Mestre Braga: um discípulo obediente

Valéria Valim*

Mestre Braga – Registro realizado durante o Conage de Outubro/2016 | Foto: Bento Viana

Nasceu entre nós um amor filial. “Não sei quem adotou quem”, como disse ele à um dos médicos da equipe que o assistiu em Brasília-DF.

Nestes anos que o assisti como médica, inteiramos 10 anos em 2016, só posso dizer que ele é obediente. Por sua obediência, conseguiu chegar a mais de uma década de diabetes, com boa visão, bom funcionamento dos rins, boa circulação, um bom coração. Se em algum momento, forçou a matéria, foi pela obediência à missão de servir a esta Sagrada Obra, nossa União do Vegetal. Quem anima a matéria é o espírito, e sua matéria refletia a força de seu espírito, sem esmorecer.

Já fazia um tempo, talvez 2 anos, que alguns sinais anunciavam um adoecimento e busquei por várias vezes, até com métodos invasivos, de rotina e mais modernos, alguma doença. Hoje sei que era seu organismo lutando para se manter em equilíbrio.

Lutou, como um comandante que sempre foi, em 18 dias de internação, nos ensinando a lutar, confiar, ser firmes, amorosos, pacientes, serenos e obedientes. Até mesmo os que o conheceram ali primeira vez, reconheceram um homem diferente, um grande homem.

Surpreendeu aos médicos que ainda não são da União do Vegetal, com sua consciência lúcida, que ficou clara todo o tempo apesar da anemia, falta de oxigênio, infecção, acumulo de toxinas pela falencia dos rins e uso de morfina. Uma matéria sem este grau de espírito estava sujeita a desorientação como primeiro sinal.

Seu Braga, nosso Mestre Braga, nosso amigo tão querido não se revoltou em nenhum momento, não reclamou, engoliu todos os comprimidos, fez o que era preciso e desejou felicidades à todos que ali chegavam para visitar ou cuidar.

Quando percebi que o tamanho da infecção pulmonar estava crescendo exponencialmente e se confirmou ser mesmo um fungo, mesmo ainda sem nenhum sinal de falta de ar, senti um frio na espinha, um aperto no coração e pedi ao Mestre que preservasse sua consciência e que o sofrimento fosse o menor possível.

Nestes anos, conversamos em alguns momentos que sua vontade era estar encarnado enquanto sua matéria estivesse em condições de cumprir sua missão, que não queria cano no corpo e que se fosse possível que o liberasse para desencarnar em sua casa. Não deu para estar em casa, mas sua casa veio até ele e pode sentir a presença de sua família unida.

Respondeu quando lhe perguntaram: Como está se sentindo hoje, Seu Braga? “Judiado, mas feliz! Feliz pela família que tenho!”. “Se algum não está aqui é porque não pode”. “Estamos eternamente ligados”.

Quando lhe contei que estava com uma leucemia aguda, ele disse que pedia ao Mestre Gabriel que lhe concedesse mais alguns dias para que ele pudesse limpar o ar em volta e elevar seu espírito para o lugar que tinha escolhido para ele. E assim, o fez, com toda certeza!

Cinco dias antes da passagem, iniciou falta de ar e necessidade de oxigênio. Bebemos Vegetal nas 3 noites que antecederam a passagem. No dia 16/01 quando a falta de ar começou a apertar ele me perguntou: “Dra. Valera pra que lado que eu vou? A senhora ainda está esperançosa?”. No comando de sua vida, no dia seguinte ele nos deu, especialmente à sua família e amigos, um dia de esperança, um dia que valeu a pena viver. “Porque a esperança nunca hei de perder”. De banho tomado no chuveiro, recebeu amigos sentado na poltrona, se alimentou do amor da família e de sopa da caridade feito por sua eterna amada. Se despediu dela naquele fim de tarde com um até amanhã.

Na noite do dia 17/01 a falta de ar já não podia ser controlada. Nesta noite, ficamos com ele, eu e Mestre Rossano. Eu e Mestre Braga já sabíamos. Ele disse ”Um filho de Deus”. Eu chamei Rossano e expliquei que estava chegando a hora da passagem.

Como sempre fiz, expliquei ao Mestre Braga que para lhe dar mais conforto depois que bebêssemos o Vegetal iriamos dar um medicamento para que dormisse e não sentisse tanto desconforto, que não iria interferir no tempo para desencarnar mas era para dar conforto. Esperei seu consentimento. Mesmo com meu pequeno tamanho, disse que firmasse seu pensamento em seu lugar no Universo.

Comungamos o Vegetal mais uma vez. Mestre Rossano conduziu este momento, elevou nossa burracheira e chamando a Luz de Hoasca. Agradeço ao Mestre Gabriel por trazer Paz a este Sublime momento. Dormiu tranquilo e o momento se aproximava com serenidade.

Mestre Braga aguardou com pulso cheio a família pela manhã, que cuidou de seu corpo, o barbeou, banhou, massageou numa demonstração de profundo afeto. E somente depois, no comando de tudo e driblando todos, simplesmente, voou.

Sentiremos saudades sempre, como ele sentia do Mestre Gabriel. Agradeço pela graça e oportunidade de ter conhecido este grande senhor. Mestre Braga, meu paciente obediente. Eu te amo e estarei sempre pronta a lhe servir.

*Valéria Valim é Médica Clínica Geral e Reumatologista e cuidou diretamente da saúde de Mestre Braga ao longo de 10 anos. Valéria Valim é também membro do Corpo do Conselho do Núcleo Divino Espírito Santo, em Santa Leopoldina – ES. 

26 respostas
  1. Itana Ferreira de Pinho Miguez
    Itana Ferreira de Pinho Miguez says:

    Lindo depoimento,mostrando o grau e a pessoa do Mestre Braga,que tem um trabalho nesta Sagrada União.Com seu zelo e dedicação.Fica um legado que sempre será lembrado.Que o divino Mestre o receba no caminho da luz.

    Responder
  2. Francisco Pinto
    Francisco Pinto says:

    Salve mestre Braga!

    Um dos principais instrumentos do Mestre na consolidação da União do Vegetal na face da terra. Pessoa que participou diretamente na institucionalização do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal e que auxiliou na nossa formação espiritual, transmitindo com maestria singular a Luz Clara e Fina que esblande e esblandirá sempre dentro da UDV.
    Nossa eterna gratidão a esse ser humano que deu sua vida a esta sagrada obra.
    Sei que o nosso Grande Mestre o recebe nesta hora.
    Faço Votos que seus familiares e nós recebamos a luz da conformação e da tranquilidade para conduzirmos a nossa vida com equilíbrio e paz!

    Ei senhor, eu reconheço seu valor!

    Responder
    • Adriene Queiroz
      Adriene Queiroz says:

      Belo reconhecimento, belas palavras às quais endosso e tb afirmo: Ei, Senhor, eu reconheço seu valor!
      Minha eterna Gratidão a esse Mestre que nos ensinou o caminho da Salvação!!!

      Adriene Queiroz

      Responder
  3. Marilene Moreira do Couto
    Marilene Moreira do Couto says:

    Conheci Mestre Braga, no Recanto dos Buritis em Brasília, com meu irmão , amado e socio da UDV,Leonardo Veiga Avalone, a qual devo sinceros agradecimentos! Mestre Braga converSou muito comigo. Ensinamentos únicos, por isso Tbm aqui Tbm estou e feliz! . Mestre Gabriel já o recebeu.Gratidão!!!!

    Responder
  4. Estela Andrade de lima
    Estela Andrade de lima says:

    Ao Mestre Braga e família, com carinho, minha eterna gratidão por ter cuidado de nós, sinto por não ter perguntado o que quero saber, mas tenho a certeza de que onde ele e os mestres que já foram continuam a cuidar de nós nos emanando força, luz, paz e amor junto do nosso grande Mestre Gabriel. À sua família, que Deus conforte seu coração.

    Estela Andrade de Lima

    Responder
  5. Emanuela Palma
    Emanuela Palma says:

    Nesse tesouro que é a União do Vegetal me emociona muito sentir a força do amor. Uma serena passagem para Mestre Braga! Luz e Força para a família.

    Emanuela Palma

    Responder
  6. Moyses lira
    Moyses lira says:

    Ai jas homem
    Pai. Mestre . Conselheiro . Amigo.
    Desejo que o Mestre lhe receba com sua luz clara e sublime.
    Desejamos estar sempre lembrando dessa pessoa maravilhosa. Que nos ensinou ser pessoa melhor. Estar trazendo boas novas para UDV. Em nossa vida.

    Moyses Lira

    Responder
  7. Elizangela
    Elizangela says:

    Gratidão Dra Valéria Valim por compartilhar este especial depoimento do nosso Mestre Braga. Nosso Divino Mestre está com ele e com todos nós.

    Elizangela

    Responder
  8. José Roberto
    José Roberto says:

    Especial homenagem da dra Valéria a quem aprendi a admirar só pela maneira com que o Mestre Braga nos falava sobre ela. “Minha amigona, amiga do coração”.

    Grato dra Valéria por tamanha dedicação e carinho.

    José Roberto

    Responder
  9. Anônimo
    Anônimo says:

    Mestre Braga,
    Um Mestre dessa União do Vegetal, que transmitia firmeza e tranquilidade, essa é a lembrança desse senhor que com tanta disposição passou uma temporada aqui no Ceará, no ano passado, buscando também mais saúde, além de rever os amigos. Gratidão por ter conhecido esse Mestre.

    Miguel de Paula Gonçalves Holanda Maia

    Responder
  10. Paulo Rocha Martins
    Paulo Rocha Martins says:

    Serei eternamente grato ao Mestre Braga por tudo que me ensinou, a sua dedicação pelos trabalhos em prol desta Sagrada União me dava ânimo em vê-lo trabalhando com tanta vontade. Por isso venho procurado fazer minha parte também. O Mestre Braga foi o primeiro mestre da União do Vegetal que conheci. Sou grato à Deus, e também sou grato ao Mestrte Gabriel por todas mudanças que vem acontecendo na minha vida depois que conheci a UDV. Também agradeço a todos os irmãos da UDV que vem trabalhando pelo engrandecimento desta obra.

    C. Paulo Rocha

    Responder
    • JOSÉ EDISON DIAS
      JOSÉ EDISON DIAS says:

      Tal qual os nativos das florestas, não fico triste com o passamento do meu amigo Mestre Braga. É o desembocar de tudo que nasce no universo. Ocorre que pessoas assim não falecem. EM VERDADE, EM VERDADE VOS DIGO: SE ALGUÉM GUARDAR A MINHA PALAVRA, NUNCA VERÁ A MORTE João-8;51 Desencarnam e deixam conosco suas mãos, seu olhar, seu corpo anímico no mais radioso de nossas almas. Jesus nos diz algo emblemático e análogo a esse respeito. Ele diz: NA CASA DE MEU PAI HÁ MUTAS MORADAS. SE NÃO FOSSE ASSIM, EU VO-LO TERIA DITO: VOU PREPARAR-VOS LUGAR -João-13;2. De forma que já há um enorme comitê de recepção no âmago da LUZ, que desde o Mestre Gabriel se forma infinitamente fortalecendo o propósito de Deu no estabelecimento da VIDA PLENA . Até nos vermos lá, Mestre Braga.

      JOSÉ EDISON DIAS

      Responder
  11. Emília Salgueiro
    Emília Salgueiro says:

    Relato emocionante. Confirmando a grandeza desse ser.
    Que até o dia de sua passagem manteve seu pensamento ligado ao Mestre.
    E creio que assim sempre será. Um discípulo verdadeiro.

    Grata CDC Valéria, pelas palavras e cuidados que dedicou a este senhor de luz.

    LPA.

    Emília Salgueiro

    Responder
  12. Claudia Sabbag
    Claudia Sabbag says:

    Belo e comovente depoimento, exemplo bonito de ambos os lados, aprender a lidar com a morte como uma passagem, um voo, algo simples e leve.. Me trouxe inúmeras reflexões .. Grata aos dois.. Sentirei falta do Mestre Braga por tantos ensinos e exemplos e tenho ️️tb gratidão pelas pérolas que recebi dele.. Que a paz preencha ele e à todos..

    Claudia Sabbag
    CDC Nucleo Natal

    Responder
  13. Édira C B A Gonçalves
    Édira C B A Gonçalves says:

    Linda mensagem… Tive a oportunidade de conhecer este Senhor, que me ensinou coisas lindas… Gravo em meu coração e mente os aprendizados que tive em sessões dirigidas pelo Mestre Braga. Guardo em minha memória o que ele falava do momento de sua partida, e fico feliz e agradecida de ver que o Mestre, em sua infinita bondade, permitiu esta despedida de forma serena e com certeza repleta de ensinamentos.. Nosso carinho para a família e agradecimento pela oportunidade da pequena, mas marcada convivência com o Mestre Braga…

    Responder
  14. Gabriela Cunha
    Gabriela Cunha says:

    Meus profundos sentimentos ao Mestre Braga.
    Gratidão por merecer ter recebido bons ensinamentos e orientações desse senhor.
    Luz, Paz e amor a todos nós!

    Gabriela Cunha
    N. Encanto da Rosa

    Responder
  15. Valéria Valim
    Valéria Valim says:

    Quero agradecer publicamente ao Mestre Eduardo Pessoa, hoje Mestre Central da 5a Região, por ter me confiado esta missão de cuidar do Mestre Braga, à sua companheira, conselheira Daniela Pessoa, e todos os irmãos dos Núcleos Divino Espírito Santo e Príncipe Ancarilho por terem oferecido as condições para o desenvolvimento deste trabalho.

    Valéria Valim

    Responder
  16. Luiz Guilherme Nascimento
    Luiz Guilherme Nascimento says:

    Este depoimento da Conselheira Valéria, pessoa que vi chegar na União do Vegetal, dá pra nós discípulos a tranquilidade de que o Mestre Braga cumpriu sua jornada nesta encarnação como um verdadeiro soldado do batalhão do grande Mestre.

    Responder
  17. Flora Lordelo Pinto.
    Flora Lordelo Pinto. says:

    Mestre Braga,
    Um amigo que me cativou.
    Pra mim és único no mundo.
    Me deu meu primeiro copo cheio de vegetal e me mostrou que podemos ir além dos limites que algumas vezes impomos a nós mesmos. Naquele dia voei alto e isso mudou a minha caminhada, desde então sinto que estou mais preparada pra seguir.
    A sua palavra no salão vinha acompanhada de uma espiritualidade profunda de quem teve oportunidade de vivenciar a presença da luz clara e fina.
    Um amigo, um irmão, um exemplo de dedicação e amor por esta Obra do Mestre. Que ele esteja agora em sua sublime companhia.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *