Mestre Edson Lodi é Cidadão Benemérito do Estado do Acre

Mestre da União Vegetal recebeu título de cidadania em Sessão Solene da Assembleia Legislativa do Acre que homenageou a instituição de 24 de novembro como o Dia da Cultura Ayahuasqueira no estado.

Jean Carlos Freire Lima*

| 20 agosto, 2018

(E/D) Dep. Ney Amorim (Presidente da ALEAC), Mestre Edson Lodi, Dep. Luiz Gonzaga, Dep. Jairo Carvalho | Foto: Assessoria de Comunicação da ALEAC.

Em 9 de agosto passado, a Assembleia Legislativa do Acre realizou Sessão Solene para homenagear a instituição de 24 de novembro como o Dia da Cultura Ayahuasqueira no Estado. Na mesma sessão, o Mestre Edson Lodi Campos Soares foi homenageado com o título de Cidadão Benemérito do Estado do Acre, por indicação do deputado Ney Amorim (PT). O título é uma homenagem aos trabalhos desenvolvidos por Edson Lodi em prol da legitimação do uso responsável da Ayahuasca (na UDV, denominado Vegetal), e da liberdade de seu uso religioso. Mestre Edson Lodi é integrante do Conselho de Administração Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

O Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, Ney Amorim (PT), disse que a homenagem ao Mestre Edson Lodi é fruto dos “relevantes serviços prestados ao povo acreano, por estar levando a cultura, a religião, o conhecimento a todas as pessoas do que realmente é a Ayahuasca. É um momento de homenagear as pessoas que representam e constroem um estado melhor, um Brasil melhor e um mundo melhor pra todos nós!”.

Na oportunidade, foram também homenageados (in memoriam) Mestre Daniel Pereira, fundador do Centro Espírita e Culto de Oração Casa de Jesus Fonte de Luz (Barquinha); Mestre Irineu Serra; fundador do Centro de Iluminação Cristã Luz Universal (Alto Santo) e Mestre José Gabriel da Costa, criador da União do Vegetal, tendo o seu filho Getúlio Gabriel recebido a homenagem.

Marcos Lessa também foi homenageado

(E/D) Ney Amorim, Marcos Lessa e Célio Lessa | Foto: Assessoria de Comunicação da ALEAC.

O jovem cantor e compositor cearense Marcos Lessa (sócio da União do Vegetal e filiado ao Núcleo Flor Divina- Fortaleza-Ceará) também foi agraciado, mas com o Título de Cidadão Acreano, por cantar seu amor ao estado tão bem retratado em suas canções. A concessão do título foi proposta pelo deputado Luiz Gonzaga (PSDB).

Estavam presentes na solenidade os representantes dos três troncos fundadores das doutrinas ayahuasqueiras: Alto Santo, Barquinha e União do Vegetal, bem como representante dos povos indígenas que usam a Ayahuasca em seus rituais religiosos.

Carta de Princípios

A data escolhida para o Dia da Cultura Ayahuasqueira (24 de novembro) faz menção ao dia em que foi estabelecida a Carta de Princípios das Entidades Religiosas Usuárias do Chá Hoasca, firmada no ano de 1991, em Rio Branco (AC). Essa Carta foi elaborada a partir de uma proposta da UDV, tendo como um dos idealizadores o Mestre Edson Lodi. Constam dessa Carta, que já completou 26 anos, as principais diretrizes para o uso ritualístico do Vegetal pelas comunidades tradicionais hoasqueiras do Brasil; são princípios afinados com o uso responsável da Hoasca característicos da UDV desde sua criação.

Com a instituição desse dia no calendário oficial do estado pretende-se valorizar a diversidade cultural acreana, haja vista o Acre ser protagonista em encontros e debates a respeito do tema. O uso da Ayahuasca no estado é milenar, anterior à chegada do homem branco, é um patrimônio cultural de seu povo. Para a tradição mais antiga do estado receber esse reconhecimento oficial do poder público é um contraponto à perseguição e à discriminação sofrida antigamente pelas linhagens ayahuasqueiras em ambiente urbano.

Para Edson Lodi, título tem valor especial

Representando a União do Vegetal na solenidade, o jornalista e escritor Edson Lodi agradeceu o título de cidadão benemérito que, para ele, tem um valor especial. “A nobreza do título de Cidadão Benemérito do Estado do Acre engrandece minha história de vida. Todavia, servirá sempre para me alertar quanto à necessidade de um constante aperfeiçoamento, para que um dia possa ser um espelho claro a refletir a grande responsabilidade de ser um cidadão Benemérito do Estado do Acre”, afirmou.

Mestre Edson Lodi também agradeceu a homenagem feita à Cultura Ayahuasqueira. “Hoje é um dia de alegria, é um dia de luz por esta Sessão Solene pelo lançamento do Dia Estadual da Cultura Ayahuasqueira. Talvez, hoje, nós não vamos perceber exatamente o quanto é significativo essa data, mas daqui a 20, 30, 40, 50 anos, aqueles que tiverem o dom de viver ou de retornarem, pois somos reencarnacionistas, verão o quanto importante é essa data”.

Reconhecimento

Articuladora da Câmara Temática das Culturas Ayahuasqueiras do Acre, Onides Bonaccorsi, participou da solenidade e falou sobre o Dia da Cultura Ayhuasqueira: “A importância de sermos reconhecidos no nosso fazer cultura e espiritual, e isso nós estamos falando de um povo de várias comunidades que, ao longo de muitas décadas, foram discriminadas, incompreendidas, caluniadas e, hoje, o tempo superou todas essas confusões e, quando a gente recebe uma homenagem dessa, é porque o estado está nos reconhecendo”.

O Presidente da Assembleia Legislativa acrescentou: “Essa é uma sessão histórica. A Casa do Povo é uma casa de leis, uma casa de debates, mas ela também tem que ser uma casa de reconhecimentos, uma casa de valorização à nossa cultura, de valorização aos nossos povos religiosos”.

  • Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

  • Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

  • Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

  • Ney Amorin, Edson Lodi, Getúlio Gabriel e Luiz Gonzaga | Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

  • Ney Amorim, Marcos Lessa e Luiz Gonzaga | Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

  • Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

  • Foto: Assessoria de Comunicação/ALEAC.

*Jean Carlos Freire Lima é integrante do Corpo do Conselho do Núcleo João Lango Moura (Rio Branco-AC).

9 respostas
  1. Marineudo mesquita da silva
    Marineudo mesquita da silva says:

    Fico feliz em ver sócios da União do Vegetal sendo homenageados pelas autoridades brasileiras. Isso mostra o compromisso e responsabilidade dessas pessoas com o trabalho desta União, que é fazer o bem ao nosso semelhante. Parabéns. E salve nossa União.

    Responder
  2. José Radier
    José Radier says:

    Uma justa homenagem à uma pessoa que, de longas datas, vem trabalhando pelo uso responsável do chá Hoasca e por cativar as autoridades do nosso país por meio de uma conduta séria, honesta e fraterna. Felicidades ao amigo M. Edson Lodi e à todos que trabalham por esta nobre causa!

    Responder
  3. Elton Vinícius Oliveira de Sousa
    Elton Vinícius Oliveira de Sousa says:

    Certamente esta homenagem é fruto de um árduo trabalho, que nasce de uma grande causa humanística na promoção do bem, unindo pessoas de diferentes culturas, credos e fortalecendo o direito constitucional à liberdade de religião. Parabéns aos homenageados e as autoridades constituídas neste gesto histórico.

    Elton Vinícius Oliveira de Sousa

    Responder
  4. Marcio Cardenuto
    Marcio Cardenuto says:

    Gratidão aos que são reconhecidos pela vitoriosa caminhada na construção da Paz no Mundo.
    Gratidão aos que reconhecem pois são estes que somam na caminhada e fortalecem o coração de todos.
    Parabéns.

    Responder
  5. Regina Richau Frazão
    Regina Richau Frazão says:

    Grata pela bondade de Deus por mais esta oportunidade de ver crescer o reconhecimento da UDV e da cultura hoasqueira como um todo, através desta homenagem às personalidades citadas!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *