maior está na expansão do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal em sua nobre missão de fazer uma Paz no mundo, conforme o propósito do seu criador, José Gabriel da Costa, Mestre Gabriel.

Um dia de festa, portanto, em que é celebrado o aniversário de um núcleo da União do Vegetal, instituição que tem como principal objetivo construir laços de respeito, amor e fraternidade entre os seres humanos, no sentido do “desenvolvimento de suas virtudes morais, intelectuais e espirituais, sem distinção de cor, ideologia política, credo religioso e nacionalidade”.

Como parte integrante desse trabalho, cada núcleo da União do Vegetal traz em si a sua singularidade, resultante da sua história, da sua origem, do empenho e do talento dos seus fundadores, sócios e dirigentes. E que se expressa no seu próprio nome.

Serenita, como salienta Alberto Herrera, primeiro Mestre Representante do núcleo e a pessoa que o liderou em seus primeiros anos, tem “um significado dentro do mundo doutrinário da União do Vegetal. Uma entidade espiritual que, como o próprio nome sugere, traz serenidade, a calma, tão importantes naqueles momentos iniciais do Núcleo Serenita, aqui na Bahia”.

Núcleo Apuí

Oriundo do Apuí, primeiro núcleo da UDV na Bahia e 4º no Brasil, o Serenita tem na sua origem a afirmação, enfática, de princípios trazidos pelo Mestre Gabriel, a exemplo do respeito à individualidade e à liberdade de pensamento. Princípios que se tornam presentes, de forma marcante e incisiva, em determinadas circunstâncias, como as que existiam na época de sua criação.

No mundo materialista e desencantado em que vivemos, mergulhado em profunda crise espiritual, a União do Vegetal nos mostra o Caminho para a restauração da Saúde de nossa civilização: a compreensão do lugar do ser humano no Cosmos, o respeito profundo pela Natureza, a importância da Arte no desenvolvimento e refinamento da sensibilidade e a religação com as origens ancestrais que dão um significado mais alto à nossa existência.

Através da sua prática de vida e dos seus ensinos, o Mestre Gabriel, utilizando como veículo o chá Hoasca, possibilita-nos uma transformação do nosso olhar, no sentido do seu reencantamento. Para perceber os Encantos no mundo, há de se reencantar o nosso olhar.

Gratidão

Em cada um dos seus aniversários, ao longo desses trinta anos, o Núcleo Serenita tem registrado, através do testemunho dos seus fundadores, sua gratidão à Raimundo Nonato Marques, então mestre representante do Núcleo Apuí, naqueles já distantes anos 70/80 e responsável pela chegada do Vegetal à Bahia e ao Nordeste.

Foi ele quem deu o primeiro copo de Vegetal para os discípulos baianos, abrindo-lhes, segundo palavras de Alberto Herrera, “um mundo doutrinário e filosófico maravilhoso, trazendo respostas para indagações que grandes filósofos na história da humanidade fizeram, mas não conseguiram vislumbrar a resposta”.

Mundo filosófico e doutrinário que nos possibilita o acesso aos Encantos da vida espiritual e da Natureza Divina, através da palavra e dos seus mistérios, que tem na Poesia o recurso que une Verdade e Beleza para se chegar à dimensão superior do Sagrado.

Exemplo de mestres e conselheiras

Na trajetória que percorreu, nesses trinta anos, incluindo os momentos decisivos de sua fundação, a irmandade do Serenita registra sua gratidão também a pessoas que tiveram uma presença marcante e às vezes decisiva na sua história, a exemplo dos Mestres Raimundo Monteiro de Souza, Pequenina, Luiz Felipe Belmonte dos Santos, Flávio Mesquita, Edison Saraiva, Edson Lodi, Márcio Gonçalves, José Mauro e Márcio Da Rós.

Gratidão também para as conselheiras Zildinha Monteiro, Marilda Gonçalves, Paola, Gracinha, Telma e Jussara que acompanharam e foram decisivos no percurso de aprovação e implementação do Núcleo Serenita.

Agradecimentos especiais também ao atual Mestre Geral Representante da União do Vegetal, Clóvis Cavalieri Rodrigues de Carvalho, aos sócios fundadores, aos mestres representantes do núcleo ao longo desse período, ao atual Mestre Representante, Fernando Leoni, e a todos os sócios que contribuíram e contribuem para a realização desta grande Obra.

Que neste 9 de março de 2016, como no forró de Antonio Barros, cantado por Marinês, possamos todos, reunidos, dizer:

Hoje é meu dia, quero alegria
Porque a tristeza mandei embora
Chegou a hora dela partir
E eu ficar aqui, feliz agora.

[…]

Por isso resta, a grande festa.
Sem mais tristeza, que eu faço agora
Chegou a hora, hoje é meu dia
Muita alegria, rompeu aurora.

*Integrante Quadro de Mestre do Núcleo Serenita (Lauro de Freitas-BA)

11 respostas
  1. Nazareth Roriz
    Nazareth Roriz says:

    Parabéns ao Núcleo Serenita. Toda caminhada começa num primeiro passo . Que os fundadores que deram os primeiros passos consigam passar sua experiência com amor para os “novatos” para que esses continuem fazendo um bom trabalho. Felicidades e prosperidade para todos voces do Núcleo Serenita.

    Responder
  2. Rodrigo Polignano
    Rodrigo Polignano says:

    Saúde e vida longa a esse Núcleo querido. Reconhecimento ao Alberto Herrera, C. Antonia Herrera e toda Família pelo trabalho em prol da implantação e crescimento desse lugar especial e que transmite tanto carinho a quem chega. Um grande abraço ao mestre Joel, mestre Fernando e a todos os mestres, conselheiros e irmandade dessa casa que também considero como sendo minha e de todos nós. Viva o Núcleo Serenita! Abraços fraternos,

    Rodrigo Polignano

    Responder
  3. Ilana
    Ilana says:

    Serenita na Bahia vem serenando a todos que procuram por ela. Viva esse dia! Festa bonita, vegetal de grau e dirigente com talento. Vamos pra frente com amor a essa obra ! LPA

    Responder
  4. Adrian
    Adrian says:

    Há de ser tão feliz como aqueles que estão festejando na Bahia hoje! Saudades e abraços de um irmão um pouco mais sereno pelas minhas experiências com Serenita. Parabéns!

    Responder
  5. Marcus Cruz
    Marcus Cruz says:

    Muito grato ao núcleo Serenita, onde realizei meu advento na UDV. Recordo com alegria os bons momentos lá sob a doutrina de mestre Joel.

    Responder
  6. Wanda Silva
    Wanda Silva says:

    Amigos e irmãos queridos,
    Neste dia de hoje, aniversário do Núcleo Serenita, apesar da distância física, quero expressar a alegria de ter pertencido a este Núcleo. Tenho ótimas e saudosas lembranças de um tempo bem importante de minha vida. A oportunidade de conhecer, através de Alberto Herrera, este nosso chá sagrado, e despertar em mim uma consciência maior sobre o que é a vida espiritual e a relação com o Sagrado. Quero expressar a minha gratidão por todos que tive a oportunidade de conviver e aprender, e que foram bem marcantes durante a minha permanência neste Núcleo .
    À todos o meu abraço fraterno e muitas saudades,

    Wanda Silva

    Responder
  7. Hamilton
    Hamilton says:

    Boa tarde, gostaria de saber como faço para participar de uma reunião no núcleo. Algum contato? Algum email para que eu possa falar com alguém?

    RESPOSTA: Caro Hamilton, grata pelo interesse. Entre em contato através do e-mail contato@udv.org.br.
    Att, equipe do Blog.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *