Dionéa, ligada ao Mestre Gabriel pelo coração

Maria Ivone de Castro Menão*

| 22 Outubro 2017

Na foto, Conselheira Dionéia e Conselheira Ivone | Foto: Arquivo Pessoal.

Pode parecer fácil falar da Conselheira Dionéa, contar que nasceu em Rio Branco (AC), dos lugares onde viveu, inclusive dos dias vividos entre nós em Brasília. Que desde bem jovem veio acompanhando o Mestre Braga que tanto quis bem e que por quase uma vida teve seu coração ligado a ele. Falar dos filhos, netos e bisnetos que vieram e de como conheceu o Chá Misterioso e as mirações que tinha quando chegava em casa. Agora, tocar nas cordas de seu coração, embora pareça mais simples, não me parece tão fácil assim.

Um dia, ao saber um pouco mais de sua história, pude sentir a exultante alegria que teve ao conhecer e conviver com o nosso Guia Mestre Gabriel, saber do entendimento que tinha ao ouvir suas palavras que lhe deixavam maravilhada, da maneira como lhe ensinava de coração para coração, de pensamento para pensamento. Soube também sobre a sua certeza de que aquele homem sábio conhecia do seu coração e do seu pensamento, quando lhe mostrava que “a cada um de nós cabe cuidar de si, e que somente por suas mãos cabe cuidar de todos nós”. Percebeu que poderemos ouvir e entender melhor o Mestre Gabriel se nos ligarmos a ele pelo coração e pela voz do pensamento. Mérito seu.

Em sua trajetória, vivida com singeleza, nos legou para nossa edificação uma chamada que nos fala de firmeza e compreensão, significando que, qualquer que seja o grau que vivermos em nossa peregrinação espiritual, este é o lugar perfeito que pertence a cada um. Mérito de quem se considera aprendiz.

Estimada mana Dionéa, li em algum lugar “que nada vale a pena se não tocarmos o coração das pessoas “. Ao pretender falar de seu coração e buscar chegar ao íntimo do que guarda em sua preciosa memória, senti que pouco lhe conheço, mas que embora nossa vivência nem sempre tenha sido muito próxima, fez-me ver que em nosso reencontro na viagem por este planeta fui intensamente tocada por sua presença. Mérito meu.

Que continue sendo merecedora das benções de nosso Guia Mestre Gabriel, por todos os seus dias de vida!

*Maria Ivone de Castro Menão é integrante do Corpo do Conselho no Núcleo Luz do Oriente (Brasília-DF).

Clique aqui e leia o texto “Uma das pioneiras na UDV, Conselheira Dionéa inteira 70 anos“, de autoria de Diana Braga, filha de Conselheira Dionéia e Mestre Braga. 

1 responder
  1. Helvidio Neto
    Helvidio Neto says:

    Parabéns à Conselheira Dionéa por seus 70 anos de vida bem vivida. Parabéns também por esta excelente homenagem a uma pessoa de grande importância para a União do Vegetal e para todos nós. Como ela mesma me falou: “Eu sou sócia fundadora da União do Vegetal porque quando eu cheguei, ainda não tinha nem documentos de registro do Centro”. À ela eu tenho a grata honra de expressar meus sinceros votos de feliz aniversário. E dizer também da minha felicidade de poder conviver com a presença dela durante estes trinta anos no Núcleo Estrela do Norte.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *