Encontro do Departamento de Plantio e Meio Ambiente é realizado na 11ª Região

Flamínio Araripe *

| 7 julho 2017

Irmandade da 11ª Região participa de Encontro do Departamento de Plantio e Meio Ambiente no Ceará | DMC/11ª Região.

Nos dias 16 e 17 de junho, em Fortaleza e Cascavel, no Ceará, foi realizado o Encontro Regional do Departamento de Plantio e Meio Ambiente (DPMA) da Diretoria Geral do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal, direcionado as equipes de Plantio da 11ª Região (que abrange Núcleos nos estados do Ceará, do Piauí e do Maranhão). Com palestras, troca de experiências e capacitação com atividades práticas, a programação reuniu sócios dos Núcleos Tucunacá, Fortaleza, Flor Divina, Estrela Brilhante, Cajueiro Pequenino, Mestre Adamir, Mestre Sidon, Santa Fé do Cariri e Sereno do Mar, e também jovens.

O Mestre Central da 11ª Região, Vicente de Paula Giffoni Filho e o Coordenador Regional do Plantio, Mestre André Luiz, participaram da abertura do Encontro, no dia 16, em Fortaleza, com duas palestras do Vice-Diretor de Pesquisas Científicas do DPMA, José Beethoven Figueiredo Barbosa, que mostrou as prioridades atuais do Departamento de Plantio e Meio Ambiente. Ele relatou o processo da reestruturação do Departamento, fundamentada em Boletim Regulamentar que trata das competências do Departamento.

José Beethoven fez um histórico dos primeiros plantios no âmbito da UDV. O conhecimento científico adquirido ao longo do tempo resultou em um conjunto de práticas que recomendou adotar no manejo do mariri e da chacrona. Também apresentou algumas linhas de pesquisas hoje em desenvolvimento, em interação com universidades e enfatizou a iniciativa de captação de recursos externos nas agências de fomento à pesquisa.

Na prática

No Núcleo Cajueiro Pequenino, município de Cascavel, 105 inscritos participaram do segundo dia do Encontro. O Vice-Diretor de Pesquisas Científicas, pela manhã, pediu aos monitores do Plantio de cada Núcleo da Região para contar sua experiência diante dos desafios relacionados à água, aos recursos financeiros e aos recursos humanos no dia a dia do trabalho. Após cada apresentação, José Beethoven fez considerações e esclarecimentos de dúvidas levantadas e gerou uma troca de experiências. Também apresentou técnicas práticas para a coleta de amostras de solo e orientações de manuseio de ferramentas para evitar acidentes.

Em uma área de cultivo de chacrona, à tarde, o instrutor orientou o plantio e o manejo de acordo com experiências e estudos que vêm sendo realizados pelo Departamento. Na sequência, foi demostrado como fazer a condução do mariri ao desenvolvimento na base de apoio. Francisco Gadelha, sócio do Núcleo Tucunacá, bombeiro profissional, fez uma demonstração da técnica vertical para coleta de Mariri.

Amor e zelo

Como atividade, após o Encontro do DPMA, Beethoven recomendou reunir equipes, coordenadores e monitores para estudar o regimento e o diagnóstico nacional do plantio. O instrutor propôs fazer agenda do plantio que especifica o que fazer em cada escala. O plantio, na definição dele, não é cavar um buraco e enterrar; é cuidar, ter zelo. O trabalho no plantio é voluntário, ninguém é convocado. “O maior adubo é o amor, o zelo”, afirmou Beethoven.

Segundo Beethoven, a equipe do plantio precisa ter homens e mulheres. A sensibilidade feminina é indicada para trabalhar com a Chacrona. Como há pessoas na equipe que não têm formação agrônoma, ele recomendou fazer roteiro para a observação das folhas e zelar pelas plantas.

O Departamento de Plantio e Meio Ambiente do Centro pretende elaborar guias de orientação técnica do plantio, inclusive de segurança do trabalho. Promover pesquisas, estudos, reuniões e encontros para compartilhamento de conhecimento são objetivos do DPMA. Faz parte do regimento manter a prática de princípios agroflorestais.

*Membro do Corpo Instrutivo do Núcleo Flor Divina (Fortaleza-CE).

1 responder
  1. Humberto Germano
    Humberto Germano says:

    Alem de os proporcionar importantes conhecimentos sobre o cultivo e as atividades do plantio não só local como as diretrizes nacionais, este encontro foi uma boa oportunidade de encontrar amigos e fortalecer os laços de amizade e fraternidade tão apreciados e também cultivados em nossa irmandade. Sou grato pela oportunidade de poder estar em companhia de todos que estiveram presentes.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *