Mestre Florêncio, “uma pessoa da União”

No dia 22 de junho passado, desencarnou o Mestre Florêncio Siqueira de Carvalho, um dos fundadores da União do Vegetal junto com Mestre Gabriel. São inúmeras as manifestações públicas de reconhecimento ao trabalho deste pioneiro na estruturação do Centro. Fundou o primeiro núcleo da UDV, o Núcleo de Manaus, hoje Núcleo Caupuri, e de Manaus, por suas mãos, começaram a ser criados os primeiros núcleos da UDV pelo Brasil.

Mestre Francisco Herculano de Oliveira, atual Mestre Geral Representante do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, também presta suas homenagens e faz um reconhecimento à Mestre Florêncio:

“Mestre Florêncio começou a beber o Vegetal ainda antes do Mestre Gabriel começar seu trabalho pela UDV. Foi um dos primeiros a chegar, um dos primeiros 8 discípulos a receber a estrela de mestre das mãos do Mestre Gabriel. Estava seguindo com todos em Porto Velho, naquele início, mas decidiu se mudar para Manaus, com o objetivo de dar o Vegetal para pessoas de sua família.”

Com isso, afirma Mestre Herculano, ele dava um passo de grande significado para o crescimento da UDV: “A partir de Manaus, muitos núcleos surgiram, e a UDV iniciou um movimento de expansão que continua acontecendo. Tudo começou com aquela decisão do Mestre Florêncio. Hoje muitas pessoas tem um núcleo da UDV para frequentar devido a esse primeiro movimento dele.”

Para Mestre Herculano, as melhores lembranças de Mestre Florêncio são “a sua ligação com o Mestre Gabriel, sua disposição para transmitir os ensinos do Mestre. Mestre Florêncio sempre procurou preparar um bom Vegetal para as pessoas beberem. Sempre se dedicou à União com desinteresse. Sempre me tratou bem, e sempre vi que ele tratava bem as pessoas. Não fazia diferença entre as pessoas, tratava a todos bem. Uma história de luta pela União. Mestre Florêncio era uma pessoa da União. Tem seu valor nessa União, e sempre será lembrado por isso. Chegou a hora dele viajar, mas de ver a família dele bem conformada, pois não dava mais mesmo para ele ficar entre nós, nós todos também nos conformamos, e ficamos com sua presença em nossa memória.”

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *